Nutrição de Leads; Entenda o Quanto é Importante Para Conseguir Novas Vendas!

Hoje em dia, poucos elementos são tão importantes para o crescimento de uma empresa quanto o marketing digital. Dentro dessa estratégia, a captação e a nutrição de leads estão entre os esforços mais indispensáveis.

 

Tudo isso faz parte do marketing de conteúdo, que tem sido a grande aposta das principais marcas do mundo, justamente por representar uma das maiores tendências das novas gerações, que já estão entre os principais consumidores.

 

Trata-se da prospecção passiva, de tipo inbound marketing, que já não é pautada na comunicação explicitamente comercial com o cliente. Assim, se uma empresa lida com reformas de casas, ela pode abrir um blog com textos e vídeos explicativos.

 

Nutrição de Leads; Entenda o Quanto é Importante Para Conseguir Novas Vendas!

 

São esses materiais que vão atrair seus leads e as maiores oportunidades. Isso não quer dizer que o outbound não funcione mais, como a panfletagem, outdoors e anúncios em rádios. Qualquer um pode continuar fazendo, mas tem suas limitações.

 

De fato, o esforço principal do marketing e da publicidade sempre foi o de “estar onde os clientes estão”, e hoje certamente esse lugar é a internet. A prova disso são as redes sociais, os grandes motores de busca e as plataformas digitais como um todo.

 

Inclusive, para aparecer com destaque nos buscadores como o Google, Bing e Yahoo, é preciso criar conteúdo e otimizá-lo, como veremos adiante. Aí é que entra a nutrição de leads, como etapa fundamental no processo do marketing de conteúdo.

 

Por exemplo, depois de a empresa escrever artigos sobre reforma de fachada, ela vai conseguir captar leads de pessoas interessadas no assunto, mas isso é apenas o começo do trabalho, afinal, é preciso fazer com que eles continuem interessados.

 

Dito de outro modo, a nutrição começa a acontecer no momento em que a pessoa decide deixar seus dados para contato, seja o e-mail ou telefone. Também assim, não é possível compreender a estratégia sem dominar a noção de funil de vendas.

 

Por isso decidimos escrever este artigo, trazendo vários conceitos que são indispensáveis ao tema, e dicas práticas que ajudem a entender como é importante nutrir os leads para conseguir novas vendas por meio do marketing de conteúdo.

 

O mais bacana é que as estratégias servem para qualquer segmento ou nicho de mercado, seja uma loja virtual de roupas e calçados ou uma empresa de demolição de casas. Portanto, se você quer mudar seu negócio de patamar, basta seguir adiante na leitura.

 

Nutrição de Leads: Do Que Se Trata?

Como vimos, o marketing de conteúdo é baseado na geração de materiais originais e de qualidade, que agreguem valor ao público antes mesmo de ele decidir se tornar cliente. É o modo de criar uma conexão com as novas gerações.

 

De fato, como elas já nascem com acesso maior a computadores e celulares, elas têm um acesso muito maior à internet e à informação como um todo. Isso as torna mais exigentes também, então esse tipo de “troca” se torna fundamental.

 

Depois de compreender isso, o passo mais importante é dominar o funil de vendas, que nada mais é do que a jornada da compra pela qual o cliente passa, só que vista pela ótica da empresa, que deve traçar o funil estrategicamente.

 

Tradicionalmente, ele pode se compor dos seguintes estágios:

  • Geração de conteúdo;
  • Captação de leads;
  • Nutrição de leads;
  • Conversão em prospects;
  • Fechamento da venda;
  • Fidelização dos clientes.

 

A velocidade com que cada lead avança pode variar não apenas de acordo com a pessoa, mas também conforme o tipo de solução que a empresa presta.

 

Por exemplo, a compra de uma tinta epóxi para piso tende a ser mais demorada e demandar mais pontos de consideração, do que a compra de uma refeição que a pessoa faz na correria do dia a dia.

 

De qualquer modo, a nutrição é aquele estágio que se dá entre a captação do lead e a conversão dele em prospect. Ou seja, o momento em que ele se torna um ativo comercial, quando ele começa a ter dúvidas sobre preços, prazos e aspectos objetivos.

 

Todo o marketing de conteúdo gira em torno desse momento. Portanto, a nutrição de qualidade ou o conteúdo de qualidade são aqueles que conseguem fazer com que mais leads avancem pelo funil, com mais assertividade e eficiência.

 

Sobre a Qualificação do Banco de Leads

Até aqui pode parecer que tudo o que foi dito é abstrato demais. Alguns pensam mesmo “O que me garante que um dia o lead vai decidir comprar?”. Primeiramente, ele não decide sozinho, a marca é que precisa/pode levá-lo a isso.

 

Além do mais, há várias pesquisas que revelam não apenas o quanto a nutrição de leads pode funcionar, se for bem feita, mas detalhes de como costuma ser a dinâmica da relação de um negócio com seu banco de leads.

 

Por exemplo, atualmente já se sabe que apenas 50% dos leads de um negócio, seja uma indústria ou uma reforma de varandas, ainda não estão totalmente prontos para comprar. Os dados são da Hubspot, e revelam uma tendência universal.

 

No caso da reforma de varanda, por exemplo, é possível que a pessoa ainda tenha dúvidas sobre a eficiência do serviço, sobre a importância, sobre até onde a reforma pode ir e incomodar quem mora no apartamento, etc.

 

Ou ainda, talvez ela vá fazer para vender o imóvel, mas ainda não tem certeza se o valor investido vai valorizar o suficiente na hora da venda, ou se é melhor deixar como está. Basta isso para vermos que cada caso é um caso, e são infinitas as possibilidades.

 

Logo, entramos em outro ponto fundamental sobre a nutrição de leads: ela não se trata de um esforço passivo de ficar disparando conteúdo gratuito, mas de uma estratégia de venda, cuja alma consiste em quebrar objeções.

 

Ou seja, é preciso compreender a fundo as personas do público-alvo. Depois, é necessário começar a qualificar aquele lead e criar um histórico sobre ele, como modo de compreender quais são suas dores, e como atacar para transformá-lo em prospecto.

 

Também por isso a nutrição de leads é importante, porque se trata de um dos modos mais assertivos de impactar os perfis da sua persona do público.

 

Por Que Muitos Leads Não Evoluem?

Antigamente, definir a persona de uma marca era algo trabalhoso e que exigia investimentos, como compra de pesquisas e estudo analítico de censos do IBGE. Com a internet e as redes sociais, se tornou muito mais fácil entender a cabeça do cliente.

 

Isso tudo é muito importante pois, seguindo a pesquisa da Hubspot que mencionamos acima, podemos trazer outro dado indispensável: quase 80% dos leads que não convertem nunca receberam nenhuma nutrição.

 

Ou seja, se a empresa de manutenção predial quer ter mais clientes, é urgente que ela compreenda quais são as dores da sua persona, e que comece a criar conteúdos que dialoguem com isso, sejam textos, vídeos ou mesmo e-books.

 

Infelizmente, muitas empresas criam um formulário de newsletters no site, mas simplesmente não sabem o que fazer com os e-mails e celulares que são informados ali. Na verdade, o banco de leads deveria ser o verdadeiro tesouro de um negócio.

 

Como já referimos, há empresas que disparam e-mails, outras podem disparar SMS, ou mesmo fazerem ligações telefônicas, desde que respeitem o estágio em que o lead se encontra.

 

Seja como for, o fundamental, revelado pela pesquisa, é que haja uma nutrição de leads, assim como é indispensável que ela seja baseada em uma compreensão profunda acerca das dores do público. Sem isso, os leads não evoluem pelo funil.

 

As Vantagens Financeiras da Estratégia

Agora vamos trazer dados ainda mais interessantes sobre a pesquisa mencionada, os quais giram em torno de questões financeiras que corroboram as vantagens e os benefícios de uma empresa fazer a nutrição de leads.

 

O primeiro dado mais evidente é o de que as empresas que têm um funil de vendas funcionando e uma nutrição eficiente chegam a converter até 50% mais oportunidades do que outras. O mais interessante é que fazem com isso com 33% menos de custos.

 

Ou seja, se a empresa faz pintura de fachada, ao captar e nutrir leads ela pode conseguir mais clientes (e de modo mais em conta), do que a concorrência que não sabe aplicar o funil de vendas e o marketing de conteúdo em seus negócios.

 

Como se não bastasse, o ticket médio dessa clientela também tende a aumentar, e pode ser 47% maior. Isto é, o lead que foi nutrido entende melhor a solução prestada pela empresa, então tende a fazer uma compra maior e mais cara.

 

Considerações finais

Tudo o que foi dito acima deixou bastante claro como é importante dar atenção ao marketing de conteúdo, implementar um funil de vendas eficiente e nutrir os leads de maneira assertiva.

Também conseguimos provar a universalidade dessa estratégia (sobretudo após as pesquisas apresentadas), um ponto que citamos desde o começo.

 

De fato, seja uma empresa de pintura residencial ou qualquer outro negócio, as vantagens e benefícios não são poucos. Finalmente, se você aplicar as dicas dadas acima, poderá fazer parte desse grupo de marcas de sucesso.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Leadlovers Não Tem Teste Grátis (Descubra o Motivo Que é Óbvio)

Você sabe porque  o leadlovers não tem teste grátis?

 

Não sabe!!! Então leia o post e descubra que você pode testar o leadlovers com uma garantia de 30 dias.

 

Primeiramente clique aqui para acessar a página oficial da ferramenta leadlovers. Na página oficial da leadlovers selecione o plano que melhor se adequa a realidade da sua empresa e seu bolso.

 

No momento tem disponíveis dois tipos de planos: mensal e anual. Ao assinar o plano anual você ganha 20% de desconto.

 

Leadlovers Não Tem Teste Grátis (Descubra o Motivo Que é Óbvio)

 

O pagamento será realizado através da plataforma de pagamentos hotmart, e aqui é o pulo do gato. Você deve realizar  a sua assinatura do leadlovers usando cartão de crédito, porque você tem 30 dias para testar a ferramenta e se não ficar satisfeito, é só solicitar o reembolso e valor pago será estornado para a conta do seu cartão de crédito.

 

 

Resumindo você não corre o risco nenhum de ter dor de cabeça para receber o seu dinheiro de volta.

 

Mas Por Que o Leadlovers Tem 30 Dias de Garantia?

Porque se dentro de 30 dias você ainda não estiver satisfeito com tudo que o leadlovers te entrega como:

  • Página de captura (Landing page).
  • Sequência de emails (Autoresponder).
  • Área de membros (EAD).
  • Suporte fantástico.
  • Ferramenta toda na língua portuguesa.

 

Esta proposta é para ficar 100% despreocupado ao assinar o leadlovers, porque você receberá 100% do seu dinheiro de volta caso não fique satisfeito dentro de 30 dias após a data da sua assinatura.

 

Aproveite estes 30 dias de testes do leadlovers e coloque o seu negócio para decolar na internet.

 

Clique no botão

 

Ver os planos

 

[quads id=3]

 

Vídeo Por que o leadlovers não tem período de TESTE GRÁTIS?

