Browse By

O Que é Call To Action e Como Usar Para Captar Leads?

Em meio aos diversos recursos aplicados no marketing digital com objetivo de estimular o público-alvo pela jornada de compra, é possível citar o Call To Action (CTA), que corresponde a chamada para ação, que pode ser tanto textual quanto visual.

 

Conforme o próprio nome indica, é um meio implantado em prol da realização de determinada atitude e, por esse motivo, selecionar o CTA mais adequado tem um grande impacto para a estratégia.

 

É o caso de um empreendimento que comercializa produtos na área de atividades físicas, que pode estruturar um blog com temas significativos para sua audiência, como os cuidados com o peso para academia e empregar um CTA como “compartilhe em sua rede social”.

 

O Que é Call To Action e Como Usar Para Captar Leads?

 

Todavia, quando a aplicação visa a captação de leads, é preciso que exista atenção a alguns pontos ainda mais específicos. Afinal, os leads correspondem aos consumidores em potencial que em algum ponto expressou estima pelo produto e serviço.

 

Dessa forma, utilizar a chamada para ação certa, pode ser decisivo para que seja captado, uma vez que o interesse é apresentado comumente através de cadastros em formulários e conduzi-lo pelos próximos passos é crucial.

 

Conceitos Importantes Para o Uso Do CTA

Há três conceitos interessantes de serem explicados neste ponto para garantir uma melhor compreensão da chamada para ação:

 

Jornada De Compra

Como saber em que estágio comercial o cliente se encontra? Em um cenário como esse o conceito de jornada de compra se torna uma solução e, como resultado, há possibilidade de entregar materiais realmente compatíveis com as dores da audiência.

 

O entendimento da jornada de compra viabiliza a elaboração de estratégias mais precisas, uma vez que representa o processo que os clientes enfrentam, contando com etapas como a de consciência, consideração e decisão.

 

A primeira conta com o aprendizado e identificação da necessidade, sendo seguida pela detecção das soluções possíveis. Na última, as ações são direcionadas para a aquisição, como dimensionamento de despesas e, conforme será visto a seguir, comparações.

 

Conhecer o conceito de jornada de compra e a aplicação do funil é imprescindível para que as chamadas para ação sejam direcionadas no instante certo e da melhor forma possível.

 

Funil De Vendas

É importante diferenciar o funil de vendas da trajetória de aquisição, pois neste caso, é representada a relação do cliente com a marca e no anterior, trata-se da interação com as dores e soluções.

 

As fases da jornada de compra contribuem com a compreensão e aplicação do funil de vendas devido às possibilidades de associação, porém, o funil tem três fases: topo, meio e fundo.

 

No topo do funil, há pessoas na etapa do aprendizado, ou seja, que ainda não buscam por algo específico, enquanto no meio ocorre o reconhecimento, onde é interessante a marca apresentar que pode ser a solução.

 

Por essa razão, o meio é uma etapa favorável para aplicar o Call to Action de forma que o consumidor em potencial de fato avance pelo funil.

 

Já no fundo, os clientes em potencial estão mais preparados para a compra, em que comumente compara as opções para efetuar a contratação.

 

É nesse ponto que, por exemplo, o time de vendas de uma empresa que atua com Manutenção de calhas e telhados poderia entrar em ação.

 

Marketing De Conteúdo

Trata-se de uma ferramenta de grande importância para o marketing digital e o mais interessante é que pode ser aplicada em todos os estágios.

 

É justamente por meio do marketing de conteúdo que materiais valiosos são produzidos para não só atrair os consumidores em potencial, como engajar e fazer com que uma percepção mais positiva da marca seja criada.

 

Por esse motivo, também é um importante pilar em uma estratégia que visa a captação mais evidente de leads através de CTA.

 

A seguir, saiba como esse importante recurso pode ser empregado em uma estratégia de marketing digital.

 

Possibilidades Para a Captação De Leads

De um modo geral, o CTA pode assumir finalidades variadas, principalmente ao considerar a diversidade de conteúdo e objetivos a serem atendidos. Entre os principais exemplos, é possível citar:

  • Compartilhamento;
  • Download de e-book;
  • Clique em anúncio;
  • Comentário;
  • Curtida;
  • Assinatura de conteúdos exclusivos.

 

Para otimizar o uso do CTA, é fundamental que não só exista uma proposta por parte da empresa, como também a chamada seja posicionada em um local estratégico.

 

A proposta deve ser relevante para a audiência e quando alinhada com elementos estratégicos, os resultados podem ser ainda melhores, como palavras que chamam atenção que normalmente estão associadas ao senso de urgência, por exemplo “gratuito”, “limitado” e “última semana”.

