Browse By

6 Vantagens Geradas Pelo Investimento em Marketing Digital

Já não é segredo para ninguém o quanto a internet vem mudando a rotina da maioria das pessoas no mundo todo. Os efeitos dela no universo corporativo e comercial também são enormes, como no caso do marketing digital.

 

De fato, são tantas soluções e tantas frentes de divulgação existentes nesse meio, que não é possível que uma marca, seja ela corporativa ou pessoal, não encontre uma plataforma promissora que se adeque ao seu negócio.

 

São redes sociais, motores de busca, marketplaces, lojas virtuais em geral, sites, blogs e muito mais. Cada uma dessas iniciativas implica estratégias específicas, regras próprias e alguns cuidados para que o resultado pretendido seja alcançado.

 

Em todos os casos, o que vemos é a importância da presença digital. Portanto, aquela regra de que uma marca deve fazer o máximo esforço para “estar onde seus clientes estão” continua valendo para o marketing online, tanto quanto valia para o offline.

 

6 Vantagens Geradas Pelo Investimento em Marketing Digital

Foto de Lukas no Pexels

 

Com a vantagem de que as soluções online tendem a ser mais democráticas. Não se trata de comparar um com o outro (pois o offline sempre vai ter seu papel e sua função), mas o fato é que o online abriu algumas portas que antes eram impensáveis.

 

Um exemplo clássico é o do custo de propagandas televisivas, sobretudo em horários nobres. Obviamente que muitas empresas não tinham acesso a esse tipo de investimento e, portanto, acabavam ficando de fora.

 

Hoje, a maior vitrine do mundo são os buscadores como Google, Bing e Yahoo, onde qualquer empresa ou mesmo pessoa física pode fazer anúncios com poucos cliques, começando a exibir seus conteúdos dentro de poucas horas.

 

Por essas e outras é que, segundo dados levantados em um estudo da Digital Ad Spend, uma das maiores empresas de BI (Business Intelligence) da área, o investimento brasileiro em publicidade digital cresceu mais de 25% nos últimos anos.

 

Hoje, esse mercado já movimenta, segundo a mesma fonte, mais de R$ 10 bilhões por ano, o que o torna um dos negócios mais prósperos e rentáveis. Isso atrai cada vez mais usuários, que atrai mais clientes e mais recursos, criando um círculo virtuoso.

 

Se você quer ficar por dentro desse universo e entender ainda mais sobre o assunto, é só seguir adiante na leitura dessas seis vantagens principais geradas pelo marketing digital.

 

1. Tendências: O Que é Marketing de Conteúdo?

Certamente uma das principais razões de uma marca querer se firmar na internet hoje em dia remonta ao content marketing, que nada mais é do que o marketing de conteúdo, uma estratégia cada vez mais conhecida e disseminada.

 

Atualmente, essa modalidade pode ser praticada em muitas plataformas diferentes, desde blogs e redes sociais, até vlogs e marketplaces. Se você lida com produção musical gospel, por exemplo, não pense que seu foco deva se restringir ao mundo audiovisual.

 

O marketing de conteúdo pode e deve fortalecer todo tipo de marca, pois ele é extremamente customizável. Ao mesmo tempo, além de ocorrer na esfera digital, ele ainda revela uma séria de vantagens para a marca que lançar mão dele.

 

Imagine, por exemplo, que para esse tipo de marketing funcionar você precisa definir muito bem qual é a persona da sua marca, ou seja, quais os principais perfis do seu público-alvo, o que vai ajudá-lo a ter uma clareza muito maior sobre seu negócio.

 

Ao executar esse esforço da maneira correta, você já aproveita para conhecer melhor seu mercado, sua concorrência e as pessoas que vão consumir os conteúdos que você gerar e, por isso mesmo, serão seus futuros clientes e compradores.

 

Assim, um segmento nichado como serviço de entrega com fiorino, que provavelmente demoraria um bom tempo para ser melhor compreendido, pode ser explorado com muito mais rapidez e assertividade.

 

Tudo isso ocorre, no fundo, graças ao marketing digital, ao marketing de conteúdo e toda a dinâmica que esses conceitos trazem. Logo, essas novidades e tendências também servem para modernizar qualquer marca.

 

2. Como Construir Uma Audiência Mais Assertiva?

Depois dessa prévia fundamental a respeito do marketing de conteúdo, já é possível falar do que o marketing digital é capaz de fazer na prática mais corriqueira de uma empresa.

 

Uma das mais importantes é, sem dúvida, a da construção da audiência assertiva.

