Conheça 4 estratégias para construir uma lista de e-mails eficiente

Entrar em contato com os clientes é um processo muito comum em todas as empresas, principalmente, para tentar conquistar melhores resultados de engajamento. Uma das formas mais tradicionais de realizar essa ação é com uma lista de e-mails.

 

O e-mail ainda é uma das ferramentas mais importantes para a comunicação na internet, utilizando convites personalizados e outras ações interessantes para engajar o público.

 

Apesar do potencial das redes sociais e mensageiros instantâneos, o e-mail ainda tem muita funcionalidade, principalmente se você levar em conta ações profissionais.

 

Por ser um elemento mais perene, que fica na caixa de entrada enquanto é do desejo do usuário, é muito importante a utilização do e-mail no meio pessoal e corporativo.

 

Conheça 4 estratégias para construir uma lista de e-mails eficiente

 

Uma vez que é possível armazenar documentos e informações importantes por meio desta ferramenta.

 

Para o marketing, o e-mail pode ser uma excelente maneira de engajamento, como um folder de apresentação de sua empresa.

 

Principalmente, levando em conta que você pode criar um material muito mais personalizado e complexo e enviar por e-mail do que ações rápidas em outros formatos de comunicação digital.

 

Não existe uma fórmula para o marketing por lista de e-mails, ou para sua criação, entretanto.

 

Cada empresa tem que sentir e avaliar seu público e a funcionalidade das ações.

 

Embora existam muitas estratégias ditas milagrosas no mercado, a verdade é que você só saberá o funcionamento de sua lista de e-mails quando a colocar em prática.

 

Por isso, é importante entender sua funcionalidade e identificar as possibilidades que você tem para conseguir uma boa efetivação em suas listas de e-mails.

 

O primeiro elemento, e de maior destaque, é a utilização constante desse meio de comunicação.

 

Diariamente, bilhões de e-mails são enviados no mundo todo, o que indica o potencial de ação que essa ferramenta possui. Além disso, o e-mail é vinculado à “seriedade” ainda nos dias de hoje.

 

Embora um usuário possa ignorar ou deixar passar uma publicação em uma rede social, o e-mail acaba sendo mais levado a sério pelo teor profissional de utilizar esta ferramenta como forma de comunicação.

 

Por isso, usar o correio eletrônico como forma de estreitar o relacionamento entre consumidor e marca é uma excelente oportunidade.

 

Diferente de outras formas de comunicação, esta é muito mais direta, apresentando um bloco de pedido personalizado para pessoas que já demonstraram interesse no produto.

 

Pois, você se abre para um canal exclusivo de comunicação, onde o consumidor poderá enviar e-mails com dúvidas e questionamentos que serão apoiados no conhecimento de usuário que ele possui.

 

Dessa maneira, você consegue criar um ambiente mais empático entre o cliente e sua empresa.

 

Há um interesse real em conhecer mais do que você tem a oferecer, o que faz com que o cliente deseje fazer parte de sua lista de e-mails.

 

Para esse interesse continuar, entretanto, você deve manter uma frequência boa de e-mails com conteúdo útil e interessante, que prenda a atenção do consumidor e o deixe com vontade de ter mais daquele tipo de material de impressão banner.

 

Isso acaba atraindo-o para seus canais de comunicação, tornando-o mais interessado e possibilitando um trabalho maior no funil de vendas, o que garante que você conseguirá converter uma venda eventualmente.

 

A presença digital

Qualquer empresa que deseja se manter ativa no mercado atual precisa estar presente no mundo digital.

 

A participação em redes sociais, a criação de sites ou blogs é muito importante para que você tenha uma comunicação mais assertiva com seus consumidores.

 

Entretanto, existem vários detalhes que precisam ser escolhidos, como as redes sociais das quais você participará, o tipo de material sobre fachada para comércio que será compartilhado e os canais de comunicação que você pretende abordar.

 

Nesse aspecto, você pode ter um ótimo relacionamento com seus consumidores, uma vez que eles tenham seus contatos pelas redes sociais ou acessem constantemente seu site ou blog. Entretanto, isso não os torna contatos de sua empresa.

 

Para conseguir essa proximidade direta, você precisa de algo que chame a atenção do consumidor.

 

Muitas vezes isso é feito por meio de uma landing page, uma página estática de seu site que oferece algum benefício em troca do cadastro do cliente.

 

Esse benefício pode vir de diversas maneiras, como:

  • E-books;
  • Webinars;
  • Descontos e ofertas;

 

Independente do tipo de material que você escolha oferecer, este é o momento onde o cliente, interessado em adquirir o conteúdo, se torna um contato.

