Browse By

Inbound ou Outbound Marketing: Qual a Melhor Estratégia Para Sua Empresa?

As mudanças nas áreas de comunicação e tecnologia possuem impacto no mercado como um todo. Neste contexto, o comportamento dos consumidores foi modificado devido às ferramentas digitais e, consequentemente, certas distinções surgiram no marketing, sendo este o caso das estratégias de inbound e outbound marketing.

 

Uma vez que o marketing é uma área crucial para que o valor seja gerado em relação a marca e o que é disponibilizado para os consumidores, escolher as estratégias mais adequadas é decisivo para que de fato o público-alvo seja atraído, convertido e fidelizado.

 

 

A adaptação às modificações, principalmente no que diz respeito a popularização de plataformas digitais, também se faz importante no marketing. Afinal, é preciso alcançar os clientes em potencial com eficácia.

 

Sendo assim, para que de fato existam resultados satisfatórios nas empresas, há necessidade de analisar com cautela as possibilidades e, a partir deste ponto, identificar a estratégia de maior potencial para ser adotada como solução.

 

O Que é Outbound e Inbound Marketing?

Ao se tratar de métodos tradicionais, basicamente, o outbound marketing é pautado com um direcionamento de anúncio da marca, visando meios como a mídia impressa e a televisiva. Já o inbound, é caracterizado por medidas mais indiretas com o uso essencial de ferramentas digitais, em que há a atração do consumidor.

 

Poderia uma empresa como um e-commerce de itens automotivos, como airbag lateral, apostar no outbound, somente no inbound ou em ambas opções?

 

Sem dúvidas, para identificar a resposta, é importante ir além das apresentações básicas. Veremos a seguir, as principais características e especificidades destes dois conceitos e as possibilidades que eles representam para diversos setores.

 

1) Outbound Marketing

Conforme abordado, anunciar a marca é uma das principais caraterísticas do outbound, o que é feito de uma forma mais direta por meio de materiais impressos, uso do telemarketing, e propagandas em rádio e televisão.

 

Certamente, as pessoas ainda consomem esses meios, porém, com as modificações ao longo dos anos e principalmente, com a popularização de recursos digitais tecnológicos, se fez necessário apostar em técnicas em prol da adaptabilidade.

 

Sendo assim, pode-se dizer que os meios digitais também apresentaram oportunidades para o outbound, uma vez que há uma série de ferramentas que podem ser empregadas para anúncios virtuais.

 

Basicamente, a metodologia consiste em ofertar de um modo direto os serviços e produtos. É o exemplo de um anúncio em uma mídia impressa sobre aula de ritmos ou de outros tipos de serviço.

 

2) Inbound Marketing

O inbound marketing é pautado nas modificações do comportamento do consumidor, onde existe uma maior autoridade em relação às informações e buscas. Desta forma, a elaboração de materiais relevantes é visada, assim como a condução por meio da jornada de compra.

 

Por exemplo, um cliente em potencial de uma estamparia digital em tecidos pode se deparar com conteúdos interessantes da marca a respeito do tema e, a partir deste ponto, dar abertura para o processo de nutrição.

 

O desenvolvimento deste método apresenta quatro fases:

  • Atração;
  • Conversão;
  • Venda;
  • Encantamento.

 

A primeira etapa visa essencialmente canais com maior potencial para a recepção e compartilhamento de conteúdos de qualidade, ou seja, onde os usuários podem ser de fato atraídos e se tornarem visitantes, como em blogs.

 

Já a conversão ocorre por intermédio de call-to-actions (chamadas para ação) em conteúdos e formulários. Como exemplificação, é possível citar uma academia de musculação completa que disponibiliza um material com dicas sobre cuidados nos treinos e solicita um cadastro.

 

A partir das informações obtidas, como o e-mail, é possível nutrir o lead com conteúdos mais atrativos, que apresentem de fato soluções para as necessidades do cliente em potencial e como que a marca pode ser a escolha ideal.

 

No ponto que marca o encantamento, a venda já foi concretizada, o que torna o foco um relacionamento diferenciado com o cliente, em que o suporte e priorização da satisfação são prioridades. Dessa maneira, pode ser possível fidelizá-lo.

 

Conheça As Principais Técnicas Empregadas

Com as informações citadas, pode-se ter ideia do que ambos conceitos representam, porém, para uma compreensão mais clara, é interessante abordar algumas técnicas empregadas no desenvolvimento das duas estratégias.

 

Para atrair de fato a atenção do público com o outbound marketing, há possibilidade de apostar na criatividade dos materiais e no tipo de direcionamento escolhido.

 

Uma vez que a assertividade é uma característica forte do outbound, para não comprometê-la e potencializar as chances de obter resultados satisfatórios, é interessante trabalhar com personas, que correspondem a personificação do cliente ideal.

 

No caso do inbound marketing, é possível citar práticas como as técnicas de SEO (Search Engine Optimization). Elas são muito importantes para o marketing digital, pois consistem em ações cuja função é otimizar páginas, blogs e sites para alcançar posições mais favoráveis nos mecanismos de busca (Google, Bing, Yahoo, etc).

 

Por exemplo, se um cliente em potencial busca por serviços associados a carros para executivos, um site otimizado tem maiores chances de aparecer entre as primeiras posições dos buscadores e consequentemente de ser acessado.

