Browse By

O Que é Copywriting e Como Usar Nas Estratégias De Uma Empresa

O copywriting é uma estratégia de comunicação focada em convencer os leitores a realizar determinadas ações, como a compra de um produto ou serviço, a inscrição em uma plataforma, o fornecimento de informações para contato, entre outros.

 

Essa técnica é amplamente usada na produção de conteúdos em marketing digital, e pode ser aplicado em todos os tipos de negócios, desde grandes empresas, até profissionais autônomos, como um ortopedista para cachorro que deseja obter melhores resultados em suas vendas.

 

Em geral, o copywriter, que é responsável pela elaboração do copywriting (texto), utiliza uma linguagem persuasiva, visando despertar o interesse do leitor, com o intuito de aumentar as conversões de leads (potenciais clientes), bem como as vendas.

 

Quer saber como convencer o seu público por meio do uso estratégico das palavras?

 

O Que é Copywriting e Como Usar Nas Estratégias De Uma Empresa

 

Então acompanhe o artigo de hoje, que vai falar mais sobre o que é o copywriting e como usar essa técnica na sua empresa!

 

O Que é Copywriting?

O copywriting é uma técnica de produção de conteúdo, que tem o objetivo de convencer o usuário na realização de uma determinada atividade.

 

Por esse motivo, a técnica utiliza palavras persuasivas e gatilhos mentais que despertam o interesse do leitor.

 

Não necessariamente o copywriting está relacionado somente à produção de artigos. A estratégia pode ser aplicada na escrita de qualquer texto, como o slogan de uma clínica de emergência animal, mensagens de e-mail, e-books, entre outros.

 

No entanto, para que o copywriting seja aplicado de maneira efetiva, ele deve guiar a audiência na tomada de uma decisão, que pode estar relacionada a uma compra direta (de produto ou serviço), ou outra ação dentro desse processo.

 

É importante ressaltar que o copywriting não é redação publicitária.

 

O copywriting tem um forte CTA (Call to Action), quer dizer, a chamada para ação, enquanto a redação publicitária trata de um anúncio de venda.

 

Veja o exemplo de uma redação publicitária: “Carro com barulho? Só se for de um som potente como este!”

 

Já o copywriting, pode incitar o leitor a clicar em um botão, inscrever-se em uma newsletter ou ser direcionado para a compra de um produto ou serviço.

Veja: “Quer descobrir como parar com o ruído do seu carro? Clique aqui!”.

 

Percebeu a diferença? Do ponto de vista prático, o copywriting é usado para a atração do usuário, como parte das estratégias do Inbound Marketing, que estabelece um processo de venda persuasivo, enquanto a redação publicitária é uma ferramenta de vendas diretas.

 

Contudo, vale dizer que o copywriting “nasceu” da redação publicitária, incorporando boa parte das suas técnicas. Por esse motivo, ambos os tipos de escrita podem ser vistos como complementares.

 

Copywriting, Marketing de Conteúdo e Visibilidade Da Marca

A chamada para a ação, isto é, o CTA, é um dos principais elementos do copywriting. Isso significa que, ao longo de toda a jornada de compra, o cliente pode tomar algumas decisões, como por exemplo:

  • A assinatura de uma newsletter;
  • O download de um e-book;
  • O fornecimento de um contato;
  • O redirecionamento para outro post;
  • Entre outros.

 

Portanto, são inúmeras ações que “guiam” o leitor, dependendo do tipo de estratégia estabelecida.

 

É a partir disso que o copywriter poderá convencer e cativar a atenção dos visitantes de um site, fazendo com que eles realizem alguma ação.

 

Por exemplo, após um artigo sobre instalação do kit gnv 5 geração, o copywriter pode elaborar um texto que direcione o leitor para a compra desse produto.

 

É como orientar o usuário sobre algumas “instruções” que devem ser seguidas.

 

Diante disso, é importante que o copywriter eduque e capacite o cliente sobre um determinado produto ou serviço, deixando claro que essa é a melhor solução para as suas necessidades.

 

Isso só pode ser feito com a produção de um conteúdo de qualidade, com materiais ricos, informações relevantes e diversificação de formatos.

 

Daí a importância de integrar o copywriting com o Marketing de Conteúdo.

 

Por isso, não basta apenas produzir um anúncio com a divulgação de uma vistoria para carros, por exemplo.

 

É necessário mostrar ao público a relevância do serviço, fazer com que compreendam mais sobre a atividade e, aos poucos, convencer as pessoas.

 

Ou seja, a ideia é estender a experiência do consumidor dentro do funil de vendas, conduzindo o público em cada etapa, por meio de conteúdos estratégicos e direcionados.

 

Com isso, a sua marca passa a ter mais visibilidade no mercado, pois a audiência confia nas informações compartilhadas, principalmente quando são elaboradas de acordo com as necessidades de cada consumidor.