 

No que diz respeito ao posicionamento, é indispensável que corresponda a um local com percepção ágil, como no topo e meio do material.

 

É muito comum que exista mais de um CTA em uma página e caso não sejam identificados pelo usuário, pode ser um sério indício de que as posições estão inadequadas.

 

Há ainda outra forma utilizar, por exemplo, se o usuário está na página de uma empresa de aluguel de geradores, ao se direcionar para sair do site, pode aparecer uma mensagem com um CTA.

 

Normalmente as mensagens apresentam ofertas, sendo predominantemente relacionadas a conteúdos, além de apresentarem um formulário para preenchimento.

 

Onde Usar o Call To Action?

Com inovações constantes em meio aos recursos digitais, é interessante alinhar os canais da empresa com os objetivos em relação ao CTA para aplicar os formatos mais compatíveis. Os meios canais utilizados são:

  • Blog;
  • E-mail marketing;
  • Site da marca;
  • Anúncios.

 

Em artigos as chamadas para ação podem ser empregadas para atender etapas variadas do funil de vendas e normalmente para a captação o meio do funil é visado.

 

O mais vantajoso é que independente de ser um blog de uma empresa que presta serviço de pedreiro ou de qualquer outra área, diversos formatos de chamadas para ação podem ser empregados, como no corpo do texto ou em espaços no design destinados para anúncios.

 

O e-mail marketing é aplicado essencialmente para estabelecer uma comunicação mais direta com os consumidores após a concessão. Por esse motivo, pode-se dizer que após captar os leads, essa pode ser uma alternativa favorável.

 

Por exemplo, uma marca que constrói e reforma mezanino metálico pode enviar conteúdos sobre a melhor forma de utilizar esse tipo de estrutura, seus benefícios e pontos positivos da instalação e manutenção.

 

Quando se fala no site da marca, é imprescindível que exista a consciência de que é um dos pontos principais para busca de informações sobre a empresa, tanto em relação à página inicial quanto as outras.

 

É o caso de um cliente em potencial que busca um motor RCG e acessa o site da marca para obter maiores informações para se sentir mais seguro da escolha. Torna-se interessante indicar uma ação.

 

Já com o anúncio, esse tipo de recurso por si só já apresenta certa visibilidade em diversas plataformas e contribui com a conversão. Sendo assim, por meio de chamadas para ação é possível elevar os leads captados.

 

Leia também o nosso post A Importância De Ter Um Blog Para Sua Empresa

 

Dicas Para Aplicação Do Call To Action

Não há um padrão a ser seguido quando estratégias de marketing digital são abordadas, porém, o conhecimento de dicas pode otimizar a forma de uso e até mesmo evitar uma série de prejuízos.

 

Anteriormente foram apresentados alguns pontos cruciais, como o posicionamento e a criação da urgência. No entanto, outros fatores podem fazer toda a diferença, por exemplo.

 

Sem dúvidas, os passos para definir qual CTA fará parte da estratégia podem ser distintos de acordo com cada time de profissionais e objetivos da empresa.

 

É interessante dar ênfase a questão de que o que funciona para, por exemplo, uma corporação que lida com a área veicular, com serviços como vistoria para transferência, pode não dar resultados positivos para outra do mesmo setor e/ou porte.

 

Todavia, há alguns estágios que pontos que exigem maior atenção, como em qual etapa do funil de vendas o consumidor em potencial está, o objetivo e o conhecimento da persona, que é a representação do cliente ideal, ou seja, um perfil semi fictício.

 

A forma de trabalhar com as cores, dependendo do formato de Call to Action selecionado pode ser um grande diferencial.

 

Por exemplo, se no site de uma marca que trabalha com pintura intumescente são aplicadas cores como azul e branco, apostar no amarelo e vermelho pode ser uma escolha viável para chamar a atenção do usuário.

 

Sendo assim, de um modo geral, pode-se perceber ao longo do conteúdo que o Call to Action tem um papel importante em meio às estratégias comerciais aplicadas na internet.

 

No entanto, é preciso ter conhecimento e planejamento para que os clientes em potencial sejam conduzidos pelo funil de vendas de forma satisfatória e com consistência.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

One thought on “O Que é Call To Action e Como Usar Para Captar Leads?”

  1. Augusto Viante says:

    Se tiver algum dúvida sobre como automatizar o marketing digital da sua empresa, não hesite. Entre em contato comigo através do email augusto@agencia7.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + 2 =

0