Nutrição de Leads; Entenda o Quanto é Importante Para Conseguir Novas Vendas!

Hoje em dia, poucos elementos são tão importantes para o crescimento de uma empresa quanto o marketing digital. Dentro dessa estratégia, a captação e a nutrição de leads estão entre os esforços mais indispensáveis.

 

Tudo isso faz parte do marketing de conteúdo, que tem sido a grande aposta das principais marcas do mundo, justamente por representar uma das maiores tendências das novas gerações, que já estão entre os principais consumidores.

 

Trata-se da prospecção passiva, de tipo inbound marketing, que já não é pautada na comunicação explicitamente comercial com o cliente. Assim, se uma empresa lida com reformas de casas, ela pode abrir um blog com textos e vídeos explicativos.

 

Nutrição de Leads; Entenda o Quanto é Importante Para Conseguir Novas Vendas!

 

São esses materiais que vão atrair seus leads e as maiores oportunidades. Isso não quer dizer que o outbound não funcione mais, como a panfletagem, outdoors e anúncios em rádios. Qualquer um pode continuar fazendo, mas tem suas limitações.

 

De fato, o esforço principal do marketing e da publicidade sempre foi o de “estar onde os clientes estão”, e hoje certamente esse lugar é a internet. A prova disso são as redes sociais, os grandes motores de busca e as plataformas digitais como um todo.

 

Inclusive, para aparecer com destaque nos buscadores como o Google, Bing e Yahoo, é preciso criar conteúdo e otimizá-lo, como veremos adiante. Aí é que entra a nutrição de leads, como etapa fundamental no processo do marketing de conteúdo.

 

Por exemplo, depois de a empresa escrever artigos sobre reforma de fachada, ela vai conseguir captar leads de pessoas interessadas no assunto, mas isso é apenas o começo do trabalho, afinal, é preciso fazer com que eles continuem interessados.

 

Dito de outro modo, a nutrição começa a acontecer no momento em que a pessoa decide deixar seus dados para contato, seja o e-mail ou telefone. Também assim, não é possível compreender a estratégia sem dominar a noção de funil de vendas.

 

Por isso decidimos escrever este artigo, trazendo vários conceitos que são indispensáveis ao tema, e dicas práticas que ajudem a entender como é importante nutrir os leads para conseguir novas vendas por meio do marketing de conteúdo.

 

O mais bacana é que as estratégias servem para qualquer segmento ou nicho de mercado, seja uma loja virtual de roupas e calçados ou uma empresa de demolição de casas. Portanto, se você quer mudar seu negócio de patamar, basta seguir adiante na leitura.

 

Nutrição de Leads: Do Que Se Trata?

Como vimos, o marketing de conteúdo é baseado na geração de materiais originais e de qualidade, que agreguem valor ao público antes mesmo de ele decidir se tornar cliente. É o modo de criar uma conexão com as novas gerações.

 

De fato, como elas já nascem com acesso maior a computadores e celulares, elas têm um acesso muito maior à internet e à informação como um todo. Isso as torna mais exigentes também, então esse tipo de “troca” se torna fundamental.

 

Depois de compreender isso, o passo mais importante é dominar o funil de vendas, que nada mais é do que a jornada da compra pela qual o cliente passa, só que vista pela ótica da empresa, que deve traçar o funil estrategicamente.

 

Tradicionalmente, ele pode se compor dos seguintes estágios:

  • Geração de conteúdo;
  • Captação de leads;
  • Nutrição de leads;
  • Conversão em prospects;
  • Fechamento da venda;
  • Fidelização dos clientes.

 

A velocidade com que cada lead avança pode variar não apenas de acordo com a pessoa, mas também conforme o tipo de solução que a empresa presta.

 

Por exemplo, a compra de uma tinta epóxi para piso tende a ser mais demorada e demandar mais pontos de consideração, do que a compra de uma refeição que a pessoa faz na correria do dia a dia.

 

De qualquer modo, a nutrição é aquele estágio que se dá entre a captação do lead e a conversão dele em prospect. Ou seja, o momento em que ele se torna um ativo comercial, quando ele começa a ter dúvidas sobre preços, prazos e aspectos objetivos.

 

Todo o marketing de conteúdo gira em torno desse momento. Portanto, a nutrição de qualidade ou o conteúdo de qualidade são aqueles que conseguem fazer com que mais leads avancem pelo funil, com mais assertividade e eficiência.

 

Sobre a Qualificação do Banco de Leads

Até aqui pode parecer que tudo o que foi dito é abstrato demais. Alguns pensam mesmo “O que me garante que um dia o lead vai decidir comprar?”. Primeiramente, ele não decide sozinho, a marca é que precisa/pode levá-lo a isso.

 

Além do mais, há várias pesquisas que revelam não apenas o quanto a nutrição de leads pode funcionar, se for bem feita, mas detalhes de como costuma ser a dinâmica da relação de um negócio com seu banco de leads.

 

Por exemplo, atualmente já se sabe que apenas 50% dos leads de um negócio, seja uma indústria ou uma reforma de varandas, ainda não estão totalmente prontos para comprar. Os dados são da Hubspot, e revelam uma tendência universal.

 

No caso da reforma de varanda, por exemplo, é possível que a pessoa ainda tenha dúvidas sobre a eficiência do serviço, sobre a importância, sobre até onde a reforma pode ir e incomodar quem mora no apartamento, etc.