 

Afinal de contas, um usuário que já se deparou com um artigo sobre como tirar habilitação b e precisa de um conteúdo mais aprofundado sobre o tema, é o oposto de outro internauta que está vendo o assunto pela primeira vez.

 

Portanto, se o marketing de conteúdo engaja e atrai o público, com materiais educativos e relevantes, o copywriting é o diferencial dentro do conteúdo, para estimular o leitor na tomada de decisão.

 

4 Dicas Para Aplicar o Copywriting Nas Estratégias Da Empresa

O copywriting é uma técnica fundamental para as empresas que desejam ter maior visibilidade no mercado e aumentar o número de vendas.

 

No entanto, é preciso saber como aplicá-la da maneira correta, para realmente convencer o usuário.

 

Abaixo, separamos algumas dicas de como aplicar o copywriting nas estratégias da sua empresa. Confira!

 

1 – Conheça o Seu Público-Alvo

A primeira coisa que você precisa ter em mente é que o material precisa ser direcionado para a sua audiência.

 

Afinal, quem procura por uma outorga de poço artesiano, por exemplo, é um público bem específico, que possui uma linguagem e comportamento singulares.

 

No copywriting, não adianta nada sair por aí “atirando para todos os lados”. Você precisa saber quem deseja atingir com o seu texto.

 

Quando você conhece as preferências, as necessidades e o objetivo dos seus clientes, a escrita do copywriting é muito mais fácil, já que a produção de conteúdo é direcionada ao leitor considerado mais importante.

 

2 – Use Um Padrão De Construção Textual

A produção de copywriting também pode ser muito mais fácil e otimizada quando se tem um padrão de construção textual.

 

Isto é, você usa uma mesma fórmula com os pontos fundamentais para conseguir uma boa taxa de conversão.

 

Uma das principais técnicas é o PPVA: Problema, Vantagens, Prova e Ação.

 

Ou seja, você apresenta um problema que o leitor está enfrentando, depois os benefícios da resolução e, em seguida, uma forma de solucionar esse caso. Por fim, é o momento de colocar o CTA para incentivar a ação do usuário.

 

Por exemplo, depois de um texto falando sobre a importância de realizar a vistoria do seu carro, você pode fechar o conteúdo com o seguinte CTA:

“Está precisando fazer uma vistoria veicular completa em seu carro? Clique aqui para agendar conosco!”.

 

Desse modo, você mostra que é possível solucionar uma necessidade do cliente, ao mesmo tempo em que influencia sua tomada de decisão.

 

3 – Oferte Um “Algo a Mais” Para Os Leitores

Um dos princípios psicológicos que podem ajudar no relacionamento da empresa com o público e, consequentemente, gerar autoridade para a marca, é a reciprocidade.

 

Isso significa que você não começa o texto pedindo informações ao usuário. Ao invés disso, faz exatamente o oposto: oferece algo aos leitores, de preferência um conteúdo de valor e, só ao final busca um contato, mas em troca de um material ainda mais aprofundado e de maior qualidade.

 

No entanto, é importante sempre ter atenção ao tipo de conteúdo produzido.

 

Não adianta nada seguir essas regras, se as informações compartilhadas não são verdadeiras e confiáveis.

 

Portanto, invista tempo em pesquisa, para que o seu material tenha credibilidade.

 

4 – Assuma Uma Personalidade No Seu Texto

Uma das maneiras mais efetivas de criar uma proximidade com a sua audiência é por meio da linguagem. Ela será a responsável por convencer e mostrar ao público que estão “falando a mesma língua”.

 

Por esse motivo, é importante adotar uma tonalidade no modo de falar com os usuários. É uma técnica conhecida como Brand Voice.

 

Imagine, por exemplo, um texto de um escritório de advocacia. Provavelmente, o conteúdo permite uma linguagem mais formal e burocrática.

 

Por outro lado, um material de uma loja de roupas teen pode empregar um estilo mais informal e jovial.

 

Daí a importância de conhecer bem quem são os seus clientes, para direcionar não só o conteúdo, mas o modo de abordagem dos usuários.

Leia também o nosso post O Que é Brand Publishing e Como Pode Ajudar Nas Estratégias Da Sua Empresa

Conclusão

Diante do exposto, percebe-se que o copywriting aparece como uma estratégia fundamental para as empresas que desejam ganhar visibilidade e aumentar o número de conversões, bem como de vendas.

 

Apesar de não ser algo novo, a técnica, quando bem aplicada com o Marketing de Conteúdo, pode gerar resultados altamente positivos, contribuindo para o destaque da sua página, além de aproximar a empresa do público-alvo.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

One thought on “O Que é Copywriting e Como Usar Nas Estratégias De Uma Empresa”

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    três × quatro =