 

Transcrição do Vídeo (Áudio do Vídeo)

00:01 livro love está querendo saber se a

00:03 gente tem um período de teste grátis e

00:04 eu vou explicar o porquê a gente não tem

00:07 logo mais se durante os trinta primeiros

00:09 dias você ainda não estiver contente com

00:11 tudo que o nome de love de entrega só

00:12 recapitulando criação de pacu captura

00:14 seqüência de meio área de membros um

00:17 suporte fantástico e te ajuda a executar

00:19 a polinização o teu produto ou serviço

00:22 no marketing digital fica diz preocupado

00:24 a gente devolve 100% do seu dinheiro e

00:26 só quem realmente acredita no produto

00:28 consegue te dá 30 dias ferramenta

00:30 nenhuma ferramenta do mercado de uma

00:32 solução do mercado vai fazer isso por

00:33 você

00:34 então se você quer aproveitar esses 30

00:36 dias para colocar o seu negócio para

00:37 rodar clique no link saiba mais o vídeo

00:39 logo centro com o pé direito no mundo do

00:41 marketing digital

Desenvolver Email Marketing. Quais São os Pilares que Devem Estar Presente?

O email marketing é uma estratégia bastante conhecida no mundo online, devido à popularidade dos canais de emails, bem como à efetividade das ações de divulgação e comunicação por correio eletrônico.

 

Apesar da popularidade e crescimento das redes sociais, o email ainda é o canal mais utilizado pelos usuários.

 

Para termos uma ideia, atualmente há mais de 4,3 bilhões de contas de email em todo mundo. Desse total, estima-se que 92% das pessoas usam o recurso, sendo que 61%, diariamente.

 

Além disso, mais de 72% dos consumidores preferem usar o email para a comunicação com as empresas. Inclusive, é o canal usado para a entrega de documentos e tratamento de assuntos importantes.

 

Desenvolver Email Marketing. Quais São os Pilares que Devem Estar Presente?
Negócio foto criado por rawpixel.com – br.freepik.com

 

Por esse motivo, não há como ignorar a importância da estratégia.

 

No artigo de hoje, vamos tratar justamente sobre essa temática, mostrando como desenvolver o email marketing e quais são os pilares que devem estar presentes na estratégia. Acompanhe a leitura.

 

O Que é Email Marketing?

O email marketing nada mais é que uma estratégia de marketing digital, que envia mensagens personalizadas a contatos segmentados, a fim de estabelecer uma comunicação mais próxima com os leads (potenciais clientes).

 

Por algum tempo, o email marketing era confundido com o indesejável spam. No entanto, na estratégia, o usuário fornece o contato de email por vontade própria, geralmente, em troca de algum material relevante.

 

Já no spam ocorre a compra de uma lista de emails e não há segmentação dos contatos. Tanto que essa prática é mal vista, além de ser considerada ilegal.

 

No email marketing, é possível enviar diversos conteúdos, por exemplo, contratos para fechar um negócio de reforma predial.

 

Contudo, os principais tipos de mensagens de marketing são:

  • Lançamento de produtos ou serviços novos;
  • Promoções da empresa;
  • Cupons de desconto;
  • Aprovação de compra;
  • Pesquisas de satisfação.

 

O email marketing é considerado uma das estratégias mais rentáveis da internet.

 

De acordo com pesquisas na área, é possível ter um ROI (Retorno sobre Investimento) de até 3800%, além de um valor 3 vezes maior do que posts nas redes sociais.

 

Quais São os Pilares de Uma Estratégia de Email Marketing?

Apesar do ótimo retorno, é fundamental adotar alguns pilares na sua campanha de email marketing para garantir a efetividade da estratégia.

 

Isso vale para qualquer segmento de mercado, tanto para empresas de entregas que desejam incorporar o envio de mensagens por emails quanto outros tipos de negócios.

 

Os quatro principais pilares do email marketing são: reciprocidade, confiança, tempo e intensidade. A seguir, conheça mais sobre cada um deles.

 

Reciprocidade

A reciprocidade diz respeito ao seu público e como abordá-lo. Neste pilar, é importante definir quais são os objetivos da sua estratégia, como usar o canal para fidelizar os clientes e as campanhas efetivas para melhorar o relacionamento com o público.

 

Na reciprocidade, é importante enxergar o email marketing não como uma estratégia individual, mas que dialoga com outros tipos de iniciativas, como a produção de materiais valiosos, a construção de landing pages, e até mesmo, campanhas nas redes sociais.

 

Afinal de contas, um usuário pode oferecer o contato de email só depois de se interessar por um cupom de desconto em um estúdio para ensaio oferecido por sua landing page.

 

Ao mesmo tempo, ele chega até a sua página por um post no Facebook, por exemplo.

 

Confiança

Os usuários devem confiar na sua empresa. Para isso, é necessário demonstrar que o seu negócio é profissional e tem uma boa reputação a zelar.

 

No email marketing, a confiança pode ser despertada de várias formas, mas especialmente em relação ao design da sua campanha e ao conteúdo das mensagens.

 

Por esse motivo, recomendamos que o layout do seu email acompanhe a identidade visual da marca e seja desenvolvido por um designer competente.

 

Além disso, é importante garantir a abertura nos dispositivos móveis. Hoje em dia, há grandes chances que a sua mensagem sobre aluguel de espaço comercial ou qualquer outro assunto, seja aberta em smartphones.

 

Tempo

A maioria dos relacionamentos acaba se desgastando com o tempo e isso também vale para as campanhas de email marketing.

 

Caso a empresa não invista em inovações, o relacionamento com o cliente pode cair na rotina, fazendo com que o usuário decida retirar o seu contato da sua lista de email.

 

Portanto, é necessário adaptar as campanhas conforme os desejos do consumidor.

 

Muitas empresas cometem o erro de enviar a mesma mensagem para todos os contatos.

 

Mas, nem sempre todo mundo está interessado em receber um desconto na locação de sala comercial por hora.

 

Às vezes, o usuário somente quer receber algum conteúdo relevante e informativo. Por isso, é fundamental compreender o timing e as necessidades de cada contato, para enviar a mensagem certa no melhor momento.

 

Além disso, vale a pena surpreender o cliente com alguma mensagem fora do comum.

 

Isso faz com que o relacionamento com a marca reacenda e assim é possível melhorar o engajamento dos usuários.

 

No entanto, mesmo nas mensagens inesperadas, é preciso ter um planejamento. Caso contrário, a sua estratégia corre o risco do insucesso.

 

Intensidade

O relacionamento com o seu cliente deve ser frequente, porém, tendo controle na intensidade. Afinal de contas, o excesso também é prejudicial para a sua empresa.

 

Por exemplo, se um usuário recebe com extrema frequência uma mensagem com dicas para reformas de casas, ele pode considerar que a sua estratégia é inconveniente, e dessa forma se descadastrar da lista.

 

Portanto, busque um equilíbrio. Não exagere no envio de mensagens e tenha cuidado para não ser esquecido pelos usuários.

 

Quais as Melhores Campanhas de Email Marketing?

É fundamental seguir os quatro pilares acima em qualquer campanha de email marketing, seja na propaganda de aluguel de telão ou no compartilhamento de conteúdo relevante.

 

No entanto, há algumas iniciativas que se provaram eficazes e por esse motivo, são muito usadas pelas empresas. A seguir, conheça quais são elas.

 

Newsletters

As newsletters, ou boletins informativos, consistem em publicações periódicas, de caráter noticioso, bastante similares aos jornais online.

 

A intenção é oferecer conteúdos interessantes aos usuários, para que eles se mantenham atualizados sobre a sua empresa ou segmento de mercado.

 

As newsletters não têm o objetivo de vender algo, mas sim, informar. Por essa razão, elas não focam na promoção de produtos ou serviços, a intenção é compartilhar notícias e outros assuntos relevantes com o usuário.

 

Atualizações do Blog

As atualizações do blog são consideradas um tipo de newsletter, mas ao invés de um layout parecido com um jornal online, o objetivo aqui é divulgar os últimos materiais publicados no blog da empresa.

 

Desse modo, é possível aumentar o tráfego orgânico para a sua página, além de manter os usuários atualizados sobre os seus conteúdos. Assim, quem acompanha o seu site não irá perder nenhuma postagem.

 

É uma oportunidade de educar o público a respeito do seu negócio. Afinal de contas, as atualizações do blog, geralmente, referem-se a artigos e materiais informativos.

 

Emails Promocionais

Os emails promocionais têm objetivos mais propagandísticos, pois servem para anunciar descontos, condições exclusivas e promoções aos usuários.

 

Aqui, a intenção é aproximar os leads da compra, convencendo-os a adquirir produtos e serviços por um melhor custo-benefício.

 

Editoriais

Os editoriais têm a intenção de publicar a opinião da empresa sobre um determinado assunto. Por esse motivo, são conteúdos assinados por um diretor, CEO ou proprietário do negócio.

 

O objetivo não é vender, mas sim fortalecer a imagem da marca perante o público. Normalmente, os editoriais são veiculados quando há algum acontecimento polêmico ou ocorrência inesperada.

 

Durante a pandemia do novo coronavírus, várias marcas enviaram conteúdos editoriais para informar seus clientes sobre suas iniciativas e comportamentos para combater a Covid-19.

 

Emails Transacionais

Os emails transacionais visam informar os clientes acerca de alguma transação comercial, como confirmação de compra, abandono de carrinho, mensagem de boas-vindas após o cadastro no site, entre outros.

 

Esses emails são documentais e servem tanto para o usuário quanto para a empresa. Além disso, é mais fácil de acompanhar o status de uma compra com essas mensagens.

 

Conclusão

O email marketing é uma das estratégias mais eficientes no marketing digital. Ele é capaz de aproximar o público da empresa, aumentar o reconhecimento da marca e fidelizar os clientes, além de ter um ótimo retorno sobre investimento.

 

No entanto, para alcançar o sucesso com a sua estratégia, é fundamental aplicar os quatro pilares mencionados no texto de hoje.

 

Com eles, é possível garantir a aproximação com a audiência, evitando que os usuários peçam o descadastramento da lista.

 

Com isso, a sua empresa terá a chance de crescer muito com o email marketing.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Leadlovers Explica: Qual a Diferença Entre Newsletter e E-letter

Você já ouviu falar sobre e-letter? E newsletter já né?

 

Leadlovers Explica: Qual a Diferença Entre Newsletter e E-letter

 

Embora a newsletter seja mais conhecida, muita gente não utiliza ou mesmo usa, mas do jeito errado. Já a e-letter é algo relativamente novo no cenário brasileiro.

 

Se ouviu ou se não ouviu essas palavrinhas por aí, a pergunta mais importante é: Você sabe qual dessas duas modalidades de e-mail é melhor para a sua estratégia de Marketing?

 

No vídeo abaixo, a Jéssica explica um pouco mais sobre os dois termos para você entender de uma vez por todas a diferença e para tomar a decisão mais consciente. Lá na leadlovers já utilizamos ambas e temos uma opinião formada sobre as duas.

 

A pergunta que fica: E-letter ou newsletter, qual delas utilizar?

 

Assista o vídeo abaixo e aprenda.

 

[quads id=1]

 

NEWSLETTER vs E-LETTER, qual utilizar?

 

Se você ainda não fez sua assinatura da leadlovers, clique no botão abaixo e veja os planos disponíveis e faça a sua assinatura agora mesmo.