 

Ou ainda, talvez ela vá fazer para vender o imóvel, mas ainda não tem certeza se o valor investido vai valorizar o suficiente na hora da venda, ou se é melhor deixar como está. Basta isso para vermos que cada caso é um caso, e são infinitas as possibilidades.

 

Logo, entramos em outro ponto fundamental sobre a nutrição de leads: ela não se trata de um esforço passivo de ficar disparando conteúdo gratuito, mas de uma estratégia de venda, cuja alma consiste em quebrar objeções.

 

Ou seja, é preciso compreender a fundo as personas do público-alvo. Depois, é necessário começar a qualificar aquele lead e criar um histórico sobre ele, como modo de compreender quais são suas dores, e como atacar para transformá-lo em prospecto.

 

Também por isso a nutrição de leads é importante, porque se trata de um dos modos mais assertivos de impactar os perfis da sua persona do público.

 

Por Que Muitos Leads Não Evoluem?

Antigamente, definir a persona de uma marca era algo trabalhoso e que exigia investimentos, como compra de pesquisas e estudo analítico de censos do IBGE. Com a internet e as redes sociais, se tornou muito mais fácil entender a cabeça do cliente.

 

Isso tudo é muito importante pois, seguindo a pesquisa da Hubspot que mencionamos acima, podemos trazer outro dado indispensável: quase 80% dos leads que não convertem nunca receberam nenhuma nutrição.

 

Ou seja, se a empresa de manutenção predial quer ter mais clientes, é urgente que ela compreenda quais são as dores da sua persona, e que comece a criar conteúdos que dialoguem com isso, sejam textos, vídeos ou mesmo e-books.

 

Infelizmente, muitas empresas criam um formulário de newsletters no site, mas simplesmente não sabem o que fazer com os e-mails e celulares que são informados ali. Na verdade, o banco de leads deveria ser o verdadeiro tesouro de um negócio.

 

Como já referimos, há empresas que disparam e-mails, outras podem disparar SMS, ou mesmo fazerem ligações telefônicas, desde que respeitem o estágio em que o lead se encontra.

 

Seja como for, o fundamental, revelado pela pesquisa, é que haja uma nutrição de leads, assim como é indispensável que ela seja baseada em uma compreensão profunda acerca das dores do público. Sem isso, os leads não evoluem pelo funil.

 

As Vantagens Financeiras da Estratégia

Agora vamos trazer dados ainda mais interessantes sobre a pesquisa mencionada, os quais giram em torno de questões financeiras que corroboram as vantagens e os benefícios de uma empresa fazer a nutrição de leads.

 

O primeiro dado mais evidente é o de que as empresas que têm um funil de vendas funcionando e uma nutrição eficiente chegam a converter até 50% mais oportunidades do que outras. O mais interessante é que fazem com isso com 33% menos de custos.

 

Ou seja, se a empresa faz pintura de fachada, ao captar e nutrir leads ela pode conseguir mais clientes (e de modo mais em conta), do que a concorrência que não sabe aplicar o funil de vendas e o marketing de conteúdo em seus negócios.

 

Como se não bastasse, o ticket médio dessa clientela também tende a aumentar, e pode ser 47% maior. Isto é, o lead que foi nutrido entende melhor a solução prestada pela empresa, então tende a fazer uma compra maior e mais cara.

 

Considerações finais

Tudo o que foi dito acima deixou bastante claro como é importante dar atenção ao marketing de conteúdo, implementar um funil de vendas eficiente e nutrir os leads de maneira assertiva.

Também conseguimos provar a universalidade dessa estratégia (sobretudo após as pesquisas apresentadas), um ponto que citamos desde o começo.

 

De fato, seja uma empresa de pintura residencial ou qualquer outro negócio, as vantagens e benefícios não são poucos. Finalmente, se você aplicar as dicas dadas acima, poderá fazer parte desse grupo de marcas de sucesso.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Quais Ações Você Pode Aderir Para Conseguir Uma Boa Lista de Leads?

Ter uma lista de leads é o desejo de muitas empresas, que encontram nesse recurso um meio de expandir o seu negócio e de conquistar novos negócios de maneira mais eficaz e direcionada.

 

Afinal, ter o contato de potenciais clientes que se interessam pelos produtos ou serviços oferecidos no seu estabelecimento é uma forma interessante de se relacionar com essas pessoas, além de conseguir que elas comprem com você ou contratem o seu negócio.

 

Durante muito tempo foi comum realizar a compra de listas de leads, que ofereciam uma série de e-mails ou telefones de pessoas captados por uma determinada empresa, como um modo de acelerar esse processo de recolhimento de dados.

 

Como não poderia deixar de ser, ações como essa são pouco eficazes para uma empresa, principalmente quando ambas as companhias atuam em segmentos diferentes.

 

Quais Ações Você Pode Aderir Para Conseguir Uma Boa Lista de Leads?
Imagem de Coffee Bean por Pixabay

 

Isso porque o lead de uma academia especializada em aula de fitdance para iniciantes pode não possuir o interesse de contratar serviços de contabilidade, por exemplo, o que faz com esse seja um dinheiro investido de maneira equivocada.

 

Nesse sentido, é fundamental que cada empresa invista em ações específicas para captar o contato de pessoas que realmente querem saber e adquirir o que o seu negócio disponibiliza, para que eles tragam resultados reais.

 

Para tanto, obter uma boa lista de leads implica colocar em prática essas ações, que vão ser fundamentais para o processo de coleta de contatos em diferentes canais.

