Browse By

Vale a Pena o Investimento no Facebook Ads? Entenda Qual é o Melhor Momento.

Já não é novidade para ninguém o quanto as redes sociais mudaram a comunicação entre as pessoas. O que nem todo mundo sabe é o quanto tudo isso impacta no mundo dos negócios e do marketing, como no caso do Facebook Ads.

 

Segundo uma pesquisa da Statista, empresa especializada em estudos de mercado e comportamento dos consumidores, o Brasil é o terceiro maior país do mundo em termos de usuários do Facebook, perdendo apenas para EUA e Índia.

 

De fato, já são mais de 130 milhões de usuários nacionais, tudo isso somente nessa plataforma. Na verdade, nosso país sempre aparece no topo da lista de consumo de internet, seja referente a redes sociais ou e-commerce em geral.

 

Não é preciso dizer o quanto se torna importante para uma empresa marcar presença nessa esfera, garantindo que seu nome esteja onde seu público está e que, como diz um antigo ditado: “a marca apareça para a pessoa certa, na hora certa”.

 

Vale a Pena o Investimento no Facebook Ads? Entenda Qual é o Melhor Momento

Foto de freestocks.org no Pexels

 

Aí é que entra o papel do Facebook Ads (sigla para advertisement, ou seja, para “propaganda”). Mas a questão é compreender como exatamente esse universo funciona, até para poder discernir quando se torna interessante investir nele.

 

Daí nossa ideia de escrever este artigo, para ajudar nesse processo. Desde já, o que precisa ficar claro é que o marketing digital, seja ele de que tipo for, tem muitas diferenças quando comparado com o marketing offline.

 

Não se trata de colocar um em detrimento do outro, pois ambos têm seu papel. Mas o fato é que antes as empresas anunciavam apenas na televisão ou no rádio, e as marcas menores ficavam restritas a anúncios locais, outdoors e panfletagem.

 

Hoje já não é assim, então a possibilidade de a sua concorrência já ter anúncios nas mídias sociais enquanto você lê este artigo é bastante grande. Além disso, antes a mídia offline fazia o famoso “atirar para todo lado”.

 

Quando se pagava pela televisão ou pelo rádio, não era possível definir ou mesmo saber quem ia ouvir a propaganda. Mas, hoje, é possível definir isso, segmentando as propagandas de maneira cada vez mais customizada.

 

Com isso, uma ferramenta como a do Facebook Ads é capaz de definir em que horário ou para que região do país um anúncio vai aparecer, bem como a faixa etária, o gênero, a idade e até os interesses dos usuários da plataforma.

 

Se você quer compreender como isso é possível e em que momento lançar mão de algo assim em sua própria empresa, é só seguir adiante na leitura.

 

O Que Ter em Mente na Hora de Decidir?

Basicamente, depois de dizer que mais de 130 milhões de brasileiros estão no Facebook, a questão já não é sobre fazer ou não fazer anúncios ali, mas justamente quando é a hora de começar, e de que maneira.

 

Mais adiante, vamos explorar as vantagens do Facebook Ads, assim fica mais claro como aplicar o recurso no caso a caso, seja uma indústria internacional com várias fábricas ou uma assistência local que trabalha com iphone tela quebrada conserto.

 

O princípio geral que norteia essa decisão tem a ver com a natureza das propagandas. Voltando ao exemplo da televisão e do rádio, antes a ideia nem sempre era que um cliente assistisse ou ouvisse algo e fosse imediatamente consumir.

 

Muitas vezes, a ideia era apenas fortalecer ou reforçar a marca e junto aumentar o relacionamento com o cliente (o que sempre acontece, de modo direto ou indireto). Mas também existe o caso de você querer promover uma ação específica.

 

Pode ser uma data especial de promoções arrasadoras, ou então um lote especial que você conseguiu com preço competitivo, e quer vender de modo especial, ou ainda um curso cujas vagas são limitadas. Nesses casos, a estratégia muda um pouco.

 

Certamente, uma empresa que vende produtos não tem a mesma dinâmica de uma equipe que presta serviços, como na instalação de fachada acm vazado. De qualquer modo, todo negócio lida com clientes e pode se beneficiar de qualquer tipo de mídia.

 

A dica aqui é sempre ter em mente qual é o objetivo da propaganda, pois isso vai ajudar a decidir não apenas em qual plataforma é melhor fazer o anúncio, mas também no próprio processo de criação, aumentando a eficiência dele.

 

Por Dentro da Customização do Público

O ponto mais forte que pode ajudá-lo a decidir pelo Facebook Ads é o da segmentação. Ela já foi referida acima, mas merece ser aprofundada e melhor compreendida.

 

Afinal, se falamos sobre milhões e milhões de pessoas, é claro que nem todas vão ter interesse em seus produtos ou serviços. Se você lida com assistência técnica desktop pode ter uma demanda consideravelmente grande.

 

Contudo, se fizer parte de um segmento mais nichado, certamente vai ser preciso definir muito bem qual é o grupo de pessoas ou perfis que mais interessam. Os indicadores para fazer isso de modo eficiente são:

  • Os interesses;
  • Dados demográficos;
  • Os comportamentos;
  • Faixa etária e profissão;
  • Dispositivos de acesso;
  • Entre outros.

