E-commerce e Redes Sociais; Entenda porque os dois precisam andar juntos para o negócio dar certo!

E-commerce e redes sociais são duas evoluções trazidas com a tecnologia que fazem parte do dia a dia de muitas pessoas, incentivando consumidores do mundo todo a conhecerem marcas e encontrarem os melhores produtos e serviços para suas rotinas.

 

A cada ano que passa a internet concentra grande parte dos nossos costumes e comportamentos diários, que vão desde a socialização entre amigos e até as compras habituais que fazemos para nossa casa, por motoboy para delivery.

 

Quanto mais a internet se torna acessível e próxima do dia a dia em empresas e até mesmo dentro de casa, mais pessoas se sentem mais à vontade para integrar esses meios, vivendo novos costumes que, ainda que sejam populares, muitas pessoas ainda estão de fora.

 

Essa popularidade foi comprovada por meio de pesquisas, em especial a análise feita pela Kepios, consultoria de marketing global, mostrando que mais de 450 milhões de pessoas começaram a usar as redes sociais em 2020.

 

E-commerce e Redes Sociais; Entenda porque os dois precisam andar juntos para o negócio dar certo!
Mulher foto criado por wayhomestudio – br.freepik.com

 

Em uma comparação com anos anteriores, em especial 2019, esse resultado mostrou um crescimento de mais de 12%.

 

Sendo assim, a pesquisa aponta que a cada segundo, cerca de 14 pessoas se tornaram usuárias de redes sociais, algo improvável em tempos passados.

 

A importância das redes sociais para e-commerce

Evidenciando que grande parte das pessoas estão fazendo tudo por meio da internet, fica fácil entender que as redes sociais, meios de comunicação entre as pessoas, se tornam grandes aliados de empresas que vendem por meio da web produtos, como judogi Adidas.

 

Em outras palavras, as mídias digitais de interação agregam grande significado para a potência das compras online, que apresentam números ainda maiores quando estão aliadas a conteúdos e divulgações por meio dessas plataformas de socialização.

 

Entenda abaixo alguns dos principais benefícios que as redes podem trazer para um e-commerce e entenda de uma vez o quanto é importante investir nesse tipo de relacionamento para que as vendas de uma empresa subam.

 

Aumento da popularidade

Imagine que uma empresa focada em produtos de creme para tirar manchas do rosto passa a produzir uma campanha nas redes sociais, focada na experiência de consumidoras que, à sua própria maneira e em seu próprio tempo, passaram a utilizar o produto da marca.

 

Além de ser uma forma divertida de interação, humanizando consumidores e mostrando para seguidores o quanto a empresa pode agregar valor para a vida de seus clientes, esse negócio passa a ficar cada vez mais popular, acelerando suas vendas ao máximo.

 

Dessa forma, entendemos que quanto maior for a divulgação online, aliada a conteúdos bem desenvolvidos, mais a popularidade de uma marca aumenta, induzindo uma grande quantidade de pessoas que acessam a plataforma para compras para:

  • Saber mais sobre novas marcas;
  • Comprar produtos desejados;
  • Conhecer novos serviços;
  • Entender a popularidade da empresa.

 

Essa é uma vantagem que acabou sendo ainda mais eficaz com as atualizações das ferramentas sociais, que potencializaram a experiência de usuário para pessoas que compram online, entrando por meio das redes na página de pagamento da compra.

 

Maior interesse de compra

As redes sociais demonstram uma forma de comportamento muito comum e bem quista por parte das empresas, que mexe com a forma como as pessoas desejam aquilo que é desejado, aliando o gosto pessoal com a popularidade online.

 

Uma marca focada em doces finos para festa começa a compartilhar em suas redes campanhas de promoções especiais para clientes de uma cidade, e muitos usuários logo passam a compartilhar a publicação, para que possam participar do concurso.

 

Quanto mais existe o interesse pela premiação, mais os clientes se interessam em ganhar a promoção, pois passam a imaginar o ganho daquele produto.

 

Ainda que não ganhem, é bem possível que depois da ação eles passem a ter mais interesse pela compra.

 

Essa situação, apesar de comum, nem sempre traz resultados tão positivos. Mas, é evidente que uma empresa, assim que passa a desenvolver uma maior movimentação nas redes, passa também a ser mais desejada, justamente porque passa a ser conhecida.

 

Por isso, as redes são tão aliadas de e-commerces, porque com comunicações certas, nas redes mais corretas, elas passam a trazer cada vez mais clientes para a companhia, atingindo público que antes poderiam ser inimagináveis.