 

Se você quer saber mais sobre o assunto, para que seja possível alcançar a lista de leads ideal para o seu negócio, siga na leitura deste conteúdo e entenda mais sobre o assunto.

 

O Que São e Qual a Importância Dos Leads?

Quem está em busca de atividades físicas para melhorar a aparência corporal ou algum problema de saúde, pode utilizar o Google para fazer uma pesquisa sobre o assunto.

 

Em meio a vários blogs e sites especializados no assunto, pode ser que o usuário encontre a página de um estúdio especializado em aula de pilates funcional, onde ele tem acesso a uma série de conteúdos que são esclarecedores e interessantes.

 

Antes de tomar a sua decisão sobre a matrícula nessa modalidade, essa pessoa pode desejar saber um pouco mais sobre o assunto e, por isso, utiliza um campo específico da página para deixar o seu contato e receber novos materiais e a newsletter do local.

 

Essa ação de se cadastrar no site faz com que o visitante se torne um lead, ou seja, um contato que poderá ser trabalhado de maneira especial para que chegue no momento de compra ideal e, enfim, feche um negócio com uma determinada empresa.

 

Por serem contatos com grande potencial de interesse, eles se tornam importantes para qualquer empresa, que deve saber como conduzir cada uma dessas pessoas para a realização de uma determinada ação, de acordo com o objetivo do estabelecimento.

 

Dessa forma, ter uma estratégia bem elaborada para a captação de leads é fundamental para o sucesso do negócio, de maneira que esse tipo de cuidado será responsável pela construção de uma boa lista, que trará retornos no curto, no médio e no longo prazo.

 

Ações Para Gerar Uma Boa Lista Leads

Depois de entender o que são os leads e qual é a sua importância para uma escola de recreação infantil, para um escritório de contabilidade ou para qualquer outro tipo de negócio, é interessante entender quais ações são indicadas para captação desses contatos.

 

Algumas das principais são:

  • Desenvolver um planejamento;
  • Gerenciar os contatos;
  • Validar os e-mails coletados;
  • Enviar campanhas;
  • Apostar em automação;
  • Acompanhar métricas.

A seguir, para que você entenda de maneira mais clara, explicaremos cada uma delas.

 

1. Desenvolver um Planejamento

Para captar leads não basta inserir um campo de cadastro no site e esperar que esses contatos cheguem em grande quantidade.

 

Pode ser que alguns deles até sejam coletados facilmente, mas é importante ter em mente que você precisa de um planejamento eficaz para captar leads.

 

Para tanto, pode ser interessante criar conteúdos extras, como e-books, que ajudam nessa tarefa, já que as pessoas se inscrevem para receber um material que é do interesse delas.

 

Além disso, se você utiliza as redes sociais para promover aula particular piano, uma dica é oferecer uma aula online grátis e pedir para que os interessados se inscrevam, sendo esse mais um meio de coletar e-mails.

 

2. Gerenciar Contatos

Uma lista de leads deve ser constantemente gerenciada, o que quer dizer que você deve se preocupar em mantê-la sempre saudável e com as pessoas que se interessam pelos seus conteúdos.

 

Sendo assim, é importante remover os leads que pediram o descadastramento, ou mesmo que indicaram que as suas mensagens eram spam, evitando que a sua lista se torne pouco produtiva.

 

Ao tomar esses cuidados, é possível ter a certeza de que ao oferecer um judogi adulto em uma determinada campanha de e-mail marketing, as pessoas que receberam o seu contato terão interesse em adquirir o seu produto.

 

3. Validar E-mails Coletados

Antes de inserir todos os e-mails coletados no seu site na lista de leads, é importante validá-los, sabendo se eles poderão ser utilizados na sua estratégia de comunicação.

 

Para isso, existem plataformas especializadas na internet que fazem a checagem do endereço virtual, indicando se a conta foi cancelada ou se o e-mail digitado está incorreto.

 

Dessa forma, evita-se criar uma lista extensa que não trará retornos e que pode gerar expectativas por ter grandes números, mas que podem estar inflacionados e oferecendo métricas falsas.

 

4. Enviar Campanhas

Uma boa lista de leads é aquela que é nutrida constantemente, seja para oferecer fardamento esportivo feminino ou para enviar um artigo recente do blog.

 

Essa estratégia é fundamental para deixar a lista sempre “quente”, ou seja, para que os contatos não fiquem sem receber atualizações periódicas da sua empresa, o que pode fazer com que eles percam o interesse nos seus produtos ou serviços.

 

Sendo assim, elaborar campanhas de e-mail marketing é importante, e saber variar no objetivo dessa publicidade é indispensável para que se obtenha sempre bons retornos com os contatos realizados.

 

5. Apostar em Automação

Uma auto escola para aprender dirigir que possua uma lista imensa de leads certamente identificou a necessidade de um software de automação, que possibilita um controle adequado dos contatos dos seus antigos, dos potenciais e dos atuais clientes.

 

Em um primeiro momento, pode ser interessante enviar contatos manualmente, mas com o crescimento da lista, essa tarefa se tornará exaustiva e pouco eficaz.

 

Nesse sentido, nada mais importante do que apostar na automação do e-mail marketing da sua empresa, sendo essa uma ferramenta que permite a criação de sublistas, o disparo automático e periódico, que são aspectos fundamentais para o trabalho da lista de leads.

 

Sendo assim, não deixe de buscar uma ferramenta eficiente de automação, garantindo que todos os seus contatos recebam as suas mensagens, de acordo com as suas estratégias de publicidade e de conquista de clientes.