 

O que o Facebook Ads permite com isso é que você selecione apenas quem tem um perfil muito mais próximo do que compõe seu público-alvo. A melhor parte é que esses algoritmos costumam evoluir cada vez mais.

 

Afinal, imagine fazer propaganda de envelopamento ou plotagem veicular para adolescentes que ainda não têm nem sequer idade para dirigir, ou oferecer um serviço local para todo o país, alcançando pessoas que você não poderá atender.

 

Hoje, a plataforma já permite personalizar os públicos com base em dados que você forneça, ou mesmo impactar o público por semelhança, encontrando pessoas novas.

 

Quer Desenhar Cada Campanha Livremente?

Outro ponto que valida o investimento no Facebook Ads também diz respeito à customização, mas não tem a ver com os clientes. Trata-se do seu poder de configurar o investimento.

 

A primeira de todas as opções diz respeito ao valor. Se você está começando na área de estrutura de ferro para banner, pode investir um valor curto que irá crescendo conforme a demanda for aumentando.

 

É possível falar em investimentos realmente pequenos, como de dez reais por dia. Você também escolhe se vai pagar por visualização (impressões), ou por cliques (o famoso CPC, custo por clique).

 

Quando você entrega um panfleto, não tem certeza se a pessoa vai ver ou jogar fora. No entanto, aqui dá para mensurar o impacto real causado sobre os visitantes.

 

Além disso, se você iniciou uma campanha de talão de rifa personalizado mas acabou vendendo tudo mais rápido do que imaginava, é possível parar a campanha a qualquer momento, sem pagar pelos dias que não usou.

 

Essa customização que o seu marketing tem de iniciar a qualquer momento e com valores totalmente pré-definidos pode fazer toda diferença no fim do mês.

 

Cálculos de Retorno, Mensuração e Métricas

Não é possível falar sobre divulgação e ignorar alguns conceitos clássicos que, aliás, já faziam sentido desde antes do marketing digital, como ROI (retorno sobre o investimento) e CAC (custo de aquisição por cliente).

 

Mas a verdade é que antes era difícil aplicar essas fórmulas na prática. Por exemplo, se você vende dez bastões infláveis personalizados no mês, quanto disso se deveu à panfletagem que você mandou fazer?

 

Já com o Facebook Ads, é possível fazer relatórios com um detalhismo realmente impressionante.

 

Primeiramente, ele divide seu crescimento orgânico do pago, ou seja, se um cliente chegou em você sozinho ou pelo anúncio.

 

Depois, cada métrica pode ser configurada conforme os interesses de cada ação ou campanha. Assim você não se perde em um mar de números e dados que nem sempre fazem sentido para você ou para o seu momento.

 

No fundo, você escolhe como se orientar, mais ou menos assim:

  • Alcance geral;
  • As impressões;
  • O engajamento;
  • Finalizações de compra;
  • Ações específicas no site;
  • Adições ao carrinho;
  • Detalhes de pagamento;
  • Taxa de cliques;
  • Custo por cliques.

 

Além disso, cada campanha criada se distingue das demais, então é possível comparar os resultados e escolher qual se saiu melhor.

 

Isso faz toda diferença na hora de decidir quais estratégias precisam melhorar, quais merecem seguir adiante e quais precisam parar.

Leia também o nosso post Descubra o Impacto Gerado por Uma Comunicação Visual Assertiva

Bônus: Como Automatizar o Processo

Por fim, um ponto forte das redes sociais é que elas cresceram tanto que as soluções transversais que surgem para elas são em número cada vez maior.

 

Assim, com o tempo, você não precisa se desdobrar para cumprir com a rotina do Facebook Ads. Ou mesmo, não acaba se perdendo e deixando a qualidade cair.

 

O mais indicado é ter um cronograma e uma agenda editorial. Mas, mesmo assim, é interessante contar com softwares e aplicativos que ajudam a automatizar o processo.

 

Com eles você faz desde agendamento de publicações e de campanhas, até a configuração de usuários, para definir o que cada funcionário vai fazer.

 

Assim, uma equipe pode se focar em espelho mágico fotográfico e demais peças e partes, enquanto outra focaria apenas no anúncio de equipamentos completos.

 

É possível fazer um sem-fim de combinações e estratégias diversificadas. O importante é garantir que as campanhas sigam uma lógica e se tornem mais atraentes para o público.

 

Com isso, vemos como vale a pena investir no Facebook Ads por vários motivos, seja para quem está no começo da divulgação do negócio, seja para quem já está profissionalizando o marketing digital da empresa.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

One thought on “Vale a Pena o Investimento no Facebook Ads? Entenda Qual é o Melhor Momento.”

  1. Pingback: Marketing de Conteúdo: Por que é Tão Importante Para o Seu Site? - Blog da Agência7 Soluções WEB
  2. Trackback: Marketing de Conteúdo: Por que é Tão Importante Para o Seu Site? - Blog da Agência7 Soluções WEB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito + 17 =