SMS Marketing: Como usar mensagens de texto pode ser positivo?

Atualmente, o mundo corporativo e da publicidade verificam o crescimento de algumas estratégias que alguns achavam que já haviam morrido, é o caso do SMS Marketing, bem como do e-mail marketing e de outras similares.

 

No caso do SMS, que é o que focaremos aqui, o que se verifica é que as pessoas devem achar esse meio ou veículo de contato algo mais intimista.

 

SMS Marketing: Como usar mensagens de texto pode ser positivo?

 

Trata-se de uma frase que chega no celular da pessoa, e que ela tende a abrir com mais probabilidade.

 

Portanto, é bem diferente quando uma empresa ou fábrica de uniforme administrativo feminino faz um anúncio nos motores de busca, ou nas redes sociais.

 

Portanto, quando ela tem condições de disparar mensagens de texto para o smartphone de alguém.

 

Lembrando que para isso a marca precisa já ter tido algum contato com o cliente em potencial, cujo contato comercial nós chamamos de lead.

 

Sendo assim, a empresa precisa ter um banco de leads, com e-mail, número de telefone e outros dados das pessoas.

 

Além disso, para que a estratégia realmente funcione de modo marcante e diferenciado, é necessário tomar alguns cuidados, geralmente ligados ao funil de vendas. Como veremos, ele é formado por vários estágios ou níveis de evolução da comunicação.

 

Também é daqui que vem aquela dica universal de que nenhuma empresa deve comprar leads, pois ao fazer contato com essas pessoas a verdade é que elas acabariam estranhando esse processo e talvez isso deprecie o valor da marca.

 

Agora, se após fazer uma captação natural de leads uma empresa de bolsa personalizada para loja começa a disparar essas mensagens, o resultado se torna bem diferente. Como etapa do processo, ele tende a ser bem mais positivo e assertivo.

 

Isso tem se mostrado tão promissor, que decidimos elaborar este conteúdo exclusivo entrando em detalhes sobre como usar mensagens de texto em formato SMS de maneira realmente positiva e proveitosa para ambos os lados.

 

De fato, a empresa que entende que seu cliente em potencial também precisa ver valor em suas ações, atuando na lógica da troca de favores, acaba saindo na frente. Esse é o espírito do que hoje se chama inbound ou marketing de conteúdo.

 

Quer dizer, em vez de ficar falando apenas de produtos, preços, prazos e promoções arrasadoras, a marca gera conteúdos originais e gratuitos, como algo que agrega valor à vida do lead, até torná-lo um comprador satisfeito e fidelizado.

 

Inclusive, um aspecto interessante disso tudo é que hoje essas estratégias funcionam para qualquer tipo de empresa, sem discriminação.

 

Seja para quem vende placas pesonalizadas no varejo ou para quem lida com serviços nichados e industriais.

 

Além de demonstrar aqui como essa estratégia de SMS pode ser positiva, traremos também os fundamentos do SMS marketing, com vários exemplos práticos que ajudam qualquer um a compreender melhor o recurso e poder colocá-lo em prática.

 

De tal modo que, se o seu interesse enquanto leitor é realmente mergulhar de cabeça em uma estratégia relativamente simples, que pode mudar a história da sua empresa e a eficiência comercial dela, então basta seguir adiante até a última linha deste texto.

 

O que é SMS marketing, afinal?

Sigla para Short Message Service, ou seja, Serviço de Mensagem Curta), essa modalidade ou veículo de comunicação consiste no disparo de frases curtas e extremamente eficientes em termos de interatividade e receptividade.

 

Dados de uma pesquisa recente operada pela Ebit/Nielsen, que é uma referência na área, revelaram alguns resultados surpreendentes. O primeiro é que a taxa de abertura desse tipo de mensagem é de nada menos que 98%.

 

Outro exemplo é o fato de que a maioria dessas mensagens é lida em cerca de três minutos.

 

Agora, tente comparar isso com qualquer outra modalidade de marketing, como o próprio e-mail marketing, ou mesmo as estratégias mais pulverizadas.

 

Lembrando que fazer anúncios em uma plataforma digital ou mesmo distribuir panfletos são coisas que precisam de muito mais investimento e muito mais esforço para conseguirem, quem sabe, metade desses resultados, sobretudo em termos de leitura efetiva.

 

Portanto, quando uma assistência de bairro que lida com manutenção de notebooks recorre a SMS, seja para vender algo ou para comunicar determinada promoção em seus serviços, ela já pode esperar um poder de impacto muito maior.

 

É claro que isso também não chega a ser a garantia de uma venda ou do fechamento de um contrato, pois até aqui só falamos sobre o SMS enquanto veículo de mídia.

 

Depois, é preciso compreender que há maneiras e maneiras de colocá-lo em prática.