 

6. Acompanhe as Métricas

Um sistema de automação de marketing não serve apenas para disparar e-mails para a sua lista, tendo ele funcionalidades indispensáveis para o sucesso de uma campanha.

 

Isso porque ele possibilita que o envio de uma mensagem para otimizar a venda de camiseta personalizada para eventos possa mostrar os resultados dessa ação em tempo real, ou seja, oferece a consulta dos dados relacionados ao envio do material.

 

Essas métricas são fundamentais, principalmente porque elas podem informar quantas pessoas receberam de fato o e-mail, quantas abriram o conteúdo, quantas ignoraram ou excluíram a mensagem, etc.

 

Dessa forma, torna-se indispensável ter uma ferramenta com esse tipo de recurso, para que os leads que não acessaram o conteúdo enviado possam ser removidos da lista, de maneira que se trabalhe sempre com os contatos devidamente interessados na empresa.

 

Considerações Finais

Manter uma lista de leads em boas condições de trabalho é fundamental, e para isso é indispensável ter uma boa estratégia desde o início do processo de captação.

 

Saber como e onde oferecer bons conteúdos, de maneira a conquistar a atenção dos potenciais clientes do seu negócio, é parte essencial do processo, garantindo que as pessoas que se inscrevam para receber novidades sejam leads “quentes” do seu negócio.

 

Dessa forma, é possível construir uma base de contatos produtiva, que traga retornos sempre que forem disparadas novas campanhas de e-mail marketing, com o objetivo de conquistar novos clientes e um faturamento interessante.

 

Ao se levar em conta essas ponderações, também é possível afirmar que uma boa lista de leads nunca será definitiva, ou seja, ela estará sempre em transformação, recebendo novos contatos e removendo aqueles que não fazem mais sentido na estratégia da empresa.

 

Por isso, saber como conquistar a fazer a manutenção da sua base de contatos é a chave para o sucesso dessa estratégia, garantindo que o seu estabelecimento possa ter o retorno desejado com ações de e-mail marketing.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Saiba Como Usar o E-Mail Marketing Na Gestão De Relacionamento Com o Cliente

O E-Mail Marketing é uma estratégia excelente para o relacionamento com os clientes, independente do segmento de atuação ou do tamanho das empresas, principalmente quando utilizado adequadamente e com o auxílio de softwares de automação.

 

O envio de mensagens das marcas para os consumidores pelo e-mail já foi sinônimo de spam, já que antigamente as ações de comunicação eram mais intrusivas.

 

Hoje sabe-se que o e-mail marketing pode ser útil para estabelecer uma relação de confiança e proximidade com os clientes, entregando as mensagens certas, para as pessoas interessadas e nos momentos mais adequados para isso.

 

Saiba Como Usar o E-Mail Marketing Na Gestão De Relacionamento Com o Cliente

 

O E-mail é um canal de comunicação extremamente democrático, utilizado por pelo menos 92% dos adultos online, de acordo com pesquisas. Por isso, trata-se de um meio com ótimo potencial para ajudar os empreendimentos a crescerem no mercado. Ele possibilita aproximação com os consumidores e potenciais consumidores

 

O Que é E-Mail Marketing?

E-Mail Marketing é uma estratégia de Marketing Digital que estabelece a comunicação entre empresas e seus clientes ou clientes em potencial por e-mail.

 

As mensagens são enviadas de acordo com listas segmentadas, por meio de ferramentas de automação que facilitam o processo de personalização das mensagens. Alguns exemplos comuns de e-mail marketing são:

  • Divulgação de promoções e ofertas especiais;
  • Distribuição de conteúdos informativos, blog posts, e-books;
  • Confirmações de compras online;
  • Envio de newsletters mensais ou semanais.

 

O E-Mail Marketing já foi visto como uma versão digital das propagandas, geralmente enviadas por correspondência antes da popularização da internet. Na época, o e-mail era usado como um canal de comunicação em massa, e as mensagens enviadas quase nunca eram relevantes para os seus destinatários.

 

Por essa razão, o E-Mail Marketing já foi visto como uma forma de comunicação invasiva com os clientes. Entretanto, essas estratégias se mostram hoje uma forma eficiente de se comunicar com consumidores e estabelecer um relacionamento direto.

 

Por Que Utilizar o E-Mail Marketing?

A coleta de endereços de e-mail, planejamento de ações e disparo segmentado de mensagens são excelentes formas de estreitar o relacionamento com o público-alvo das empresas pelos seguintes motivos:

  • Grande alcance, em um canal que concentra ações online;
  • Alcance mais previsível, em comparação com redes sociais;
  • Formato flexível, que permite textos, imagens e até GIFs;
  • Possibilidade de alto retorno financeiro, com pouco investimento inicial.

 

Qual é o Papel Do E-Mail Marketing No Relacionamento Com Os Clientes?

O E-Mail Marketing vai muito além da simples divulgação de promoções e é bastante relevante para aproximar as empresas dos seus consumidores e potenciais consumidores.

 

Isso porque quando uma pessoa dá permissão para a empresa enviar e-mails para a sua caixa de entrada pessoal, significa também uma abertura para uma relação, com diálogo entre as partes. É como se a pessoa quisesse saber mais sobre a empresa.

 

Afinal, o e-mail é um canal de comunicação bastante pessoal, utilizada para o contato com familiares, amigos, além de ser uma ferramenta de trabalho e centralizar outros serviços online.