 

Clique no botão

 

Ver os planos

 

Transcrição do Vídeo (Áudio do Vídeo)

00:00 e você sabe qual a diferença entre a

00:02 newsletter e e ler quer saber quando as

00:04 luzes estratégias você deve utilizar no

00:06 seu Market Então vem comigo que eu vou

00:07 te explicar bom gente eu sou a Jéssica

00:09 eu faço parte aqui do time the Lovers e

00:11 o tema que eu vou tratar com vocês aqui

00:13 hoje é e os ler versus e ler qual das

00:16 duas utilizar Antes de tudo eu peço que

00:18 você curta e compartilhe esse vídeo com

00:20 quem você acha que vai ser interessante

00:21 se você tiver no YouTube eu peço que

00:23 você se inscreva no canal e Ative o

00:25 Sininho para não perder nada tá bom

00:26 então antes de mais nada eu acho que a

00:29 gente deve diferenciar esses dois termos

00:31 né então o que que seria uma newsletters

00:33 anel Sério que é uma estratégia de

00:35 marketing que for utilizada muito um

00:37 tempo atrás hoje em dia ainda não é tão

00:40 utilizada mais isso não quer dizer que

00:42 um lugar resultado tá gente pelo

00:44 contrário exatamente por ter pouca gente

00:46 utilizando as vezes que dizer que não

00:48 vai dar mais resultado ainda tá bom que

00:49 seria neugier você nem que for traduzir

00:52 o termo né newsletter é como se fosse

00:55 carta de Notícias carta de novidades né

00:58 aqui no Brasil os marqueteiros

01:00 a máquina um boletim informativo Então

01:03 você já pensando em boletins

01:04 informativos e já pensa assim o que um

01:06 jornal né e o jornal gente como que

01:09 geralmente ele é geralmente ele é

01:10 sucinto e objetivo ele coloca as

01:13 notícias né tipo um resumo das notícias

01:16 manchetes nem e a Neuza ele também é

01:18 assim geralmente ela vai pegar um

01:20 compilado de notícias e vai colocar link

01:22 para pessoa aí para suas notícias

01:24 completas que na verdade não são

01:26 notícias vamos supor que são conteúdo

01:27 que você produziu durante aquele período

01:29 tava muito porque você faça uma

01:31 newsletter semanal E aí você coloca tudo

01:34 o que foi feito naquela semana os

01:37 tópicos para pessoa ir lá e entrar no

01:39 seu blog para ver o arquivo que você

01:40 postou entrar na sua rede social ver o

01:42 post que você fez a basicamente isso

01:45 então você concorda comigo aqui o jornal

01:47 ele precisa de período cidade por isso

01:49 que eu falei semanal né mas não precisa

01:51 de ser uma não tá gente vamos supor você

01:53 não faça tanto conteúdo ainda que você

01:55 tá no início então você pode

01:57 simplesmente fazer uma newsletter

01:59 quinzenal

02:00 oi Vanilda área mental tá você reúne

02:03 também todos os conteúdos não porque

02:04 você um artigo no blog por semana e: nas

02:09 redes sociais você pode juntar né esses

02:12 quatro artigos do mês e esses oito

02:14 pontos redes sociais e fazer uma

02:16 newsletter mensal importante traduzir né

02:19 para o seu coração realidade mas não

02:22 deixar de ter sua felicidade de ter essa

02:24 esse controle para ser como se fosse um

02:26 jornal mesmo outra coisa aqui importante

02:28 deixar claro na newsletter é que ela não

02:30 tem o objetivo de venda ela tem o

02:32 objetivo de informar tão não é

02:34 necessário colocar propaganda ao longo

02:35 dela Se você quiser por um banhozinho e

02:38 tal você até pode mas na verdade o

02:39 objetivo é o que levar tráfego para o

02:41 seu site da mais duas coisas para o seu

02:43 vídeo no YouTube mas é engajamento nas

02:47 suas redes sociais Então você não vai

02:48 fazer uma propaganda a pessoa ela pode

02:51 ver a propaganda se ela interessar pelo

02:53 seu produto e entrar no seu blog no seu

02:55 site enfim a partir disso né uma coisa

02:58 que é importante deixar claro aqui para

02:59 você

03:00 o conteúdo para você só meu Jéssica que

03:02 não neuzelia você pode colocar conteúdo

03:05 de terceiros por quê porque o importante

03:07 é ser útil para sua audiência então se

03:09 eu acho que um conteúdo de uma outra

03:10 pessoa vai ser bom para mim audiência eu

03:12 também posso colocar na minha neusner tá

03:14 Geralmente eu vou por o Google tem

03:16 vários estudos legais que eles colocam

03:18 poderia ser uma coisa que você coloca na

03:20 sua newsletter não tem problema nenhum

03:21 ali a gente eu acho até mais legal

03:24 porque ele mostra que você vai querer me

03:25 ajudar sua audiência sem querer levar só

03:28 o seu crédito para você tá mostra

03:30 conteúdo de outras pessoas também isso é

03:32 muito interessante né Às vezes até ajuda

03:34 numa questão de Network porque alguém

03:36 pode ver e você pode fazer uma amizade

03:37 uma parceria partir disso e outra coisa

03:40 que entra aqui também que eu acho

03:42 interessante falar a meus ler não a

03:44 mesma coisa do que e-mail marketing tem

03:46 gente que confunde esses dois termos e

03:48 antes de diferenciar me usar e daí ler

03:51 eu vou diferenciar a newsletter do

03:53 e-mail marketing Qual que é a diferença

03:55 bom para começar a maneira de capturar o

03:58 líder já é meio

04:00 Oi gente porque quer aumente a meus ler

04:02 ela fica tipo um gelzinho no seu site o

04:06 seu blog falando quer saber novidades

04:08 quer ficar por dentro das novidades

04:10 Coloque aqui seu e-mail não homem que a

04:12 gente vai se comunicar e geralmente o

04:15 e-mail marketing ele acontece através de

04:17 uma página de captura a pessoa se

04:19 interessou por um conteúdo seu por um

04:21 e-book por alguma outro tipo de material

04:23 rico outra iska digital e ela deixou o

04:25 nome e-mail tá naquele um conteúdo

04:27 específico já na newsletter da hora

04:29 queria saber as novidades mesmo que ia

04:31 ficar por dentro da sua Marca então aí

04:33 você já vê que são coisas diferentes

04:34 hora a gente que nada impede que eu

04:36 pegue o vídeos que vieram de uma página

04:38 de captura e começa e mandar meus velhos

04:40 até eles para ver se interessam mas eu

04:43 gosto de dizer que a principal diferença

04:45 na verdade está no objetivo porque a

04:48 Nilza ela tem o objetivo de informar de

04:50 trazer conteúdo útil de estreitar

04:52 relacionamento já o e-mail marketing por

04:56 mais que lhe possibilite um

04:57 relacionamento por mais que ele faça um

04:59 diálogo

05:00 o objetivo final dele vai estudando e a

05:02 Neuza ler não ela não tem esse peso da

05:04 venda não era uma coisa mais leve mas

05:06 mais divertida Tá bom mas informal mas

05:09 ele era Jéssica o que que é ele era bom

05:11 gente ela morre estratégia também de

05:13 marketing né que ela vem sendo utilizada

05:15 pouco ainda no Brasil é mais lá fora né

05:17 Se vocês procurarem vocês vão ver que

05:19 não tem quase conteúdo falando né Ela

05:21 também tem uma pegada Aparecida de

05:22 jornal você pode colocar data você pode

05:24 colocar edição montar um nome para sua e

05:27 ler né mas ela é mais intimista a

05:30 começar pelo nome pensa em 110 ele tem o

05:33 prefixo News que há de novidades e

05:35 notícias e ler de carta na caixa de

05:38 Notícias já era eu seria a mesma coisa

05:40 de ficar eletrônica carta por e-mail

05:43 então ser uma carta gente já pensa numa

05:46 coisa mais informar uma coisa mais tipo

05:48 de amigo para amigo certo a gente sempre

05:50 fala aqui na importância da humanização

05:52 da sua marca né E você humanizar a sua

05:55 empresa a empresa precisa ter uma cara

05:58 precisa ter voz né e g

06:00 e a gente aconselha que essa voz seja do

06:03 Empreendedor porque o empreendedor que

06:05 não tem ninguém que represente melhor a

06:07 empresa do que o dono dela né Eu gosto

06:09 muito de falar o quê que aí galera ele é

06:11 uma maneira de você harmonizar mais

06:12 ainda sua marca porque aí você o

06:14 empregador pode conversar com a pessoa

06:16 que a do outro lado né com seu

06:18 consumidor com o cliente com o público

06:21 em frente de uma maneira mais íntima

06:22 está falando do dia a dia dele dando

06:25 dicas mostrando um site que ele teve

06:28 durante todo o processo ali a gente só

06:30 um lá dentro que eu gostaria de fazer

06:32 sobre o tema tem um assunto que chama

06:34 marketing de diferenciação Se eu fosse

06:37 você eu dava uma procurada que há muito

06:38 interessante esse assunto tem um cara

06:41 chamado Pedro Superti que ele acha que a

06:42 maior autoridade no país que fala sobre

06:44 isso e vai te ajudar tanto brasileiras

06:47 Como produzir todo o seu conteúdo de

06:50 maneira mais humana Tá mas voltando para

06:53 parte da e ler aquilo de Love onde

 