 

Já que falamos da televisão, imagine uma empresa anunciar transportes de cargas pequenas no principal horário de uma grande emissora. Não faria sentido, concorda? Por muitas razões, sendo a principal a da falta de audiência qualificada.

 

Um dos traços mais marcantes do mundo digital é a customização. Quando você faz anúncio em uma rede social, por exemplo, é possível escolher quais usuários você quer impactar, baseado em dados como:

  • Gênero;
  • Idade;
  • Faixa etária;
  • Interesses gerais;
  • Localização.

 

Assim, o anúncio de um produto como shampoo manipulado para crescimento de cabelo não vai aparecer para pessoas que não se importam com a área de beleza, ou que não têm idade para ter poder de consumo, ou cujos interesses são se enquadram, etc.

 

Ao passo que no offline, como televisão e rádio, você nunca atingiria um poder tão grande de customização e de assertividade.

 

3. Impactar o Público que Está Cotando/Comprando

Se a comunicação com o público certo já é algo bom, quando comparamos o marketing digital com outras alternativas, o que dizer do timing?

 

O timing nada mais é do que a importância de falar com a pessoa certa na hora certa. Ou seja, de conseguir impactar seu cliente no momento da compra e da cotação.

 

Pode parecer impossível algo assim, já que ninguém é capaz de “ler o pensamento” das pessoas, mas pode ser fácil do que aparenta.

 

Pensemos nos motores de busca, por exemplo. Se uma pessoa pesquisa por “produtos de higiene pessoal atacado“, certamente ela quer não apenas comprar, mas comprar no atacado, que é diferente do avulso.

 

Já os marketplaces e as lojas virtuais conseguem mensurar isso ainda melhor, pois esse tipo de espaço é voltado justamente para quem está em momento de compra.

 

4. A Importância das Métricas e da Mensuração

Esse poder todo de atingir cada vez mais pessoas precisa vir acompanhado de algo que mencionamos acima: as métricas e análises de dados e resultados.

 

Na prática, mensurar não significa nada mais do que coletar dados com a finalidade de fazer testes, isto é, de comparar ações entre si para identificar aquela que trouxe melhor resultado.

 

Como o marketing digital permite um detalhismo muito maior sobre o alcance de uma ação, uma empresa de serviço de limpeza para eventos pode verificar cada publicidade feita, e usar das informações obtidas para melhorar a estratégia.

 

Assim, é possível verificar se o público respondeu melhor a um texto formal ou mais descolado, se ele prefere informações mais detalhadas ou mais sucintas.

 

Até mesmo aspectos de layout podem fazer toda diferença na hora de gerar conteúdo para a internet, o que vai desde imagens e fotos até o título de uma postagem ou artigo de blog.

 

5. Como Melhorar o Atendimento no Mundo Digital?

Baseado no que está dito acima, também não é difícil perceber que o marketing digital pode melhorar – e muito – o relacionamento com o cliente.

 

Na verdade, isso vai muito além da questão da persona e do público-alvo. Além de estreitar laços com base nesses estudos de mercado, é possível ser mais ágil.

 

Imagine, por exemplo, como ficam as produtoras de eventos em Curitiba nas temporadas em que a cidade mais enche de turistas.

 

Nesses casos, você pode automatizar tudo por e-mail ou mesmo por aplicativos de mensagem instantânea, que respondem conforme programação.

 

É o caso dos famosos robots, que também podem interagir com leitores do seu site, tirando as dúvidas mais comuns sem a necessidade de intervenção humana.

Leia também o nosso post Marketing Digital Para Iniciantes: 5 Dicas Para Aprender Do Zero

6. Sobre o Uso Intuitivo Dessas Plataformas

Por fim, é preciso falar sobre a facilidade de operar a maioria das plataformas que mencionamos aqui.

 

É claro que alguns usos mais técnicos e mais ambiciosos podem demandar o serviço especializado de uma agência de marketing. Porém, há uma gama bastante diversificada de soluções que qualquer um que utiliza internet pode aderir.

 

Na verdade, a maioria das plataformas é feita para funcionar de modo intuitivo. O maior exemplo é dos motores de busca, que podem anunciar facilmente uma palavra-chave como produtos naturais em capsulas para emagrecer.

 

Não são apenas eles. Também há marketplaces nos quais uma loja nova pode anunciar seus produtos e no mesmo dia começar a ter uma evidência muito maior do que se fosse contar apenas com um site próprio.

 

Nesses casos, também não é preciso ter conhecimentos técnicos em programação.

 

Com isso, vemos como essas vantagens são mais que o suficiente para qualquer marca começar a investir em marketing digital.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − dois =