 

O E-Mail Marketing é uma estratégia que permite uma comunicação mais pessoal, com mais proximidade, e tem as seguintes funções:

  • Engajar potenciais clientes, com relacionamento constante, aumentando chances de compras;
  • Promover conteúdos do blog da empresa, aumentando acessos e visibilidade;
  • Nutrição e educação de leads (potenciais clientes) sobre o negócio;
  • Vender produtos ou serviços, divulgando promoções;
  • Manter contato em todas as etapas de relacionamento com os clientes;
  • Contribuir para a satisfação e experiência dos consumidores.

 

Que Tipos De E-mail As estratégias de E-Mail Marketing Precisam Conter?

O planejamento e execução de uma campanha de E-Mail Marketing de sucesso, que de fato desenvolva a gestão de relacionamento com os clientes, depende da compreensão sobre os principais tipos de e-mail que podem ser enviados pelas empresas, que podem ser de praticamente todos os setores de atuação. São eles:

 

Atualizações De Blog

Esse tipo de mensagem é enviada aos contatos informando a existência de novos conteúdos no blog ou site da empresa. É uma boa maneira de interagir mais com os leitores e conhecê-los melhor, usada bastante quando o contato acaba de se inscrever na lista de contatos do empreendimento.

 

Uma empresa especializada pode divulgar as postagens sobre forro de gesso acartonado, por exemplo, como uma forma de manter a lista ativa e o envio de e-mails frequente. Assim os interessados ficam informados sobre os conteúdos produzidos pela empresa, e aumentam as chances de eles realizarem compras ou contratações.

 

Newsletter

A Newsletter é bastante utilizada por E-Commerces (comércios eletrônicos) e blogs, com o envio de atualizações semanais ou mensais aos contatos. As mensagens costumam conter os principais posts dos blogs, além de notícias sobre a empresa e o mercado em que ela atua.

 

Para ser efetivo, o envio de Newsletter deve contar com uma identidade visual própria e conteúdos relevantes para as pessoas interessadas no contato com uma empresa que instala forro de PVC imitando madeira, por exemplo. Também é fundamental a inclusão de links para os leitores acessarem mais informações sobre os assuntos.

 

Convites Para Eventos

O E-Mail Marketing pode ser utilizado para a promoção de eventos que as empresas estejam organizando. Uma fabricante pode utilizam o E-Mail Marketing para a divulgação do lançamento de um novo modelo de secador de ar comprimido por refrigeração, por exemplo.

 

Nesses casos, é essencial que as empresas convençam os leitores da relevância dos eventos, apresentando os motivos para o comparecimento, que pode ser presencial ou online, com transmissões ao vivo.

 

Além disso, todas as informações relevantes necessárias devem estar incluídas, tanto para o comparecimento dos convidados (com data, hora, local, limite de participantes, e outras) quanto para promover o secador de ar comprimido.

 

E-mails De Nutrição De Leads

Ao monitorar as ações que a persona (personagem fictício que representa o perfil do comportamental do cliente ideal) realiza dentro do blog ou site, as empresas conseguem inseri-las em um fluxo de nutrição.

 

Isso se baseia no oferecimento de conteúdos relevantes e segmentados, que auxiliem o cliente a caminhar pelos estágios da jornada de compras, construindo uma posição clara sobre a importância dos investimentos no aluguel de tenda cristal 10×10 para eventos ao ar livre, por exemplo.

 

Ao identificar um grupo de contatos que se interessa pelo tema, a empresa consegue dar andamento no relacionamento de uma maneira mais direcionada, aumentando as probabilidades de que eles continuem em contato com a empresa.

 

Como Começar As Ações De E-Mail Marketing?

As empresas que estão começando a investir em ações de E-Mail Marketing para melhorar o relacionamento com os clientes precisam investir em uma ferramenta, um software que realize os disparos em massa.

 

Há uma ampla variedade de plataformas no mercado, desde as mais simples até as mais completas ferramentas de automação de E-Mail Marketing, mas quanto mais fácil e intuitiva foi a utilização, melhor para o desenvolvimento da estratégia.

 

A escolha do template ideal para as mensagens de uma empresa de locação de retroescavadeira, por exemplo, deve levar em consideração a importância do design responsivo (de fácil adaptação a qualquer resolução e tamanho de dispositivo), o uso de imagens e textos em harmonia e a simplicidade na disposição de conteúdos, visando deixá-los mais leves e fáceis de ler.

 

É de suma importância destacar que as empresas precisam construir uma lista de contatos própria, evitando o envio de mensagens em massa, o que pode resultar em penalização e até prejudicar a imagem da empresa.

 

Ao invés de contribuir para divulgar a disponibilidade de uma sala comercial compartilhada, por exemplo, quando compra uma lista de e-mails a empresa diminui a eficiência de suas estratégias.

 

Construir uma lista de e-mails de qualidade é fundamental. Para isso, uma ótima estratégia, e também uma das mais comuns, é incluir no blog da empresa um campo específico de cadastro para as pessoas interessadas em receber os conteúdos. Quanto mais simples for o processo de cadastro, menores as chances de o visitante desistir da assinatura.

 

Já com relação à segmentação dos contatos interessados em saber mais sobre para que serve um certificado de tacógrafo, para citar um exemplo de produto, pode ser feita de acordo com fatores como a localização, idade, ocupação, compras anteriores ou estágio na jornada de compra.

 

Por fim, para o sucesso das ações de E-Mail Marketing, com aproximação e melhoria no relacionamento entre empresas, consumidores e potenciais consumidores, é preciso conhecimentos técnicos e experiência na área.

