Conheça Formas Para Finalizar o Seu E-mail Marketing e Torná-lo Inesquecível

O e-mail marketing veio tomando espaço dentro do marketing digital ao longo dos últimos anos, tendo uma potencial importância para estratégias de relacionamento.

 

Sobretudo, aquelas que tem como principal razão acelerar ou viabilizar as vendas na empresa.

 

Esse formato de comunicação e canal está presente há décadas, utilizado sempre de uma maneira mais profissional e pessoal pelos detentores de caixas de entrada de e-mail.

 

Conheça Formas Para Finalizar o Seu E-mail Marketing e Torná-lo Inesquecível

 

Porém, em relação a seu uso dentro do marketing, podemos notar algumas diferenças que fundamentam esta como uma opção de comunicação comercial, tal como sua composição visual e textual, o que vai fazer toda a diferença nos resultados finais, como:

  • Vendas;
  • Valor;
  • Relevância;
  • Inscrições.

 

E é em meio a esse cenário que muitos profissionais acabam tendo dúvidas de como começar e fazer bem feito, principalmente na hora de finalizar bem um e-mail enviado.

 

Como forma de ajuda, no texto abaixo vamos entender de que maneira colocar isso em prática, começando pela base do que significa o e-mail marketing, suas composições clássicas e algumas dicas de como finalizar com exatidão.

 

O que é um e-mail marketing?

O e-mail marketing é uma ferramenta e canal de comunicação, baseado na conexão entre marcas e clientes a partir do envio de mensagens para endereços eletrônicos, algo considerado mais próximo e bem mais assertivo do que outras, como as redes sociais.

 

Uma das principais funcionalidades dentro do e-mail marketing são os fluxos, organizações de envios de e-mails baseados em ações feitas pelos próprios leads ou clientes.

 

Por exemplo, dentro do marketing de uma empresa de programa para gestão financeira a principal estratégia é fazer um trabalho com os leads já existentes, captados em ações anteriores nas redes sociais, sites, blogs ou landing pages da marca.

 

A partir disso, são pensadas as mensagens que devem chegar para todos os possíveis clientes, algo que deve ser trabalhado em um cronograma que pense nas diferentes ações que eles venham a ter em relação à comunicação que é feita.

 

Por exemplo, nem todos vão chegar a abrir o primeiro e-mail, ainda que alguns possam ir até os últimos comunicados e fechar um negócio com a empresa.

 

Por isso, o e-mail marketing se faz extremamente importante para a estratégia de conexão com o cliente.

 

Afinal, é a partir dessa programação que a empresa de automação empresarial consegue entender e criar maneiras de fortalecer uma ação.

 

O e-mail marketing traz muitos benefícios relacionados à própria proximidade que a marca acaba tendo com os clientes, principalmente, em relação às pessoas responsáveis pelas decisões na hora de fechar um serviço ou produto.

 

Afinal, o endereço eletrônico que entra dentro da lista de transmissão dos fluxos e estratégias de e-mail marketing tendem a ser mais pessoais.

 

Além disso, é bem comum que as pessoas tenham hábitos de abertura de e-mails, muito por ser um mecanismo considerado diário dentro do ambiente de trabalho em sala comercial coworking, mas sobretudo em meio às infinitas razões pessoais.

 

Portanto, o e-mail será com certeza mais visualizado, ainda que na caixa de entrada, do que uma postagem da empresa dentro de uma rede social, onde ela concorre com muitas outras, correndo o risco de nem ao menos aparecer para o público desejado.

 

De que forma ele deve ser estruturado?

Como dito acima, os e-mails enviados dentro das estratégias de marketing geralmente possuem um tipo de fluxo específico, onde a construção é feita a partir das possíveis interações feitas pelas pessoas interessadas ou não naquela comunicação.

 

Só dentro deste sentido podemos entender que as mensagens precisam ter uma definição inicial, por exemplo, de introdução do conteúdo para os interessados.

 

Para isso, é preciso que a empresa tenha em mente o cumprimento de seus objetivos.

 

No caso de um fluxo de e-mails voltados para uma promoção em uma loja de totens personalizados é preferível começar oferecendo a campanha como um todo.

 

A partir disso, todos os outros e-mails devem conter informações importantes sobre a compra, sobre o preço anterior e outras condições de parcelamento que venham a ser consideradas para que essa compra seja de fato finalizada.