 

Isso porque ao fazer o cadastro ele colocará suas informações pessoais, incluindo o e-mail.

 

Ao entrar na lista de e-mails de sua empresa, ele inicia um processo de relacionamento que manterá sua empresa na cabeça dele, garantindo mais efetividade em suas estruturas de negócios de painel front light.

 

Estratégias para e-mails

Para conseguir criar uma lista de e-mails adequada, você precisa ter um norte.

 

Embora cada empresa tenha seus próprios resultados, e você deve identificar o que funciona melhor para sua companhia, é importante ter exemplos para criar.

 

Assim, você não entra cegamente nesse tipo de interação, conseguindo compreender os primeiros passos para conseguir uma conversão maior em sua empresa.

 

1.    Definição de objetivos

O primeiro passo que deve ser estruturado quando você opta por fazer uma lista de e-mails é entender o que você pretende fazer com ela.

 

A escolha de objetivos para a lista de e-mails é fundamental para você entender o tipo de conteúdo que será criado.

 

Você pode fazer uma lista de e-mails com o objetivo de agilizar a jornada de compras do cliente, por meio da apresentação de conteúdo para avançá-lo no funil de vendas.

 

Assim como, utilizar a lista como um meio de apresentar novidades de sua empresa, como a impressão digital camiseta.

 

Independente do tipo de ação que você deseje realizar com sua empresa, é importante que este objetivo esteja definido antes de os cadastros começarem, assim você saberá o tipo de conteúdo que estará planejado e que irá gerar resultados satisfatórios.

 

2.    Escolha as informações de cadastro

O formulário que ficará na landing page para que os usuários cadastrem-se em sua lista de e-mails precisam de algumas informações importantes para conseguir aproveitar melhor estes dados.

 

Embora o e-mail seja uma das poucas informações obrigatórias, você pode utilizar outros dados do formulário para consultas e para criar um banco de dados importante.

 

Essas informações pessoais de seus clientes permitem que você identifique padrões.

 

Com estes dados, é muito mais fácil identificar seu público-alvo, uma vez que você conseguirá ter dados relevantes de pessoas que estão se cadastrando em sua lista de e-mails, identificando melhor o segmento de público que você consegue acessar.

 

Além disso, quando você for criar uma persona para ajudá-lo em suas estratégias de marketing, essas informações podem servir como base para as escolhas de dados que serão utilizados na criação dessa figura fictícia, garantindo resultados mais satisfatórios.

 

Além disso, em alguns casos é importante você ter algumas informações do consumidor para saber se o conteúdo sobre caixa de papelão personalizada com logo está sendo adequado para ele.

 

Se há a necessidade de uma formação ou conhecimento específico para utilizar seu material, é importante que o consumidor esteja ciente disso e aceite esse elemento para conseguir aplicar melhor suas estratégias.

 

3.    Iscas digitais

Conforme mencionado anteriormente, a landing page deve oferecer algo para conseguir atrair o cliente e fazê-lo oferecer os dados do formulário.

 

Esse tipo de troca é fundamental para criar a base do relacionamento que você fará.

 

Para isso, é importante que o conteúdo seja de qualidade e que você apresente informações pautadas em estudo e informação relevante.

 

Se o cliente receber um material raso ou sem qualidade, a reação pode ser bastante negativa.

 

4.    Acompanhamento de dados

A lista de e-mails gera uma série de informações importantes para a empresa, e é preciso acompanhar esse processo de perto para identificar as qualidades e as informações recebidas.

 

Além disso, essas informações são um excelente indicativo de como estão suas ações de marketing, e qual o retorno que isso está gerando.

 

Ao ter acesso aos dados informados pelos clientes, o tipo de lead que é gerado de sua landing page e outras ações.

 

Portanto, você consegue entender melhor como está seu posicionamento de mercado e o que precisa ser feito para conseguir resultados ainda melhores.

 

Considerações finais

Sendo assim, as listas de e-mail são uma importante ferramenta para trabalhar com seus consumidores.

 

A proximidade e a personalização são elementos que fazem uma grande diferença na hora de trabalhar seu público, e isso deve ser refletido em suas ações enquanto empresa.

 

Para conseguir resultados efetivos, é importante ter em mente que as listas de e-mail são fruto de trabalho e esforço.

 

Embora existam opções de “atalhos” para conseguir resultados, eles normalmente não trarão os resultados adequados para sua empresa.

 

A melhor maneira ainda é apresentar seu conteúdo com qualidade e honestidade para os consumidores, fazendo-os se interessar pelo que você tem a oferecer.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

20 + 2 =