 

Por isso é extremamente recomendável a contratação de uma equipe de marketing especializada, para o planejamento e execução das atividades garantindo mais qualidade e profissionalismo, que com certeza são percebidos pelo público.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Gerar Leads com o Lead Lovers

Se você deseja colocar seu projeto na internet e conquistar esse mercado cada vez maior, ou já é um empreendedor no universo digital e deseja alavancar seus negócios e gerar crescimento nas vendas online, então já está na hora de conhecer o Lead Lovers.

 

O Que é Lead?

Segundo alguns especialistas, o lead consiste em um usuário que adquiriu algo gratuito de você e por isso pode tornar-se um cliente de seu produto ou serviço. Para criar leads reais é preciso ter uma landing page bem feita ou seja, para atrair um usuário para uma página, você terá de convencê-lo de que ele precisa entrar em contato com você, e isso acontecendo, já será um bom caminho para aquela pessoa se tornar um consumidor agora ou no futuro.

 

 

Mas investir em um anúncio online às vezes não é o suficiente. Já parou para pensar por que a venda de um produto que você lançou não dá o resultado esperado. E quando um produto ou serviço que estava vendendo bem, de repente, diminui as vendas?

 

O que há de errado?

 

 

É muito comum os consumidores terem dúvidas em relação aos seus produtos ou sua marca, mas é possível romper as barreiras que estão impedindo as compras? Não basta somente fazer anúncios online, é importante manter um relacionamento com seus consumidores e potenciais clientes. É para isso que o Lead Lovers foi criado. Ele torna a sua relação com seu público alvo muito mais fácil.

 

>>> ACESSE O SITE OFICIAL LEAD LOVERS CLICANDO AQUI <<<

 

Por Que As Empresas Estão Oferecendo “Geração de Leads”?

Hoje, ao invés de se contratar uma empresa que faça algo para você, você a contrata para que ela lhe passe “leads”. Várias empresas dentro do Brasil e no exterior estão usando cada vez com mais frequência a venda de leads como um negócio. Em muitos casos é mais vantajoso tanto para a empresa quanto para o fornecedor pagar diretamente pelos clientes que você vai receber, em vez de apenas pagar para uma empresa que lhe ajude a atrair clientes. E por quê?

 

Justamente porque o fornecedor fica obrigado a prestar um bom serviço. Ele terá que usar tudo que aprendeu em marketing digital para poder criar leads qualificados onde o cliente se sinta seguro de que não está sendo lesado e de que está fazendo um ótimo negócio.

 

E você, já trabalha com leads ou já pensou em implementar algo assim no seu trabalho?

 

O Lead Lovers é uma plataforma “tudo em um” simples, que permite facilmente encontrar leads, obter o contato deles, conversar com eles, entregar conteúdo gratuito, converter oportunidades em vendas, receber o dinheiro e entrega de suas aulas, manuais, treinamentos, bônus, acompanhamento e tudo mais, de forma fácil e automática.

 

 

Como gerenciar tudo isso é meio complexo, ao invés de correr atrás de ferramentas para conseguir todas essas coisas (pois seria muito caro pagar por programadores ou designers), o Lead Lovers gerencia leads de vendas online com todas as ferramentas necessárias já integradas, reduzindo muito seu lead time e trazendo eficiência para seu projeto.

 

Quem Pode Usar? Para Quem o Lead Lovers Foi Feito?

O Lead Lovers é melhor utilizado por quem deseja gerenciar leads, relacionamento e vendas pela Internet. Serve para infoprodutores, professores, especialistas, sites de mídia, agências, sites de entretenimento, desenvolvedores de aplicativos, sites de e-commerce, sites de varejo e outros tipos de sites. Também é utilizado em sistemas e aplicativos que permitem que seu usuário faça login, cadastre-se ou se conecte com seu site, aplicativo celular, jogos e outros.

 

 

Com o Lead Lovers você tem muitas funcionalidades, sendo que a principal é gerar milhares de leads através de páginas de captura, anúncios e comentários em posts no facebook, caixa de entrada de determinados e-mails e vários outros veículos de mídia.

 

Além disso, você pode se relacionar com esses leads a partir do momento em que eles se transformam em clientes. O Lead Lovers mostra uma ferramenta para criar páginas na web, chamado de Builder (ou Construtor), que possui modelos prontos para clientes e é uma ferramenta intuitiva para criação rápida de páginas, além de salvamento automático e três opções de criação: Modelos prontos, Construtor e Editor Avançado. Também é possível importar sites inteiros via HTML (esse recurso é para níveis mais avançados de clientes, como web designers).

 

Gerenciamento Inteligente

O curso LeadLovers possui gatilhos inteligentes com funcionalidade para gestão e criação de ações automáticas nos funis e páginas a partir de tags ou automações forçadas e por meio da função de coleta de dados dos links mais clicados e alinhados ao Lead Score.

 

 

Para os que adquirirem o Lead Lovers, haverá também o EAD (área de membros), ferramenta usada em sua maioria por info-produtores que criam suas videoaulas e publicam com segurança dentro do Lead Lovers. O número de clientes (alunos) que o produtor pode armazenar é equivalente ao plano de leads contatado, por exemplo, se ele assina o plano profissional e tem direito a cinco mil leads, consequentemente, terá esse espaço para armazenar seus leads e clientes.

 

O Lead Lovers garante a entrega dos e-mails e notificações, e ensina as regras, configurações e autenticações para garantir para os usuários que você autoriza e certifica a origem das mensagens que assinou.