 

É interessante abordar o link building, que reforça a importância de links no marketing e é também uma tática presente em SEO, uma vez que tem grande impacto para o posicionamento nos mecanismos de busca.

 

De uma forma mais precisa, por intermédio de algoritmos, valores são atribuídos aos sites e os links são essenciais para a relevância, o que acaba tendo relação com o tráfego gerado.

 

Quais São As Vantagens?

Nesse contexto, o mais importante é compreender que os dois métodos possuem potencial. Naturalmente, devido às divergências apontadas anteriormente, cada um reúne certos aspectos em relação aos benefícios obtidos, que podem envolver fatores como:

  • Velocidade dos resultados;
  • Mensuração;
  • Abordagem;
  • Potencial de conversão.

 

No que diz respeito ao outbound, o modo assertivo de atuação pode ser um grande benefício. Por exemplo, na procura por manutenção de geradores a diesel, dependendo do posicionamento da empresa, o cliente em potencial tem mais chances de ser convertido devido ao contato direto e possibilidades de consulta.

 

Há possibilidade de obter resultados mais rápidos, o que consequentemente tem impacto na obtenção de informações para analisar os dados, tanto qualitativos quanto quantitativos.

 

Outro grande benefício do Outbound é o ROI (Retorno Sobre Investimento) mais rápido devido ao tempo em que o público demora para ser atingido. Naturalmente, depende do ciclo de vendas de cada empreendimento mas, de forma geral, é apontado como de curto prazo.

 

Ao que se refere ao inbound, devido aos conteúdos produzidos, as formas de se relacionar com os clientes podem ser diferenciadas, principalmente pela aproximação. Trata-se de uma questão que acaba tendo impacto na receptividade do público-alvo e, ao longo da jornada de compra, na conversão.

 

Em relação aos resultados conquistados, inclusive o ROI, o período é classificado como de médio e longo prazo, uma vez que é preciso certo tempo para estruturar e ter resultados das táticas como SEO.

 

Ao abordar a análise de dados, há muitos recursos digitais que podem ser empregados, o que torna essa etapa mais prática e precisa para a estratégia.

 

Para uma melhor compreensão, pode-se imaginar uma empresa do setor de construção civil, que trabalha com o preparo de solo para as obras, com serviços como o de terraplanagem terreno.

 

Ao aplicar as táticas, é possível ter uma mensuração não apenas mais rápida, como também em tempo real. Dessa forma, há grandes chances de identificar o que tem resultados positivos ou não.

 

Independente das técnicas empregadas, é importante dar ênfase ao fato de que as vantagens só são obtidas quando há uma estratégia bem elaborada e executada.

 

É Possível Alinhar o Inbound e o Outbound?

Conforme abordado, são técnicas muito distintas nas duas modalidades, porém, conforme ressaltado no decorrer do texto, o potencial de ambas é evidente. Pode-se alcançar bons resultados ao empregá-las em conjunto, contato que essa aplicação seja compatível com o perfil da empresa.

 

Para exemplificar essa forma de uso, é possível apresentar o cenário em que uma empresa que realiza limpeza de ar condicionado de janela, um dos tipos mais tradicionais do equipamento, busca um maior rendimento conciliado a resultados competitivos.

 

Uma vez que o outbound pode apresentar resultados mais ágeis e, por essa razão, uma das possibilidades seria empregar essa modalidade enquanto as outras táticas são desenvolvidas e escaladas.

 

Naturalmente, dependendo da situação do empreendimento, esforços mais significativos em prol da concretização de negócios a curto prazo, ou seja, nas ações de outbound, sejam necessários.

 

Os conteúdos elaborados pelos profissionais de inbound também podem contribuir com um ciclo de vendas mais rápido e qualificado no outbound, uma vez que auxilia o atendimento de necessidades dos clientes em potencial.

 

Uma das possibilidades, seria nutrí-lo até que o momento mais propício para que um vendedor entre em contato.

 

Leia também o nosso post Google Adwords Planejador de Palavras-Chave: Coisas Que Você Não Sabe Porque Não Conhece

 

Qual Estratégia é a Melhor?

Por mais que existam as divergências, é imprescindível ressaltar que não há necessariamente uma técnica melhor do que a outra. Trata-se de algo relativo e, de acordo com as informações apresentadas, o uso pode ser até mesmo em conjunto.

 

É muito comum que surjam dúvidas em relação ao uso do inbound e outbound. Contudo, pode-se concluir que novas técnicas não significam a exclusão de antigas, da mesma forma que métodos tradicionais não devem ser encarados como absolutos.

 

Outro fator significativo é que não se pode apontar de um modo generalizado a superioridade de determinado método nesta situação. Além disso, é preciso ter consciência e respeitar as particularidades de cada empresa.

 

Por isso, é essencial que os profissionais sempre adquirem novos conhecimentos para identificar as melhores estratégias, com maior potencial para o empreendimento e seus objetivos, já que o setor de marketing possui grande impacto para um desenvolvimento saudável do negócio.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

One thought on “Inbound ou Outbound Marketing: Qual a Melhor Estratégia Para Sua Empresa?”

  1. Augusto Viante says:

    Se tiver algum dúvida sobre como automatizar o marketing digital da sua empresa, não hesite. Entre em contato comigo através do email augusto@agencia7.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 4 =

0