06:55 começou a fazer a muito pouco tempo né

06:57 aqui gente a cara da nossa empresa

07:00 e Carmona que auxiliou né Então é ele

07:03 que é o guru da empresa tão toda ele era

07:06 ela tem um guru que é a pessoa que

07:08 representa aquela empresa né então nosso

07:10 caso é o Diego o Diego ele mostra

07:12 detalhes do dia a dia dele coisas que

07:14 ele vivenciou e sempre dá uma dica uma

07:17 lição um alguma coisa que ele considere

07:20 útil para o dia então é só uma coisa que

07:22 aconteceu na vida dele sempre tem uma

07:24 lição por trás disso né Faz pouco tempo

07:26 que a gente nesse ou ainda está em fase

07:27 de teste inclusive se você quiser saber

07:30 mais como é a nossa e ler se inscreve aí

07:33 vou deixar o link na descrição do vídeo

07:35 como YouTube se você tiver no Instagram

07:37 no Facebook pede que a gente manda por

07:39 Direct por inbox tá bom vai dar para

07:41 você aprender tanto um jeito que você

07:42 pode fazer a partir do que o Diego faz

07:44 como também dessa relação mais íntima

07:47 com o nosso civil com a nossa empresa

07:48 que tenho certeza que você vai adorar

07:50 são dicas maravilhosas que ele passa mas

07:52 é porque você acha que eu devo utilizar

07:54 bom a gente Depende muito da sua

07:55 realidade vamos por muitos

07:56 empreendedores eles usam as redes

07:58 sociais para se

08:00 e do público dele tá errado não é uma

08:03 excelente forma né somente vídeo que a

08:05 gente fala tanto que o vídeo conecta

08:06 muito mas por que não usar o e-mail

08:08 também para gerar essa conexão tem gente

08:11 que prefere ler tem gente que o e-mail

08:14 As pessoas olham todos os dias e meio

08:16 não vão te tirar do nada com uma rede

08:18 social que você pode acabar perdendo

08:19 pode acabar a rede social pode acabar

08:22 deixando de existir né como muitas que

08:23 já deixaram de existir Então uso também

08:26 o e-mail tente usar todas as formas

08:28 possíveis de estar perto da sua

08:29 audiência né então isso Acha que é muito

08:32 interessante também tem essa proximidade

08:34 de várias maneiras tem uma reler o Diego

08:37 inclusive que ele fala de um robozinho

08:38 que ele comprou lá em Orlando onde ele

08:40 mora né que ele faz a limpeza da casa

08:42 que eu não sou mostrador de pode em dia

08:44 tem aqui no Brasil também né mas ele

08:46 conta uma história bem interessante por

08:48 trás disso traz uma uma lição

08:50 maravilhosa que eu acho que você deveria

08:51 perder então se inscreve aí tá então ao

08:55 invés de mandar um resumo com os

08:57 principais conteúdos que você fez um

08:59 determinado período

09:00 o tamanho de uma história você cria uma

09:02 carta para mandar para sua audiência de

09:04 algum conteúdo também relevante para

09:06 estreitar relacionamento gerar mais

09:08 conexão Mas amor né que a gente sempre

09:11 fala aqui Jéssica Então qual das duas

09:13 opções eu utilizo bom gente não existe

09:16 uma melhor né Aí eu gosto de falar que o

09:19 marketing não é uma ciência exata que

09:20 existe uma resposta certa para cada um

09:22 vai funcionar melhor de um jeito elas

09:24 são estratégias bem diferente e eu acho

09:26 até que dá para utilizar as duas vamos

09:28 supor eu posso fazer uma e ler três

09:30 vezes por semana duas vezes por semana

09:32 cinco vezes na semana e depois eu li

09:34 todas e fazer uma newsletter com todas

09:37  elas juntas né eu posso usar essas duas

09:39 coisas juntos mas se eu fosse escolher

09:41 gente então acho que eu escolheria ele

09:43 era eu porque ele era como eu disse ela

09:44 já era mais essa conexão esse

09:47 relacionamento ela é uma carta de amigo

09:50 para amigo né então agora a gente está

09:52 numa época né que as pessoas elas não

09:55 querem mais conversar com máquinas com

09:56 empresas Elas não querem uma coisa

09:58 formal 1g

10:00 Se tem uma coisa mais ou menos na mais

10:02 aconchegante E aí leva traz tudo isso

10:04 que deu um Se fosse para mim escolher eu

10:06 escolhi escolheria a e ler mas a Neuza

10:09 era funciona para muitos negócios para

10:11 quem tem loja por exemplo a pessoa pode

10:13 fazer as novidades que chegaram a

10:16 coleção nova né promoção da da coleção

10:19 antiga então assim depende muito da sua

10:22 estratégia dos seus objetivos você pode

10:24 testar também né gente ver qual funciona

10:26 melhor para você tá bom por hoje é só eu

10:29 acho que deu para entender mais ou menos

10:30 a diferença entre mil série e ele era e

10:33 fica com você a decisão se usam uma se

10:36 usa as duas se não usa nenhuma isso é

10:39 você que vai decidir e mexer nos

10:41 comentários se você fizer o que você

10:43 achou e como deu boa no seu negócio tá

10:45 bom um beijo e até a próxima tchau

5 Dicas Sobre Técnicas de Vendas da Leadlovers Para Seu Negócio!

No vídeo abaixo, o Roberto Rocha, CMO leadlovers, te apresenta cinco técnicas de vendas que você pode aplicar no seu negócio para atrair mais clientes e realizar novas vendas.

 

Essas estratégias ensinadas no vídeo são as mesmas estratégias que os setores de Marketing e Vendas utilizam dentro da leadlovers.

 

5 Dicas Sobre Técnicas de Vendas da Leadlovers Para Seu Negócio!

 

Agora você pode colocar em prática ações que outra empresa já testou e obteve bons resultados.

 

[quads id=1]

 

TÉCNICAS DE VENDAS: 5 DICAS da leadlovers para seu negócio!

 

Se você ainda não fez sua assinatura da leadlovers, clique no botão abaixo e veja os planos disponíveis e faça a sua assinatura agora mesmo.

 

Clique no botão

 

Ver os planos

 

Transcrição do Vídeo (Áudio do Vídeo)