 

Conexão em tempo real

Lojas que vendem online precisam sempre ter a atenção de pessoas que estão na internet, e trazê-las de certa forma para o canal oficial de venda, onde clientes poderão escolher seus produtos e até mesmo se interessar por novos.

 

Para que todo esse desejo e todo esse processo ocorra é preciso ter uma maior conexão com clientes por meio das redes, fazendo com que eles sejam atraídos a esse site e efetuem as compras. Para isso, conteúdos são as principais armas do negócio.

 

Uma loja que produz bolo de aniversário feminino, ao produzir conteúdos focados para mulheres em uma data especial, passam a transformar um desconhecimento da marca em uma excelente escolha de compra, algo que tem a ver com a comunicação no geral.

 

Assim, conseguem trazer clientes para o outro lado da internet, onde eles saem das redes sociais e clicam em links que os enviam direto para os sites de compra ou e-commerces dessas empresas, efetuando então uma compra com sucesso.

 

Facilidade de compra

As redes sociais são uma ótima maneira de indicar a facilidade de uma compra, por meio de conteúdos que deixem claro o quão rápido é pedir por um produto e tê-lo em casa, ainda que esse processo seja feito por meio de uma outra plataforma.

 

No geral, um e-commerce concede uma maior facilidade de compra, já que o cliente pode, de dentro de casa, no dispositivo que quiser, escolher aquilo que lhe agrada e comprar o que deseja com apenas alguns clicks, recebendo em casa em pouquíssimo tempo.

 

De uma forma ou de outras, por meio das mídias digitais, é possível implementar mais ideias para que os clientes entendam essa facilidade, ainda mais por meio de redes que facilitam a compra, como no caso do Instagram, ou no MarketPlace do Facebook.

 

Quanto mais a comunicação sobre a facilidade de uma ação de compra, mais será o interesse dos clientes, algo que deve ser loja de camiseta dry fit amarela.

 

Principais estratégias para e-commerce nas redes

São muitos os benefícios de utilizar as redes sociais para divulgar os produtos e serviços dentro de um e-commerce. Mas, talvez a parte mais fácil seja colocar em prática essa estratégia, de forma única e focada nos interesses de cada empresa.

 

Para isso, é essencial que as redes sociais sejam bem trabalhadas, focadas estritamente em conteúdos interessantes e bem divulgados.

 

Veja abaixo algumas questões essenciais dentro dessa estratégia e saiba como começá-las agora mesmo.

 

1. Promova o conteúdo de usuários

O que mais os usuários na internet querem é serem vistos, notados por marcas e empresas que eles acreditam, ou até mesmo aquelas que eles ainda não conhecem profundamente.

 

Por isso, sempre coloque-os em evidência dentro de suas comunicações.

 

2. Lance ofertas e descontos

Uma boa ideia de promoção nas redes, que faz com que exista uma forte migração para dentro de um e-commerce, são ofertas e novas oportunidades de compra com descontos, além de outras vantagens, como brindes e benefícios ao consumidor.

 

Por exemplo, é interessante que uma loja de artigos para bebês ofereça nas redes um desconto a ser creditado dentro do e-commerce, dando gratuitamente um cortador de unha bebê para os primeiros tantos usuários que comprarem na loja.

 

Quanto mais os clientes forem envolvidos com essas facilidades, mais eles terão um desejo de compra alertado, o que favorece as vendas dentro do seu negócio.

 

3. Foque em anunciar seus conteúdos

Uma grande oportunidade das mídias digitais é a facilidade e acessibilidade de empresas passarem a anunciar seus conteúdos voltados para compras em sites.

 

Se possível, escolha uma boa postagem nas redes e comece seus anúncios pelo preço desejado.

 

4. Participe da rede

Lojas populares são aquelas que saem da ideia tradicional de comunicação comercial e fazem mais do que podem, ouvindo o público e entregando algo que seja inovador e fora do comum dentro do mercado, como uma interação com lojas concorrentes.

 

Quanto maior e mais criativa for a estratégia utilizada pela empresa, mais em evidência ela ficará, aproveitando para promover o site de sua empresa, que pode ir desde uma marca de roupas até uma empresa focada em contrato de prestação de serviços motoboy.

 

Conclusão

As redes sociais são mais do que aliadas dos sites de venda na internet. Uma não existe sem a outra em um jogo comercial, e por isso devem ser pensadas estrategicamente juntas, considerando as melhores formas de humanizar o relacionamento com o cliente.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − dez =