 

De fato, vários fatores podem influenciar na assertividade ou eficiência do SMS disparado, tornando ele mais positivo ou menos positivo.

 

As principais são as seguintes:

  • O tamanho da mensagem;
  • Os gatilhos mentais utilizados;
  • O horário do disparo do SMS;
  • Os contatos anteriores feitos;
  • As vantagens apresentadas;
  • A clareza e concisão do SMS;
  • Se você usou uma lista quente.

 

Enfim, são vários fatores que vão desde estratégias de marketing, branding ou publicidade, até bom senso e o famoso “feeling” que toda marca deve ter em relação ao seu público-alvo, seja ele voltado para indústrias ou para capa para sofá em L.

 

Esse feeling é um sentimento profundo sobre o que seu público deseja obter, como modo de oferecer aquilo que ele mais precisa como se fosse pura coincidência, quando na verdade você fez estudos de mercado e de comportamento para chegar a isso.

 

A questão da lista quente, por exemplo, consiste em nunca disparar SMS para uma pessoa que nem sequer sabe quem é você ou o que sua empresa faz.

 

Você pode lidar com essas pessoas também, mas com o adendo de que é preciso utilizar outras estratégias, mais ligadas ao topo do funil de vendas, até que elas amadureçam e avancem nas etapas de educação dos contatos.

 

Sobre o custo-benefício

Quem já fez outros tipos de anúncios sabe como pode ser caro investir em mídias digitais e precisar pagar aos veículos de comunicação para marcar presença neles.

 

Agora imagine que o disparo de SMS é algo que se limita exclusivamente aos esforços de sua empresa, podendo ser operado sem precisar pagar nada a terceiros.

 

Lembrando que existe uma questão operacional, mas ela é bem reduzida. Por exemplo, a própria relação com a operadora de celular, que costuma cobrar alguns centavos para fazer a distribuição dessas mensagens.

 

Também é de bom tom que uma empresa de confecção de roupas femininas pague uma plataforma de automatização e disparo de SMS, o que torna o serviço muito mais rápido, assertivo e eficiente para ambos os lados.

 

Mas, perceba que esses são gastos operacionais, que fazem parte de qualquer movimentação empresarial, e não valores excessivos atrelados à supervalorização de um veículo de mídia.

 

Por isso, o custo-benefício do SMS é tão positivo, tornando o esforço pequeno e barato se comparado com o alto impacto de atingir centenas ou mesmo milhares de pessoas.

 

A assertividade do recurso

Explicando um pouco melhor o que é a assertividade, percebemos o quanto o SMS marketing pode ser positivo para as marcas que querem lidar com as novas gerações.

 

O que ocorre é que essas pessoas têm um perfil bem diferenciado e difícil de lidar. São pessoas nascidas dos idos de 1980 e 2000 para cá, também chamadas de Gerações Y e Z.

 

Um dos seus traços mais marcantes é que elas já nascem com computadores, celulares e internet ao alcance, mudando totalmente seu perfil de compra e negociação.

 

Assim, quando uma firma de limpeza de couro branco usa esse recurso, ela está tocando em pontos muito valiosos para esse perfil de comprador.

 

Por exemplo, o da customização, que consiste em fazer um contato customizado e que leve em conta os interesses específicos de cada um, como algo intimista e não pulverizado.

 

Aceleração do pipeline

Já falamos de passagem sobre o funil de vendas (também chamado pipeline), mas é preciso aprofundar e contextualizar melhor essa dimensão do envio de SMS enquanto estratégia de marketing.

 

O fato é que esse é um dos maiores fatores que tornam essas mensagens de texto tão positivas, porque o pipeline acaba sendo acelerado.

 

Em vez de precisar ficar um bom tempo no topo do funil, tentando puxar o lead para estágios de educação sobre a solução oferecida, uma empresa de painéis fotográficos pode começar logo a abordagem de prospecção e gerar valor mais rápido.

 

Além disso, o SMS é perfeitamente conciliável com outros tipos de conteúdos. Por exemplo, o disparo da mensagem pode apenas alertar para o fato de que você acabou de subir um vídeo nas redes sociais, ou um e-book no seu blog.

 

Assim, a mensagem serve apenas como gancho para aumentar a conversão de outros tipos de conteúdos que talvez não recebessem tanto tráfego se não fosse isso.

 

Considerações finais

Portanto, no último ano o marketing evoluiu tanto, que alguns pensam que ele só faz sentido quando atrelado a grandes estratégias caras, ou de inteligência artificial.

 

No fundo, recursos como o SMS continuam sendo extremamente positivos. Com as dicas e informações trazidas acima isso fica claro, junto dando um passo a passo de como aplicá-lo.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 7 =