00:00 hoje eu vou te mostrar cinco novas

00:02 maneiras de aumentar suas vendas sem

00:04 mudar o investir praticamente nada

00:06 usando apenas recursos que você já tem

00:08 em mãos hoje e essas técnicas ou dicas

00:11 de ferramentas que eu vou te passar aqui

00:12 só algumas que a gente usa aqui no vídeo

00:14 obras e assim consegue trazer um bom

00:16 fluxo de vendas pelo nosso negócio são

00:18 ferramentas que caso você não use são

00:20 técnica explicado você não usou não a

00:22 vick eu te indico fortemente para você

00:24 começar a aplicar agora porque

00:26 provavelmente você tá perdendo grande

00:28 chance de aumentar suas vendas sem mudar

00:30 basicamente na vida que você já tá

00:32 fazendo hoje a primeira delas é o que a

00:34 gente chama de marketing e

00:35 conversacional que a galera chama até de

00:37 chatbot é por que que eu chamo de mark

00:40 conversacional e não apenas um sítio 791

00:43 com chatbot fica uma com luzes conversa

00:46 ficam elas o frio você tá falando com

00:49 robô e fica claro fica aparente você tá

00:51 falando que horror eu chamo de mais de

00:53 conversar sim ou não porque o intuito de

00:56 todo o marketing que a gente conversando

00:57 de obras paz e prega é que você faz

01:00 o e construa um relacionamento em

01:02 qualquer que seja o canal que você

01:05 esteja utilizando porque a gente fala de

01:06 construir relacionamento porque quando

01:08 você constrói relacionamentos você tá

01:09 interessado em ajudar a pessoa antes de

01:12 fazer uma venda e esse é um dos

01:14 principais atributos são conceitos que a

01:17 gente usa aqui e todos os canais

01:19 publicação e também chatbot o marcos

01:21 conversacional conveniente a poluentes a

01:23 gente atenção chatbot hoje o site se

01:25 você defendendo o período que você tiver

01:27 atenção se você sabe o dia lovers.com

01:30 você vai ver um bot zinho falando com

01:32 você só que se você reparar como que

01:35 conversa da estruturado com as mensagens

01:37 e estruturados a gente busca te levar um

01:40 conhecimento não só sobre a solução mas

01:43 também sobre os nossos conteúdos então a

01:45 venda bem num segundo momento como

01:47 aquela pessoa já tá unidos o suficiente

01:49 de informações sobre nossos negócios

01:51 sobre o marketing digital daí a venda

01:54 flui de forma mais natural que o fluxo

01:56 vai acontecer e as vendas boa acontecer

01:59 às vezes

02:00 bom então essa primeira técnica de vezes

02:02 é o chatbot ou martin conversação ea

02:05 segunda dica o ferramenta é abandono de

02:08 carrinho que é muito utilizada em

02:10 e-commerces só que fazem galera que não

02:14 trabalha por como se acaba aqui no mundo

02:15 essa técnica que é muito difundido desse

02:17 mercado em lojas virtuais né então a

02:20 gente usa com dor de carrinho que nem

02:22 jiló plante eu vou explicar como você

02:23 pode usar também no seu negócio seja ele

02:26 é um produto online um produto físico

02:28 lembrando que o ambiente onde se é só

02:30 perto esse produto dele ocorrer tem que

02:33 ser um do online vai ser muito mais

02:35 fácil para você executar essa ação tá

02:37 bom então o que que a gente faz

02:38 basicamente como funciona o basicamente

02:40 alguns outros carrinhos o valor do

02:42 carrinho pega todo mundo que assessorou

02:44 a página ou do seu produto eu tô parte

02:47 dos planos do parque do seu serviço e

02:50 não executou a compra não chegou no

02:52 final não chegou não ser caroço que

02:54 vocês não chegou e tirar o cartão do

02:55 bolso de pagar ela deve ir para uma

02:58 lista de controle de carne e a

03:00 e aonde você fazer isso é a guiando e

03:02 gerando lista de limites então todo

03:04 mundo que entrar no teu site você tem

03:06 que fazer a alguma ação proativa para

03:10 que ela se transforme em lei depois ela

03:12 se transforma em contato é a única forma

03:14 de você conseguir conversar com essa

03:16 pessoa é você fazer isso beleza eu

03:18 sempre etapa sensação de abandono de

03:20 carrinhos você tá aí essas pessoas agora

03:22 que você já tem a lide você vai marcar

03:24 colocar uma notinha em cada página do

03:27 seu site que essa pessoa acessou então

03:30 por exemplo se a pessoa acessou minha

03:31 roupa da minha loja pode ser só a minha

03:34 página principal ela se sou a página do

03:36 meu produto por exemplo pode ser um

03:38 calçado pode ser um serviço de

03:40 consultoria então eu vou marcar ela ela

03:42 chegou na página de carrinho tô marcando

03:44 ela só que ela não chegou a página nos

03:47 contratar o produto não passou o cartão

03:49 ela não virou cliente da minha

03:52 ferramenta minha solução de automação de

03:54 mail art que é por onde você letaria

03:56 tudo isso então aí que você entra com

03:59 atuação

04:00 é uma regra básica aqui todo mundo quem

04:03 não é cliente mas chegou na página de

04:07 checkout por exemplo e você vai mandar

04:09 uma sequência de mensagem pode ser por

04:11 sms pode ser friner porta redes sociais

04:13 se você não mandar uma mensagem para ela

04:15 perguntando faltou uma coisa você eu te

04:18 deixei você chegou até o check-out e

04:20 provavelmente eu esqueci de te falar

04:22 alguma coisa ou você ficou em dúvida com

04:24 alguma coisa me chama que eu troco uma

04:26 ideia com você se você colocar você

04:28 esqueceu até que o link para você

04:29 contratar e na amizade produto oferta

04:31 especial de x então daí fica a seu

04:34 critério como você faz a publicação essa

04:36 forma que a gente faz aquele ok a gente

04:38 eu entro a pessoa tipo um acaso ela

04:40 passou pelo nosso site esqueceu de dar o

04:42 próximo passo para o sucesso do negócio

04:44 dela e eu pergunto como que eu posso

04:46 ajudar em contração que eu vou excluir

04:48 dentro como abandono de carrinho é o que

04:51 a gente chama de remarque que é

04:52 basicamente exibir anúncios para todo

04:55 mundo que chegou em determinadas fases

04:56 então a gente vai usar a mesma

04:58 segmentação de quem chegou até

05:00 bom demais ouvir o meu cliente que eu

05:02 vou exibir anúncios em redes sociais em

05:05 google né de display como eu tô

05:07 escrevendo um anúncio tem mais

05:09 possibilidade é chegar e falar

05:10 diretamente com essa pessoa então tem um

05:12 vídeo meu que eu falo olha provavelmente

05:15 eu esqueci eu deixei de falar alguma

05:17 coisa para você deixei de te explicar

05:19 alguma coisa eu tô aqui coloque nos

05:21 comentários quais são as suas vidas e

05:23 daí eu abordo então a pessoa tira o

05:25 sogro dela e faço fechamento de ler você

05:28 pode usar isso novas 20 para qualquer

05:29 negócio já fiz o digital serviço tanto

05:32 faz você consegue usar essas séries

05:34 estão a todo está rendendo inss mas o

05:38 remate é uma das opções para você

05:40 aumentar as vendas e eu aconselho

05:42 novamente fortemente que você siga

05:44 também essa é a terceira dica que a

05:46 gente também usa aqui no vídeo lovers

05:48 afinal só tô te dando dicas o que a

05:50 gente usa estratégias que realmente dão

05:53 resultados fazem parte de uma forma

05:55 absurda dos aos estados aqui no dia de

05:57 obras são os microinfluenciadores

06:00 é uma diz uma galera fala tem que ser

06:03 muita coisa errada sobre o interpretador

06:06 de que a galera fala só que eu vou te

06:08 trazer a base a essência do negócio aqui

06:10 um mim

06:11 o sentido porque o negócio que ele falar

06:13 com o público específico que você venda

06:15 ou que você não consiga se comunicar com

06:18 ele nos canais se você tem um público

06:20 que você já consegue falar com essa

06:22 pessoa também de facebook google

06:25 anunciou até criando listagem de emails

06:27 não necessariamente faz sentido você

06:31 atuar público reconheça dois ah não sei

06:33 que você consiga falar com uma parcela

06:35 nesse público e tua verba tá irritada a

06:38 investir mais e anúncios audi o teu

06:41 resultado poderia ser não muito maior

06:43 que você já tem hoje tá então faz

06:46 sentido se eu conseguir trazer um pouco

06:48 influenciador que falo com aquele

06:49 público que eu já atuou público novo que

06:52 eu quero atuar e eu não tenho condições

06:54 financeiras de abordar essa pessoa com

06:57 esse grupo de pessoas então eu uso

06:59 micronizador apresenta a minha marca a

07:01 gente faz uma parceria onde esse

07:03 microprocessador usa e acreditamos um

07:05 seu produto e faz uma divulgação de

07:08 forma aberta e mostrando que ele é um

07:10 influenciador que ele

07:11 é da marca telma resolver tudo que a

07:14 gente usa até inclusive ingrid lopes são

07:16 pessoas que confiam e acreditam e usam o

07:19 nosso produto e indicam porque acreditam

07:21 que a melhor solução para o seu público

07:23 isso traz novamente o resultado

07:26 absurdo e vezes não no curto prazo médio

07:29 longo prazo é uma construção também de

07:31 marca como você fica conhecido como você

07:35 é reconhecido por esse público que antes

07:37 você não conseguir atender a quarta

07:40 opção que dá um ótimo resultado aqui

07:42 para gente também é rede de afilhados

07:45 tem outras revistas tanto para todos os

07:47 fios com aspecto de digital eu falar

07:49 especificamente da hotmart mas você

07:51 encontra outras com o eduzz monetizze e

07:53 ainda essa mundo digital e outras como o

07:56 agir ou aulas uma por exemplo que atende

07:59 produtos físicos então você tem que

08:01 precisar melhor mais a mecânica funciona

08:03 essa mente a mesma forma e eu que vou te

08:05 explicar aqui você tem um pude uma rede

08:08 de pessoas estão dispostas a investir

08:10 para

08:11 os produtos para promover o seu produto

08:13 e dela começava em cima disso na

08:15 rottweiler por exemplo que é o que a

08:17 gente está habituado a gente usa o

08:18 bathmate para vender para fazer parte

08:20 das nossas menos nós temos uma rede de

08:23 afiliados que conhece a vídeo logos até

08:25 usa o vídeo lovers e indico os ossos

08:28 produtos as nossas ferramentas para a

08:30 sua base dele disse então tem afilhados

08:32 que constroem base direitos que estão

08:34 interessados em receber estive com

08:36 aquilo e tem afilhados que fazem alguns

08:38 direto para vendas de qualquer forma se

08:40 você conseguir apresentar o seu produto

08:41 de uma forma que seja satisfatória para

08:43 que afiliados também partido por ele e

08:46 de uber com uma comissão que seja

08:48 interessante férias com certeza é um

08:50 ótimo canal mas como um micro

08:52 influenciadores é uma construção com o

08:54 tempo não é colocar o seu produto na

08:55 hotmart hoje que amanhã já vou começar a

08:57 ter deles aonde que eu dia que tá

08:59 dividido em três eu vou falar sobre

09:01 upsell ou cross sell e downsell é pouco

09:04 utilizada pela produtos aqui no brasil

09:06 eu não vejo muita gente utilizando fora

09:08 do marketing digital e para te falar a

09:10 verdade eu nem com os

09:11 o mercado digital usou essas técnicas da

09:14 forma correta vou te apresentar deus do

09:16 céu na verdade quando acabou de fazer

09:18 dentro do seu produto que ofereceu outro

09:20 que é complementar a ele então por

09:22 exemplo vamos supor que vende de lojas

09:24 para essa pessoa eu posso vender uma

09:26 consultoria de marketing digital para

09:27 ela que faz totalmente sentido para

09:29 acelerar os resultados que ela vai

09:31 trazer com luiz de órgãos toda forma de

09:32 aumentar as vendas é oficial por exemplo

09:34 você acabou de vender o e-book de

09:37 entrada sobre emagrecimento é você pode

09:40 oferecer uma nova oferta para essa

09:42 pessoa um novo produto para as pessoas

09:44 que ainda faça sentido que pode ser até

09:46 de uma categoria diferente você pode

09:47 vender por exemplo peso para ela para

09:49 ficar em casa você pode vender o curso

09:52 online de como ela fazer os exercícios

09:54 em casa não está diretamente ligado ao

09:56 que o primeiro eu vou que é

09:58 emagrecimento mas ele atende o mesmo

10:01 fininho e a complementar os produtos são

10:03 complementares no nosso caso por exemplo

10:05 a gente pode oferecer lídio lovers mais

10:08 ainda não é bom colega eu lembro eu tô

10:10 mostrando uma pessoa como

10:11 em gerar conteúdo e engajar aquela vaso

10:14 de vidro que ela captura o convite obras

10:16 e acelerar o processo de vendas é a

10:18 última dica é tal certo então você é o

10:21 que vamos supor que a pessoa acabou de

10:23 ver os carro muito bonito que ela fosse

10:26 concessionária cada lindo aquele honda civic

10:29 bonitão só que ela não tem

10:31 dinheiro para comprar ele custa 160 180

10:33 mil o redutor percebe isso que ela tá

10:35 com a pessoa tá quase saindo da loja

10:37 desistindo daquela compra e não

10:39 interessa um carro similar de categorias

10:41 e preços mais baixos que aquela pessoa

10:43 possa se interessar tem que ter

10:45 atributos similares ao que ele gostou do

10:48 honda si daquele outro cada período

10:50 honda civic então por exemplo eu posso

10:52 te oferecer um produto com uma

10:54 consultoria de 1.500 reais por mês com

10:57 quatro horas por semana de construir só

11:00 que você não tem 15 e o reais para pagar

11:03 que é o preço reconstruir eu posso te

11:05 oferecer uma consultoria de uma hora por

11:06 mês pode vai custar 13 que é esse é um

11:09 exemplo prático de down

11:11 e parece um produto de categoria de

11:13 preço inferior ou teu produto principal

11:16 para não perder aquela menina não perder

11:18 aquele cliente eu espero que você tenha

11:20 gostado dessa dica se você ficou com

11:21 alguma dúvida ou tem alguma outra dica

11:23 para passar para galera tá assistindo

11:25 esse vídeo coloca aqui nos comentários

11:27 compartilhe esse vídeo para que a gente

11:29 continuar fazendo mais conteúdos

11:31 relevantes como esse e não esqueça de

11:33 deixar seu like muito obrigado

7 Dicas Para Melhorar a Estratégia de E-mail Marketing

Entre as melhores estratégias de marketing digital está o e-mail marketing, que possibilita a realização de campanhas de maneira muito mais assertiva, além de uma comunicação eficaz com o público-alvo de uma marca.

 

Se durante um certo tempo essa ferramenta foi considerava inconveniente por alguns destinatários, hoje o e-mail marketing se tornou indispensável para uma companhia que quer crescer na internet e, inclusive, para os leitores do conteúdo que foi enviado.

 

Afinal, é possível desenvolver estratégias direcionadas, que não se tratam apenas de encher a caixa de entrada de um potencial cliente com ofertas de produtos, mas sim, de materiais que realmente possam interessar ao leitor.

 

Uma auto escola com carros adaptados, por exemplo, consegue enviar um e-mail marketing para uma lista de leads composta por pessoas que realmente se interessam pelo serviço, tendo melhores resultados de conversão ao impactar o público certo.

 

7 Dicas Para Melhorar a Estratégia de E-mail Marketing
Imagem de PublicDomainPictures por Pixabay

 

Tudo isso se deve ao avanço da tecnologia, que possibilita uma série de ações virtuais que são capazes de aperfeiçoar as ferramentas utilizadas para captação de leads, influenciando no sucesso das campanhas de e-mail marketing.

 

De fato, é inegável que o mundo virtual trouxe facilidades para a realização de negócios, de maneira que uma empresa que antes era limitada ao seu espaço físico pode, atualmente, alcançar pessoas em qualquer região do país.

 

Isso quer dizer que uma venda que dependia da presença do comprador no estabelecimento já não é mais limitada, sendo realizada integralmente de modo digital.

 

Nesse cenário, entra a importância do e-mail marketing, que quando é elaborado de maneira coerente e assertiva, é responsável pela conquista de resultados bastante positivos para uma empresa.

 

Se você ainda não utiliza o e-mail marketing, ou se já utilizou mas não teve um bom retorno e quer mudar essa situação, siga na leitura deste conteúdo e conheça dicas que vão melhorar a sua estratégia de uso dessa ferramenta valiosa do marketing digital.

 

1. Trabalhe Bem a Sua Própria Lista de Leads

Se uma empresa de entrega rápida moto quer ter maiores índices com o e-mail marketing, o primeiro ponto que deve ser trabalhado é a lista de leads que estão recebendo a mensagem.

 

Para isso, ela precisa investir em ações práticas, mas que farão toda a diferença dos resultados das suas campanhas, tais como:

  • Obter leads qualificados;
  • Remover contatos frios;
  • Segmentar leads conforme a estratégia;
  • Personalize o contato realizado.

 

O ponto mais importante de um trabalho de qualidade de e-mail marketing é obter leads qualificados. Isso quer dizer que a compra de uma lista pronta deve ser evitada, já que os contatos ali presentes podem não estar interessados no que a sua empresa oferece.

 

Para quem já possui uma base, é fundamental remover contatos frios, ou seja, aqueles que não abrem ou que se desinscreveram da sua lista.

 

Isso evita uma mensuração errada, uma vez que contabilizar o envio dessas mensagens para pessoas que não querem mais recebê-las pode fazer com que a sua métrica apresente dados equivocados ou desanimadores.

 

Também é importante segmentar os leads, de acordo com a etapa do funil de vendas em que cada potencial cliente se encontra.

 

Isso previne certo desconforto nos destinatários, assim como evita que eles queiram fazer o descadastro. Afinal, os pais que já matricularam seus filhos no jardim de infância 5 não vão querer mais receber lembretes sobre esse assunto.

 

Por fim, outro elemento interessante no trabalho de uma campanha de marketing é a personalização do conteúdo, de maneira que os clientes recebam mensagens identificando-os pelo nome e com conteúdos que possam ser interessantes para eles.

 

Dessa forma, a base de contatos do seu e-mail marketing é trabalhada de forma otimizada, podendo trazer melhores retornos.

 

2. Invista Em Um Título Atrativo

Uma oficina mecânica de caminhão que deseja ter melhores resultados com as suas campanhas de e-mail marketing deve investir em um ponto fundamental de qualquer mensagem enviada: o título.

 

É a escolha de um assunto simples e direto que faz com que o conteúdo seja aberto pelo destinatário, que ficará curioso para saber o que está sendo abordado naquela mensagem.

 

Para isso, uma sugestão valiosa é apostar em gatilhos mentais, que fazem com que o destinatário seja induzido a abrir o e-mail recebido.

 

Também é essencial ter cuidado com o tamanho do título, que não deve superar os 50 caracteres. Ao mesmo tempo, é preciso evitar termos como “promoção” ou “grátis”, que podem fazer com que a sua mensagem seja considerada spam.

 

Ao tomar esses cuidados, certamente a taxa de abertura do e-mail marketing será muito maior.

 

3. Apostar Em Um Design Bonito

Nada como abrir a mensagem de uma escola particular fundamental e visualizar um design bonito, atraente e bem planejado. Por isso, a apresentação do conteúdo enviado no e-mail é fundamental para melhorar a estratégia de e-mail marketing.

 

Não à toa, o design aplicado no e-mail pode fazer toda a diferença na leitura do material oferecido ali, permitindo que o leitor se interesse e tenha uma experiência agradável com a mensagem.