 

>>> ACESSE O SITE OFICIAL LEAD LOVERS CLICANDO AQUI <<<

 

Por Que Usar o Envio de E-mails e Notificações do Lead Lovers?

Porque tem um alcance absurdo, muito mais engajamento, leitura e cliques! E dentro do Facebook os usuários dão muita atenção às notificações, sendo um dos canais mais eficazes e capazes de atingir e envolver seus leads, pois são altamente responsivos! Você poderá comunicar notícias, eventos e ações que deseja que seus leads tomem; como escrever um comentário no seu post, ler um artigo, convidar seus amigos, fazer uma compra, etc. Quando você tem uma notificação relevante, a taxa média de cliques é três vezes maior que a de e-mails!

 

 

Criação De Páginas

Outras coisas que poderá fazer com o Lead Lovers é criar páginas. Com templates prontos e um editor simples você será capaz de criar squeeze pages, páginas de venda, página de hangout e páginas de recompensa. Você poderá acompanhar tudo em tempo real e ter dados suficientes e fáceis de entender.

 

A tarefa de melhorar seu funil de vendas nunca foi tão fácil! Você terá um relacionamento automático por e-mail. O contato entra através da sua Squeeze Page e segue o fluxo de recebimento de e-mails enquanto você só acompanha! Também terá máquinas prontas de produtos do Hotmart. Basta apertar o “play”, investir em propaganda e aguardar os e-mails de comissionamento chegar! Ainda poderá criar uma poderosa lista de leads, pois cada contato deixado na sua squeeze page irá para sua lista de leads, dando a você o poder dos grandes empreendedores! Você pode criar e disponibilizar sua máquina para que seus afiliados também a utilizem, aumentando ainda mais suas vendas!

 

Esses são alguns exemplos do que você irá encontrar no Lead Lovers, alcançando uma poderosa vantagem em relação a seus concorrentes e ajudando você a explodir em vendas!

 

Já está na hora de você arrebentar com o Lead Lovers Máquina de Vendas. Clique na imagem abaixo para ter acessar o site oficial da ferramenta e fazer a sua assinatura:

 

Vídeo Motivos Para Utilizar o Lead Lovers

 

 

Veja também Para Quem Serve o Leadlovers?

 

Saiba como conseguir uma lista de e-mails

Desde que a internet se tornou popular, o e-mail tem sido o meio de comunicação mais utilizado no mundo online.

 

Até com o surgimento de diversos mensageiros e das redes sociais, ao contrário do que muita gente imaginou, o e-mail continua sendo um dos veículos preferidos dos internautas. E isso é ainda mais verdadeiro se considerarmos o mundo corporativo.

 

Portanto, no post de hoje vamos ver como conseguir lista de e-mails para manter uma base de dados de seus leads. Confira!

 

Por que construir uma lista de e-mails

Se está tocando um empreendimento online ou físico — seja qual for o tipo — você precisa manter contato com seus leads. E, como praticamente todo mundo possui um endereço eletrônico, construir uma lista de e-mails é um dos procedimentos mais baratos e eficazes para se criar esse relacionamento.

 

Além de ter uma alta taxa de conversão, o e-mail também ajuda a criar monetização contínua, pois você pode utilizar sua lista para lançar e ofertar múltiplos produtos durante anos.

 

E isso vale tanto para gigantes corporações virtuais, como a Amazon, quanto para pequenos e iniciantes empreendedores — inclusive para quem trabalha como afiliado.

 

Mesmo se ainda não estiver vendendo algum produto, é fundamental começar agora a construir sua lista de e-mails. Se você possui um blog, por exemplo, pode notificar seus contatos toda vez que publicar um novo conteúdo.

 

A seguir, vamos mostrar como conseguir lista de e-mails de forma eficaz.

 

Como conseguir lista de e-mails

Existem algumas estratégias para construir sua lista de forma orgânica e gratuita. Na maioria das vezes, você captura o e-mail do seu contato por meio de uma landing page.

 

O segredo aqui é saber como conduzir o contato para essa página de captura e convencê-lo a deixar seu e-mail, transformando-se em m um lead. Vejamos como fazê-lo:

 

1. Construindo uma lista por e-mail

No geral, esta estratégia funciona para quem já possui uma lista e deseja ampliá-la, ou quem quer criar uma nova.

 

Um ponto importante: você precisa criar um conteúdo interessante e valioso, pois de nada adianta criar uma lista e não mantê-la aquecida.

 

Do contrário, se os seus leads não se sentirem interessados pelo seu conteúdo, eles vão se descadastrar da sua lista. Ou, ainda pior, alguns podem marcar você como spam — o que é péssimo para o seu impulsionamento rumo ao sucesso.

 

Além do conteúdo, instigue seus contatos a compartilhar seus e-mails com os contatos deles. Para isso, você pode colocar no corpo da mensagem, por exemplo, um botão “Envie para um amigo”, por meio de um código html.

 

Outra opção bacana é colocar botões para as suas mídias sociais dentro do e-mail. Assim, seu contato poderá curtir sua página no Facebook assim que receber um e-mail, por exemplo.

 

Com isso, um amigo dele verá que ele curtiu sua página e poderá se interessar também. E, dentro dela, encontrará um botão para assinar sua lista. Então, o ciclo se repete.

 

2. Criando conteúdo para capturar e-mails

Você criou uma landing page — e agora? Acha que as pessoas vão simplesmente colocar seu e-mail lá porque acharam o design da página bonito?