 

Também é importante trabalhar, dentro de alguma parte desses fluxos, a própria urgência da compra em relação ao número de produtos que podem estar disponíveis.

 

Trabalhar esses gatilhos, que venham a impulsionar compras, sobretudo escolhas de consumo, faz parte essencial de todo o processo de comunicação por e-mail.

 

Agora, dentro de uma estratégia de conteúdo, por exemplo, onde o necessário é disponibilizar às pessoas da carteira de leads algumas publicações feitas no blog de uma empresa de avaliação patrimonial é importante trabalhar a facilidade.

Isso porque a pessoa que vai receber aquele e-mail deve ter a compreensão de que pode acessar os conteúdos por meio daquele e-mail, sem ter que utilizar outras ferramentas para isso, como ter que entrar direto por meio de uma rede social.

 

A comunicação visual e a própria organização das frases e links direcionadores dentro do e-mail também tem uma função essencial dentro da comunicação, para que ela seja de fato bem colocada para este público, geralmente importante.

 

As equipes de marketing que trabalham na construção de e-mails devem entender que esse é um tipo de contato mais direto, sem muitos escapes, onde o título do e-mail pode ter uma grande participação na hora de cativar as pessoas certas, bem como o conteúdo.

 

Isso reforça uma construção de e-mails sobre escritórios virtuais baseada em uma alta qualidade comunicacional e também de convencimento.

 

Afinal, para muitos negócios, essa pode ser a última oportunidade aparente de convencimento do cliente, transformando-se em uma possível venda.

 

Como terminar bem o e-mail enviado?

Da mesma forma que nem todas as empresas e equipes de comunicação que trabalham com e-mail tendem a ter dificuldades na hora da construção, podemos citar a dificuldade que é fechar essa estratégia da melhor forma possível.

 

Isso porque todo o processo e estrutura de composição do e-mail se faz essencial para que o cliente tão necessário seja incorporado à realidade da empresa.

 

Para que haja o máximo de exatidão dentro desse momento, é preciso guiar bem todas as ações do consumidor em uma empresa especializada em contabilidade.

 

Para isso, veja abaixo o que deve ser uma realidade no fim dos e-mails.

 

Chamadas para ação

As chamadas para ação, ou os conhecidos call to action, são frases que tendem a chamar o leitor para um tipo de atitude em relação à comunicação que foi feita, seja de uma compra, uma inscrição e até mesmo o consumo de um conteúdo dentro da internet.

 

Essa mensagem reforça toda a construção de contato que foi feita ao longo do texto, além de claro, trabalhar a condição de imperatividade e convencimento do leitor.

 

Links corretos

É essencial colocar dentro das comunicações em e-mail os links certos que precisam ser acessados pelos possíveis clientes de uma empresa, para que todo o processo que vai seguir ocorra sem nenhum tipo de surpresa ou até mesmo erro.

 

Por exemplo, se uma empresa está enviando um fluxo de e-mails voltados à promoção de Black Friday, é necessário que o link que vai até a loja esteja correto.

 

No caso contrário, a pessoa que está interagindo com o escritório compartilhado coworking pode acabar desistindo de qualquer ação, tendo em vista que dificilmente ela vai parar para procurar na internet o local certo.

 

Promoções e condições

Também se faz interessante mostrar algumas promoções e condições especiais que podem ser oferecidas para os clientes, principalmente, se isso envolver alguma data especial ou uma condição que a empresa precisa dar para renovar o seu estoque.

 

Sempre que uma comunicação ocorre com um potencial cliente, é necessário que a marca tenha algo para dar, oferecendo um interesse além da informação.

 

Nos casos onde isso não acontece, é bem mais difícil ter um bom resultado dessa estratégia.

 

Resolução do mistério

Não se esqueça nunca de que no final do fluxograma de e-mails o mistério deve ser sempre resolvido pela empresa, pois caso contrário o cliente pode passar a ter uma certa sensação de que toda a comunicação é irrelevante, e que os e-mails não oferecem nada de novo.

 

O ideal é que a resolução venha depois do primeiro ou segundo e-mail, sem se estender além disso, pois pode causar frustração que deve ser sempre evitada.

 

Considerações finais

Portanto, o e-mail marketing pode ser uma excelente ferramenta, sempre que utilizada de forma eficaz e com o máximo de considerações na hora de sua construção.

 

Afinal, toda essa organização reflete em bons resultados vindos por parte do cliente, garantindo o cumprimento de todas as necessidades da empresa.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

três × três =