 

Por isso, garantir que a apresentação geral do e-mail seja desenhada de maneira harmoniosa, pode potencializar as campanhas de marketing de uma empresa.

 

4. Desenvolver Um Conteúdo Interessante e Objetivo

Quando um lead se inscreve para receber e-mail marketing de auto escola para aprender dirigir, ele espera receber mensagens relacionadas ao seu interesse, de forma que elas sejam úteis.

 

Assim, quando ele recebe um conteúdo oferecendo dicas de direção ou uma promoção para realizar o processo de habilitação, o conteúdo abordado ali será consumido com satisfação pelo lead, sendo um assunto que ele quer consumir.

 

Ao mesmo tempo, é essencial que haja objetividade na apresentação do tema, para que o tamanho da mensagem não seja um motivo para a desistência do leitor.

 

Sendo assim, investir no desenvolvimento de materiais que sejam interessantes e diretos é parte importante das melhorias que podem ser aplicadas no e-mail marketing de um estabelecimento.

 

5. Manter Uma Periodicidade de Envio Adequada

Um dos motivos pelos quais o e-mail marketing era visto como uma ação de marketing inconveniente era a quantidade de mensagens disparadas para uma lista, lotando a caixa de entrada dos leads de uma base.

 

Por isso, quando se deseja promover aulas práticas para habilitados, por exemplo, é importante encontrar a periodicidade adequada para o perfil dos clientes e da empresa, tornando, assim, a campanha mais assertiva.

 

Para produtos de consumo rápido, como é o caso dos alimentos, certamente a frequência de envio de mensagens pode ser mais curta do que a de itens de maior durabilidade, uma vez que uma ação de marketing no momento correto pode trazer bons resultados.

 

Nesse sentido, é fundamental avaliar as características de cada negócio em particular, para que se possa criar um calendário de envios adequado para o tipo de publicidade escolhida.

 

6. Construir Uma Relação Com os Contatos

Outro ponto que pode fazer diferença no e-mail marketing é a relação estabelecida entre a marca e o seu público, o que faz com que as pessoas queiram ler o conteúdo enviado pela empresa.

 

Isso quer dizer que uma escola particular tempo integral deve investir no contato com os pais dos seus alunos, para que qualquer conteúdo enviado em uma campanha desperte o interesse deles.

 

Estabelecer uma boa relação com os contatos é fundamental para que a companhia consiga tornar-se uma referência para o seu público, fazendo com que essas pessoas queiram acompanhar mais de perto todas as ações praticadas pela empresa.

 

Assim, quando um e-mail marketing é enviado, os leads desse estabelecimento estarão sempre dispostos a abrir a mensagem, querendo consumir o conteúdo apresentado ali por reconhecer a autoridade da marca no mercado.

 

7. Acompanhe as Métricas Dos E-mails Enviados

Para saber se os seus e-mails estão sendo abertos e aproveitados pela sua audiência, nada mais importante do que acompanhar as métricas de envio, entendendo se os conteúdos estão sendo agradáveis.

 

Algumas das possíveis métricas oferecidas por sistemas específicos de disparo de e-mail marketing incluem número de envio, taxa de abertura, taxa de cliques, etc.

 

Com esses dados, é possível saber se os destinatários estão aprovando as suas mensagens, se elas estão sendo suficientemente atrativas e despertando o interesse de compra e se os títulos estão atraindo a curiosidade dos leitores.

 

Considerações Finais

O e-mail marketing é uma ferramenta cada vez mais indispensável para as empresas, podendo trazer retornos interessantes quando o conteúdo é elaborado de forma assertiva e direcionada.

 

Por isso, nada mais essencial do que garantir que as mensagens enviadas sejam desenvolvidas com as características mencionadas neste artigo, que podem potencializar as campanhas de publicidade de uma marca.

 

Sendo assim, quem deseja otimizar o e-mail marketing precisa considerar aspectos como o título, o design, a periodicidade de envio e a qualidade do conteúdo, de modo que consiga alcançar os objetivos desejados com o envio dessas mensagens.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Por que o E-mail Marketing é Uma Estratégia Inevitável Atualmente?

Já não é segredo para ninguém o quanto a internet tornou-se indispensável, bem como a quantidade de novidades que ela pode trazer. O que nem todo mundo sabe é que algumas continuam fazendo muito sucesso, como o e-mail marketing.

 

De fato, muita gente ouve falar em novas estratégias e soluções incríveis, e começam a pensar que recursos que já estavam aí praticamente desde o surgimento do microcomputador e dos primeiros anos da internet se tornaram ultrapassadas.

 

Alguns veem os e-mails dessa forma, como se ele fossem algo “antigo” que já não surte o mesmo efeito. Contudo, isso é um grande erro, afinal, não é o tempo que a estratégia tem o que vai indicar sua eficiência, mas outros fatores bem diferentes.

 

Um deles é o alcance do recurso. Pare pra pensar: você conhece alguém que seja usuário de internet que não tenha um e-mail, às vezes mais de um? Nesse sentido, ele é quase como um documento de identidade para os internautas.

 

Por que o E-mail Marketing é Uma Estratégia Inevitável Atualmente?
Imagem de 200 Degrees por Pixabay

 

Basta isso para percebermos que tratá-lo como algo ultrapassado é um equívoco, já que boa parte do que as pessoas fazem, seja pessoalmente ou profissionalmente, possui pelo menos uma conta. Outro ponto é que alguns consideram o e-mail marketing algo intrusivo.

 

Afinal, são várias as empresas que disparam e-mails para todo tipo de gente, correndo o risco de caírem no spam ou mesmo serem bloqueadas pelos provedores, já que não usam critérios na hora de mandar mensagens e “atirar pra todo lado”.

 

Porém, isso também é uma visão limitada, já que hoje o e-mail marketing inclui todo um estudo de mercado, acompanhado de estratégias que impedem, na base, que uma pessoa desinteressada receba suas mensagens.

 

Por fim, também não podemos nos esquecer dos tablets e smartphones. A maioria deles já começa a experiência de navegação do dono do aparelho pelo e-mail, customizando todas suas preferências por meio deste endereço eletrônico.

 

Isso fez com que os e-mails acabassem sendo oxigenados e voltassem ao centro da questão. Tanto é assim que várias pesquisas demonstram sua importância, como uma feita recentemente pela Marketing Sherpa, uma das maiores empresas digitais da área.

 

Segundo os dados levantados, mais de 70% dos internautas e consumidores veem no correio eletrônico seu canal predileto para receber mensagens de empresas. Isso vale para primeiros contatos após inscrição em um formulário, como vale para newsletters e afins.

 

Então, se você quer compreender como chegar nesse nível em que os clientes desejam receber seu e-mail marketing, é só seguir adiante na leitura.

 

A Revolução da Internet e do E-mail

Não é possível falarmos de e-mail marketing sem nos lembrarmos do quanto a própria internet se tornou, ela mesma, imprescindível na relação entre as pessoas. É só compararmos o correio eletrônico com a carta física, seja a pessoal ou a profissional.

 

Um exemplo de “carta profissional” são as newsletters. Pouca gente se lembra, mas até a década de 1990, negócios como escola particular infantil creche mantinham um contato com os pais/clientes por meio de mídia impressa, despachada via Correios.

 

Hoje em dia há quem pense, erroneamente, que as newsletters são uma invenção do marketing digital, que só existem graças aos campos de formulário onde as pessoas deixam seus dados de contato para receberem as novidades que aquela marca possa trazer.

 

Os próprios catálogos e revistas impressas que algumas empresas ainda circulam podem ser considerados, dependendo do formato e da proposta, como uma newsletter. Seja como for, isso deixa bem claro que a internet mudou para sempre a comunicação.

 

O e-mail marketing entra nesse fenômeno. Na verdade, quando a gente pensa que ele pode soar um pouco invasivo (e se a empresa fizer errado, ele pode soar assim), a verdade é que ele é menos invasivo do que, por exemplo, ligações e mensagens.

 

Neste sentido, certamente se uma escola de aula de ballet criativa quiser fazer contato com seu banco de leads, dependendo da etapa em que eles se encontraram, será mais bem sucedida enviando e-mails do que recorrendo ao telefone.

 

Desse modo, conseguimos entender melhor em que sentido o e-mail marketing revolucionou não apenas a internet, mas a própria comunicação.

 

Afinal, o que conta é a expectativa do cliente e a sensibilidade que ele tem sobre como deve ser o diálogo entre as partes.

 

Provas de que o E-mail é Indispensável

Já mencionamos uma pesquisa sobre a quantidade de internautas que vêem no e-mail um canal ideal de contato. Outro argumento que demonstra como esse recurso é indispensável foi levantado por uma pesquisa da Statista, empresa digital conhecida no setor.

 

Segundo o levantamento, o mundo já está chegando ao número de cerca de 4 bilhões de contas de e-mail, e a tendência é aumentar. Você pode até pensar que alguns são profissionais, como quem trabalha com aluguel de ônibus para passeio escolar.

 

É verdade que talvez essa pessoa precise administrar o e-mail principal da empresa. Mas, pare para pensar: no fundo, mesmo nesse canal, você tem um meio de impacto de leads, que podem funcionar muito bem para levar novidades e lançar iscas comerciais.

 

Tanto é assim que a mesma pesquisa da Statista demonstra que mais de 90% das pessoas acessam sua caixa de entrada diariamente, algumas mais de uma vez por dia. Portanto, mesmo o e-mail profissional é interessante para quem pensa no marketing.

 

O que, aliás, já traz outra justificativa infalível, que é o do “marketing one to one” e da evolução pela qual a estratégia de e-mail passou nos últimos anos, tornando esse recurso muito mais eficiente.

 

Desde a criação dos primeiros e-mails gratuitos, em 1996, muita coisa mudou, sobretudo em termos de spam e de controle de fluxo.

 

Realmente, já não adianta disparar mensagens para uma “mala direta”, pois, como vimos, você pode ser penalizado.
Aí é que entra o elemento “one to one”, que é um marketing pensado quase que “um para um”. Para entender melhor, imagine, por exemplo, um serviço como borracha personalizada escolar, no qual o cliente define detalhes do produto que vai comprar.

 

Esse é o espírito, o da customização. Também assim, esse tipo de marketing é focado nas necessidades de cada cliente. Por isso tais e-mails não caem em spam, não tornam sua conta ineficiente e nem são invasivos.

 

Por Dentro do Marketing de Conteúdo

Além do alcance dos e-mails em termos de usuários no mundo todo, de acesso diário que eles fazem e até da preferência que têm por esse canal, existe um outro fator que não pode passar batido, e que já constitui uma dica de ouro sobre como fazer sua própria estratégia.

 

Trata-se do marketing de conteúdo. Uma auto escola para deficientes auditivos pode fazer toda uma campanha focada nessa estratégia, que consiste em entregar conteúdos gratuitos e de qualidade que agreguem valor aos leads da empresa.

 

Essa modalidade é famosa pelos blogs, mas também pode ser adaptada e praticada via e-mail. Assim, a empresa cria um vínculo muito maior entre as partes, aumenta sua autoridade perante o público e acelera as etapas do funil de vendas.

 

Portanto, a ideia de que os e-mails sirvam apenas para conteúdos promocionais é falsa.

 

Claro, você pode utilizá-lo para uma promoção arrasadora de aula funcional em dupla, vendendo essa aula pelo preço de uma, ou algo similar. Mas não se limite a isso.

 

Outra dica pertinente é manter uma frequência, de modo que seu público se acostume a esperar pelo disparo do seu conteúdo, seja ele diário ou semanal. Além de converter mais clientes, essa modalidade também tem uma fidelização/retenção bem maior.