 

É necessário entregar algo em troca. E, de preferência, um conteúdo rico, algo que pareça muito valioso para custar somente um e-mail em troca.

 

Eis alguns exemplos de conteúdo que você pode oferecer em troca do e-mail do seu contato:

  • e-books, white papers, reports;
  • minicursos (que podem servir como introdução para outro curso mais completo, que você tentará vender posteriormente);
  • testes, trials, demonstrações (particularmente, se o seu produto for um novo software ou serviço online por meio de dashboards);
  • concursos e sorteios;
  • planilhas;
  • checklists;
  • guias;
  • kits;
  • podcasts;
  • vídeos;
  • apresentações em slide;
  • templates e modelos;
  • eventos, hangouts, aulas grátis ao vivo, webinários;
  • ferramentas e aplicativos gratuitos.

Enfim, a lista é imensa. Use a criatividade! Mas lembre-se sempre de entregar VALOR — é isso que manterá seus leads ativos e transformá-los em clientes.

 

3. Utilizando redes sociais

Redes sociais também proporcionam formas de atrair leads. Uma campanha do Twitter, por exemplo, pode ser eficaz para conduzir seguidores a uma landing page, em que possam colocar seu e-mail em troca de algum conteúdo valioso, como um e-book.

 

No Facebook, páginas possuem a opção de diversas chamadas, que também podem conduzir a landing pages para capturar e-mails. Sem contar que, nas próprias campanhas e anúncios pagos, você pode colocar botões para landing pages.

 

Outras mídias sociais, como o LinkedIn e o Pinterest, também oferecem opções para colocar links e botões para atrair leads. No YouTube, há a opção de colocar botão de chamada para ação e URLs diretamente nos vídeos.

 

Enfim, há muitas formas de conseguir listas de e-mails pelas redes sociais. As opções são variadas, e cada dia surgem mais novidades.

 

4. Capturando e-mails diretamente do site

No seu site, você pode colocar ofertas com link para captura de e-mail. Seja por meio de banners que conduzem a uma oferta específica, seja pela assinatura de uma newsletter, pela qual você começará um relacionamento de longo prazo com seu lead.

 

Também é fundamental ter um blog com conteúdo valioso que gere tráfego ao seu site. Assim, você terá oportunidade de linkar suas postagens a landing pages para capturar e-mails, ou incluir chamadas para ação induzindo o leitor a assinar a sua lista.

 

5. Conseguindo contato por meio de parcerias

Outra forma de conseguir lista de e-mails de forma orgânica e gratuita — ou, ao menos, barata — é por meio de parcerias.

 

Você pode, por exemplo, rodar uma promoção num site parceiro ou em newsletters que tenham um público-alvo próximo ao seu, para coletar seus e-mails de uma fonte já aquecida. Em troca, seu parceiro ganha mais divulgação e tráfego, já que vocês trabalharão em conjunto.

 

Ainda há a possibilidade de ofertar um produto em coautoria com um parceiro, seja um e-book, um webinário ou qualquer outro produto ou evento. Unindo forças, há grandes possibilidades de colher frutos grandiosos para ambos.

 

O que NÃO se deve fazer para conseguir listas de e-mails

 

Já ensinamos como conseguir lista de e-mails da forma correta. Agora, antes de encerrarmos nosso post, vejamos algumas práticas erradas que algumas pessoas adotam, e que você deve evitar.

 

1. Comprar listas de e-mails

De início, pode ser tentadora a oferta de comprar uma lista com dezenas ou centenas de milhares de e-mails por uma bagatela. Mas há dois motivos principais para não cair nesta tentação:

 

Segmentação

Considerando que sejam válidos — é grande a chance de estarem desatualizados — há ainda a questão de que tais e-mails podem pertencer a todo tipo de gente do mundo. Ou seja, é o caminho inverso do que se aconselha.

 

Na verdade, você deve procurar um público segmentado com grande chance de comprar suas ofertas. Vale infinitamente mais uma lista pequena com leads qualificados do que uma gigantesca com contatos inúteis, que jamais comprarão de você.

 

Voluntariedade

Ninguém gosta de receber spam. E, se você enviar mensagens para quem não se cadastrou voluntariamente em sua lista, isso significa fazer spam.

 

Por isso, comprar lista é a pior forma de construir um relacionamento com seus possíveis clientes. Você precisa persuadir a pessoa a deixar o e-mail para fazer parte da sua lista, seguindo as dicas que mostramos.

 

2. Usar e-mails aleatórios e pessoais

Achar e-mails perdidos pela internet, ou encontrados em algum site por aí, também é ruim, e pelo mesmo motivo anterior: não forma um público segmentado, tampouco que entrou na lista voluntariamente.

 

Outra ação pouco aconselhável — e que alguns ainda fazem, principalmente quando estão começando a construir suas listas — é usar seus contatos pessoais.

 

Você até pode apresentar seus produtos e serviços para amigos, colegas e parentes, mas não coloque os e-mails deles na sua lista por conta própria. Até porque, quase sempre, eles estarão lá para fazer número, mas não serão e-mails qualificados.

 

Enfim, a última dica, e provavelmente a mais valiosa: ame os seus leads! Afinal, são eles os responsáveis por alavancar o seu sucesso e lhe trazer dinheiro.

 

E aí, entendeu como conseguir lista de e-mails? Mais ainda: entendeu como mantê-la? Então, aproveite agora para assinar a nossa newsletter e não perca nenhuma de nossas próximas dicas!

 

Fonte: Blog Leadlovers