 

Bônus: Como Criar Uma Lista de E-mails

Se você está começando a história da sua empresa, ou pelo mesmo a história digital dela, é possível que você não saiba como conseguir uma lista de e-mail.

 

Como ficou claro acima, disparar “para qualquer um” ou comprar um mailing genérico é o pior que se pode fazer. Imagine uma campanha de adição de categoria cnh vencida mandando e-mail para adolescentes que nem sequer dirigem, de que adiantaria?

 

Então, a primeira etapa de um bom planejamento, que foque não apenas no hoje mas também no médio e longo prazo, é não olhar só para o e-mail. Tenha uma visão abrangente e foque no multicanal, com estratégias como:

  • Blogs;
  • Vlogs;
  • E-books;
  • Infográficos;
  • Podcasts;
  • Redes sociais;
  • Quizzes.

 

Em cada uma dessas estratégias é possível você fazer um contato de qualidade com seu público e utilizar isso para captar leads e conseguir o endereço de e-mail das pessoas.

 

Graças ao blog, por exemplo, quando a pessoa buscar por aula de dança mais próxima nos motores de busca e encontrar seu artigo, isso vai gerar muito mais resultado do que se você não aparecesse ali.

 

O mesmo vale para as redes sociais e todas as demais estratégias. Marcando presença nestas plataformas, vai ser natural as pessoas deixarem os dados para contato, e então, você terá uma base cada vez maior para disparar e-mails.

 

Com isso, vemos como o e-mail marketing nunca deixou de ser importante para a publicidade de uma empresa, e como ele pode mudar seu comercial de patamar, trazendo resultados práticas e fortalecendo a autoridade da marca.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Quais Ações Você Pode Aderir Para Conseguir Uma Boa Lista de Leads?

Ter uma lista de leads é o desejo de muitas empresas, que encontram nesse recurso um meio de expandir o seu negócio e de conquistar novos negócios de maneira mais eficaz e direcionada.

 

Afinal, ter o contato de potenciais clientes que se interessam pelos produtos ou serviços oferecidos no seu estabelecimento é uma forma interessante de se relacionar com essas pessoas, além de conseguir que elas comprem com você ou contratem o seu negócio.

 

Durante muito tempo foi comum realizar a compra de listas de leads, que ofereciam uma série de e-mails ou telefones de pessoas captados por uma determinada empresa, como um modo de acelerar esse processo de recolhimento de dados.

 

Como não poderia deixar de ser, ações como essa são pouco eficazes para uma empresa, principalmente quando ambas as companhias atuam em segmentos diferentes.

 

Quais Ações Você Pode Aderir Para Conseguir Uma Boa Lista de Leads?
Imagem de Coffee Bean por Pixabay

 

Isso porque o lead de uma academia especializada em aula de fitdance para iniciantes pode não possuir o interesse de contratar serviços de contabilidade, por exemplo, o que faz com esse seja um dinheiro investido de maneira equivocada.

 

Nesse sentido, é fundamental que cada empresa invista em ações específicas para captar o contato de pessoas que realmente querem saber e adquirir o que o seu negócio disponibiliza, para que eles tragam resultados reais.

 

Para tanto, obter uma boa lista de leads implica colocar em prática essas ações, que vão ser fundamentais para o processo de coleta de contatos em diferentes canais.

 

Se você quer saber mais sobre o assunto, para que seja possível alcançar a lista de leads ideal para o seu negócio, siga na leitura deste conteúdo e entenda mais sobre o assunto.

 

O Que São e Qual a Importância Dos Leads?

Quem está em busca de atividades físicas para melhorar a aparência corporal ou algum problema de saúde, pode utilizar o Google para fazer uma pesquisa sobre o assunto.

 

Em meio a vários blogs e sites especializados no assunto, pode ser que o usuário encontre a página de um estúdio especializado em aula de pilates funcional, onde ele tem acesso a uma série de conteúdos que são esclarecedores e interessantes.

 

Antes de tomar a sua decisão sobre a matrícula nessa modalidade, essa pessoa pode desejar saber um pouco mais sobre o assunto e, por isso, utiliza um campo específico da página para deixar o seu contato e receber novos materiais e a newsletter do local.

 

Essa ação de se cadastrar no site faz com que o visitante se torne um lead, ou seja, um contato que poderá ser trabalhado de maneira especial para que chegue no momento de compra ideal e, enfim, feche um negócio com uma determinada empresa.

 

Por serem contatos com grande potencial de interesse, eles se tornam importantes para qualquer empresa, que deve saber como conduzir cada uma dessas pessoas para a realização de uma determinada ação, de acordo com o objetivo do estabelecimento.

 

Dessa forma, ter uma estratégia bem elaborada para a captação de leads é fundamental para o sucesso do negócio, de maneira que esse tipo de cuidado será responsável pela construção de uma boa lista, que trará retornos no curto, no médio e no longo prazo.

 

Ações Para Gerar Uma Boa Lista Leads

Depois de entender o que são os leads e qual é a sua importância para uma escola de recreação infantil, para um escritório de contabilidade ou para qualquer outro tipo de negócio, é interessante entender quais ações são indicadas para captação desses contatos.

 

Algumas das principais são:

  • Desenvolver um planejamento;
  • Gerenciar os contatos;
  • Validar os e-mails coletados;
  • Enviar campanhas;
  • Apostar em automação;
  • Acompanhar métricas.

A seguir, para que você entenda de maneira mais clara, explicaremos cada uma delas.

 

1. Desenvolver um Planejamento

Para captar leads não basta inserir um campo de cadastro no site e esperar que esses contatos cheguem em grande quantidade.

 

Pode ser que alguns deles até sejam coletados facilmente, mas é importante ter em mente que você precisa de um planejamento eficaz para captar leads.

 

Para tanto, pode ser interessante criar conteúdos extras, como e-books, que ajudam nessa tarefa, já que as pessoas se inscrevem para receber um material que é do interesse delas.

 

Além disso, se você utiliza as redes sociais para promover aula particular piano, uma dica é oferecer uma aula online grátis e pedir para que os interessados se inscrevam, sendo esse mais um meio de coletar e-mails.

 

2. Gerenciar Contatos

Uma lista de leads deve ser constantemente gerenciada, o que quer dizer que você deve se preocupar em mantê-la sempre saudável e com as pessoas que se interessam pelos seus conteúdos.

 

Sendo assim, é importante remover os leads que pediram o descadastramento, ou mesmo que indicaram que as suas mensagens eram spam, evitando que a sua lista se torne pouco produtiva.

 

Ao tomar esses cuidados, é possível ter a certeza de que ao oferecer um judogi adulto em uma determinada campanha de e-mail marketing, as pessoas que receberam o seu contato terão interesse em adquirir o seu produto.

 

3. Validar E-mails Coletados

Antes de inserir todos os e-mails coletados no seu site na lista de leads, é importante validá-los, sabendo se eles poderão ser utilizados na sua estratégia de comunicação.

 

Para isso, existem plataformas especializadas na internet que fazem a checagem do endereço virtual, indicando se a conta foi cancelada ou se o e-mail digitado está incorreto.

 

Dessa forma, evita-se criar uma lista extensa que não trará retornos e que pode gerar expectativas por ter grandes números, mas que podem estar inflacionados e oferecendo métricas falsas.

 

4. Enviar Campanhas

Uma boa lista de leads é aquela que é nutrida constantemente, seja para oferecer fardamento esportivo feminino ou para enviar um artigo recente do blog.

 

Essa estratégia é fundamental para deixar a lista sempre “quente”, ou seja, para que os contatos não fiquem sem receber atualizações periódicas da sua empresa, o que pode fazer com que eles percam o interesse nos seus produtos ou serviços.

 

Sendo assim, elaborar campanhas de e-mail marketing é importante, e saber variar no objetivo dessa publicidade é indispensável para que se obtenha sempre bons retornos com os contatos realizados.

 

5. Apostar em Automação

Uma auto escola para aprender dirigir que possua uma lista imensa de leads certamente identificou a necessidade de um software de automação, que possibilita um controle adequado dos contatos dos seus antigos, dos potenciais e dos atuais clientes.

 

Em um primeiro momento, pode ser interessante enviar contatos manualmente, mas com o crescimento da lista, essa tarefa se tornará exaustiva e pouco eficaz.

 

Nesse sentido, nada mais importante do que apostar na automação do e-mail marketing da sua empresa, sendo essa uma ferramenta que permite a criação de sublistas, o disparo automático e periódico, que são aspectos fundamentais para o trabalho da lista de leads.

 

Sendo assim, não deixe de buscar uma ferramenta eficiente de automação, garantindo que todos os seus contatos recebam as suas mensagens, de acordo com as suas estratégias de publicidade e de conquista de clientes.

 

6. Acompanhe as Métricas

Um sistema de automação de marketing não serve apenas para disparar e-mails para a sua lista, tendo ele funcionalidades indispensáveis para o sucesso de uma campanha.

 

Isso porque ele possibilita que o envio de uma mensagem para otimizar a venda de camiseta personalizada para eventos possa mostrar os resultados dessa ação em tempo real, ou seja, oferece a consulta dos dados relacionados ao envio do material.

 

Essas métricas são fundamentais, principalmente porque elas podem informar quantas pessoas receberam de fato o e-mail, quantas abriram o conteúdo, quantas ignoraram ou excluíram a mensagem, etc.

 

Dessa forma, torna-se indispensável ter uma ferramenta com esse tipo de recurso, para que os leads que não acessaram o conteúdo enviado possam ser removidos da lista, de maneira que se trabalhe sempre com os contatos devidamente interessados na empresa.

 

Considerações Finais

Manter uma lista de leads em boas condições de trabalho é fundamental, e para isso é indispensável ter uma boa estratégia desde o início do processo de captação.

 

Saber como e onde oferecer bons conteúdos, de maneira a conquistar a atenção dos potenciais clientes do seu negócio, é parte essencial do processo, garantindo que as pessoas que se inscrevam para receber novidades sejam leads “quentes” do seu negócio.

 

Dessa forma, é possível construir uma base de contatos produtiva, que traga retornos sempre que forem disparadas novas campanhas de e-mail marketing, com o objetivo de conquistar novos clientes e um faturamento interessante.

 

Ao se levar em conta essas ponderações, também é possível afirmar que uma boa lista de leads nunca será definitiva, ou seja, ela estará sempre em transformação, recebendo novos contatos e removendo aqueles que não fazem mais sentido na estratégia da empresa.

 

Por isso, saber como conquistar a fazer a manutenção da sua base de contatos é a chave para o sucesso dessa estratégia, garantindo que o seu estabelecimento possa ter o retorno desejado com ações de e-mail marketing.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

8 Dicas Para Melhorar o Seu E-mail Marketing

Entre as principais estratégias de marketing digital está o e-mail marketing, ferramenta essa de grande importância para o relacionamento com o público.

 

Na elaboração de campanhas de publicidade, ele se tornou parte essencial do processo, podendo ser uma estratégia de impacto no alcance de pessoas e de novos clientes.

 

Por ser um recurso de ampla utilização, ele é fundamental para diferentes tipos de ações, que vão desde alimentar os contatos com conteúdos interessantes até a possibilidade de vender mais.

 

Não à toa, uma empresa que oferece locação de espaço comercial pode encontrar no e-mail marketing um auxiliar que traz efeitos bastante positivos para as ações de divulgação, sejam elas institucionais ou comerciais.

 

8 Dicas Para Melhorar os Seus E-mails Marketings
Imagem de Mary Pahlke por Pixabay

 

Saber utilizá-lo com estratégia é essencial para o sucesso de uma campanha de e-mail, principalmente porque para que ele possa trazer efeitos é indispensável que os destinatários se interessem em abri-lo.

 

Nesse sentido, conhecer elementos que compõem um bom e-mail marketing é parte fundamental dessa atividade, garantindo que os resultados esperados com o envio das mensagens atinjam às expectativas.

 

Por isso, se você pensa em usar a estratégia ou se já utilizou algumas vezes mas não obteve os retornos desejados, siga na leitura deste conteúdo e saiba quais aspectos devem ser melhorados para alcançar a efetividade das ações de e-mail marketing do seu negócio.

 

A Importância de Coletar Leads Para a Sua Empresa

Antes de entender o que precisa ser feito para o disparo de um e-mail marketing eficiente, é preciso saber da importância de coletar leads específicos para a sua empresa.

 

Durante muito tempo, vários estabelecimentos que já tinham acumulado uma lista de contatos vendiam essa lista para outras companhias interessadas em agilizar sua captação de leads.

 

Como não poderia deixar de ser, o lead de uma gráfica que trabalhe com a produção de panfleto inauguração pode não ter interesse em adquirir um pacote de sessões de limpeza de pele oferecido por uma clínica estética, por exemplo.

 

Nesse caso, a compra da lista de leads se mostra ineficaz, tornando-se um investimento equivocado.

 

É por isso que a captação desses contatos precisa ser feita de modo personalizado, para que seja de fato assertiva.

 

Afinal, enviar e-mail marketing para uma lista de pessoas que possuem interesse real no que você vende é fundamental para que se tenha um retorno com essa ação.

 

Sendo assim, é preciso colocar em prática algumas formas de captação de leads, tais como:

  • Formulário de cadastro no site;
  • Pop-ups de captura;
  • Landing pages;
  • Cadastro nas redes sociais.

 

Dessa forma, é possível criar uma lista de leads quentes para as suas ações de marketing.

 

Dicas Para um E-mail Marketing de Sucesso

Se você ainda não sabe por onde começar o desenvolvimento de uma mensagem para atrair pessoas interessadas em adquirir os flyers academia que você vende, ou se acha que os e-mails do seu negócio precisam de melhorias, veja algumas dicas a seguir.

 

1. Deixe o Nome do Remetente Claro e Reconhecível

Quando você recebe diferentes e-mails na sua caixa de entrada, é comum que você busque abrir apenas os de remetentes conhecidos ou de fácil identificação, não é mesmo?

 

Seja para evitar uma possível infecção de vírus no seu dispositivo ou por não querer abrir uma mensagem de quem você não conhece, essa é uma prática comum dos destinatários.

 

Por isso, a primeira dica é verificar se o nome de remetente da sua companhia é claro o bastante para que os destinatários do e-mail marketing da sua empresa possam saber de quem receberam o conteúdo e ter o desejo de abrir a mensagem.

 

2. Use Títulos Interessantes

Depois do remetente, o segundo aspecto mais importante de qualquer e-mail marketing é o assunto, ou seja, o título da mensagem.

 

Nesse sentido, é possível dizer que um bom assunto deve ser elaborado de maneira curta, direta e atrativa, de forma que, ao ser visualizado, desperte a atenção do destinatário e faça com que ele queira ler o conteúdo.

 

Uma sugestão para quem elabora o e-mail marketing de um estúdio para ensaio, por exemplo, é considerar o tema abordado naquela mensagem e pensar em qual frase poderia resumir o assunto e fazer com que ele próprio abrisse o e-mail.

 

Por isso, é preciso ser criativo, ao mesmo tempo em que é necessário pensar como o público-alvo do seu estabelecimento.

 

3. Se Mantenha Disponível Para Receber Contatos

Pedir para que os seus contatos não respondam ao e-mail recebido pode se tornar um problema comum dessa ferramenta de relacionamento.

 

Afinal, pode ser que um destinatário tenha lido sobre a proposta de impressão digital a3 enviada pela sua empresa, mas ele gostaria de personalizar aquele serviço, de maneira que tirar uma dúvida sobre isso pode ser fundamental para o cliente naquele momento.

 

Para agilizar e facilitar o processo, ele pode precisar responder ao contato, e querer impedir que ele faça isso não é indicado em uma campanha de e-mail marketing. E-mails como “naoresponda@nomedaempresa.com.br” devem ser evitados nesse tipo de ação.

 

Sendo assim, apresente-se sempre disponível e não deixe de responder as mensagens recebidas o mais rápido possível, para que o momento de compra do seu cliente seja aproveitado com maior efetividade.

 

4. Tenha Uma Linguagem Visual Coerente

É preciso pensar de maneira especial na apresentação geral da mensagem que você vai enviar para os seus leads, garantindo que ela não fique tão séria apenas com texto ou que corra o risco de não carregar se for feita apenas com imagens.

 

Falar sobre um folder de viagem no e-mail marketing pode ser um exemplo disso.

 

Mostrar ilustrações do produto é essencial, mas também é preciso passar as especificações do material, para que o cliente consiga entender melhor o que você está vendendo.

 

Sendo assim, em vez de unificar todo o conteúdo em uma única imagem, o que pode deixar a mensagem com um carregamento lento, não deixe de elaborá-lo com um texto adequado e com fotos bem trabalhadas, garantindo uma mensagem interessante.

 

5. Cuide da Relevância da Mensagem

O e-mail marketing deve ser desenvolvido levando em consideração o que o seu público-alvo gostaria de saber, ou seja, o que o seu negócio pode oferecer e que pode ser relevante para os leitores.

 

Dessa forma, é fundamental que você elabore conteúdos de qualidade, que não precisam ser apenas comerciais.

 

Um exemplo disso é o de um estúdio de gravação que queira se tornar uma autoridade no seu segmento e que tenha como objetivo estreitar o relacionamento com o público.

 

Uma maneira interessante de fazer isso é criar um conteúdo dando dicas de produção musical gospel, para que esse material possa atrair leitores, fazer com que eles admirem o seu trabalho e trazê-los mais para perto do seu negócio.

 

Por isso, enviar mensagens relevantes é uma das maneiras mais diretas de melhorar o e-mail marketing da sua empresa.

 

6. Tenha Uma Frequência de Disparos Adequada

Quem tem uma caixa de entrada de e-mails sabe o quanto o excesso de mensagens de uma mesma empresa pode se tornar inconveniente, não é mesmo?

 

Não é a toa que um dos motivos pelos quais as pessoas se descadastram da lista de leads de uma companhia é justamente uma quantidade grande e inadequada de contatos em um determinado período.

 

Sendo assim, saber dosar o envio desses e-mails, levando em conta as características do seu público e o objetivo dessa campanha, é essencial para que a sua empresa não seja vista como desagradável e espante os leads.

 

7. Organize Diferentes Listas

A captação de leads para e-mail marketing não ocorre uma única vez, de modo que a lista de contatos passa por constantes atualizações.

 

Além disso, um destinatário que já se inscreveu na sua escola para fazer aula de sertanejo não deve continuar recebendo mensagens com novas ofertas desse tipo.

 

Por isso, saber organizar diferentes listas e usá-las de acordo com a sua estratégia é fundamental para melhorar o e-mail marketing da sua empresa, garantindo que cada contato receba o conteúdo adequado para o momento em que ele está.

 

8. Tenha um Bom Planejamento

Assim como em qualquer ação que será realizada por um estabelecimento, desenvolver o planejamento de e-mail marketing é importante para o sucesso do seu negócio.

 

Isso porque é essencial ter bem desenhado quais são as etapas que você vai percorrer para falar com o seu público, como conduzir ele pela jornada de compra e em qual momento é interessante enviar uma mensagem.

 

Dessa forma, é possível evitar problemas, assim como potencializar os resultados, de modo que esse trabalho seja realizado com maior assertividade.

 

Ao seguir as dicas abordadas neste conteúdo, certamente as suas campanhas de e-mail marketing serão aperfeiçoadas, garantindo retornos cada vez melhores para o seu negócio.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

E-mail Marketing: Como Ele Pode Impulsionar Suas Vendas?

Muito antes da popularização da transformação digital, o e-mail já era uma das ferramentas mais utilizadas no mundo inteiro.

 

Para você ter uma ideia, segundo uma pesquisa realizada pela Pew Research mostrou que 92% dos adultos presentes utilizam o e-mail, sendo que cerca de 61% deles o utilizam diariamente.

 

Ou seja, o e-mail pode ter uma alta relevância mesmo nos dias atuais. Afinal de contas, ele simplifica o processo de responder dúvidas e solucionar reclamações dos clientes.

 

Além disso, uma empresa de cilindro hidráulico também pode utilizar o e-mail para se relacionar, atrair tráfego para o seu blog, oferecer descontos, promoções, divulgar sua empresa e impulsionar um lead (potencial cliente) em sua jornada de compra, entre outros.

 

E-mail Marketing: Como Ele Pode Impulsionar Suas Vendas?
Imagem de Kevin Phillips por Pixabay

 

Por essa razão, cada vez mais empresas estão vendo o e-mail marketing como uma grande oportunidade. Ele se trata do envio de e-mails segmentados com a intenção de se relacionar e converter leads em clientes fidelizado.

 

Abaixo, você verá como o e-mail marketing pode ser a solução para alavancar as suas vendas e fazer com que você tenha sucesso. Quer saber mais sobre tudo isso? Então não deixe de nos acompanhar neste post! Vamos lá?

 

Foque na Dor do Seu Cliente

Se utilizado de maneira estratégica, o e-mail marketing pode gerar resultados altamente positivos. No entanto, para isso, é preciso ter um bom conhecimento do seu público-alvo, afinal, você estará direcionando e-mails justamente para essas pessoas.,

 

E para impulsionar as suas vendas, você não precisa ter o discurso mais vendedor do mundo. Mas sim, é extremamente importante saber quais são as principais dores dos seus clientes, para assim, oferecer soluções por meio dos seus produtos e serviços.

 

Caso contrário, você estará apenas ofertando seus produtos sem nenhum diferencial. Atente-se a sua persona e elabore um planejamento para atingir seu público com precisão.

 

Faça Testes

A elaboração de testes ao disparar e-mails pode fazer toda a diferença no sucesso da sua estratégia de e-mail marketing.

 

Isso, pois com testes, a empresa consegue saber qual é a melhor versão de uma mesma estratégia.

 

E um dos testes mais utilizados dentro do e-mail marketing é o teste A/B. Por sua vez, ele se trata da elaboração de duas versões diferentes de e-mails, com alterações em títulos, informações, estruturas, etc.

 

Se você elabora um e-mail de venda de etiqueta de segurança com duas versões diferentes, o formato que mais for aceito pelo público é a com mais chances de impulsionar as suas vendas e trazer resultados.

 

Tenha um Fluxo de E-mails

Por fim, ter um fluxo bem definido de e-mails é um ponto primordial e que realmente vai fazer valer a estratégia de e-mail marketing.

 

O fluxo de e-mails serve para atingir os leads com precisão, de acordo com a sua determinada jornada de compra.

 

Um lead que acabou de conhecer uma empresa de adesivos para parede, por exemplo, provavelmente não comprará o produto, sem antes, receber informações mais abrangentes sobre o produto e o segmento.

 

Por isso, o fluxo de e-mails deve seguir com base no funil de vendas, seja no topo, meio ou fundo dele.

 

Agora que você já sabe sobre como o e-mail marketing pode impulsionar as vendas do seu negócio, o que acha de aderir essa estratégia e se destacar? Gostou do post?

 

Esse artigo foi escrito por Rafaela Ricardo, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais.