Dicas para vender aulas e cursos online

Atualmente, é comum ouvir que a Internet, e sua expansão, foi capaz de democratizar o conhecimento. Boa parte dessa democratização surge junto com o crescimento do mercado de cursos online, e esse é um dos nichos mais lucrativos e uma tendência para o futuro.

 

Os cursos virtuais são um dos nichos da economia digital que mais crescem nos dias de hoje, e esse sucesso se dá graças a facilidade de geração de conteúdo junto com a conjuntura global e a demanda por conteúdo disponível na Internet.

 

Esses cursos se estendem pelos mais diversos temas, artes, formação profissional, marketing digital e até cursos sobre como produzir e vendê-los são disponibilizados em grandes plataformas do nicho ou disponibilizados em perfis de redes sociais.

 

Toda essa demanda foi atendida de forma rápida, criando um mercado de grande abrangência, diferente de ramos como venda de espuma de poliuretano para isolamento acústico e extremamente competitivo, mas com muito espaço para continuar crescendo.

 

Dicas para vender aulas e cursos online

 

Criar um curso é bastante simples e existem cada vez mais plataformas que ajudam a gerenciar os seus produtos de conhecimento. O grande desafio nesse segmento, então, é planejar o marketing desse tipo de produto para vender mais e se posicionar no mercado.

 

As aulas e cursos disponibilizados através de vídeos e conteúdos online estão inseridos em um dos mercados mais aquecidos do meio digital que é o de infoprodutos, ou seja, produtos que ensinam, entretêm ou educam seus consumidores.

 

Por mais que a origem desse negócio esteja muito relacionada ao mercado B2B, já que são os usuários que compram tais cursos, cada vez mais empresas realizam o treinamento e a capacitação da sua equipe por meio de infoprodutos.

 

Com o mercado amadurecendo, surgem novas técnicas e maneiras de se destacar em meio aos outros cursos e gerar mais resultados. Além de que estratégias de marketing e do formato do próprio curso são utilizados para aumentar os resultados.

 

Entendendo o fenômeno dos cursos online

O modelo de cursos online é extremamente democrático. Atualmente, ele pode ser utilizado tanto para aprender um novo talento ou até para o desenvolvimento profissional. Grandes empresas investem nesse mercado e pequenos criadores também geram resultados.

 

O desempenho de um curso online vai depender muito da forma como ele é apresentado e das estratégias utilizadas para vender mais. Uma das questões mais relevantes é a capacidade de demonstrar o valor do seu produto em conhecimento e credibilidade.

 

Os cursos, em geral, não possuem um peso específico, mas podem ser usados de diversas maneiras para oferecer o conteúdo para o maior número de pessoas.

 

Apesar de não servir como uma autoescola, é possível oferecer conteúdos sobre adição de categoria CNH vencida.

 

Os formatos são bem diferentes, vão desde cursos mais tradicionais até tutoriais e diferentes tipos de materiais para estudos disponibilizados pelos meios digitais. Esse mesmo conteúdo, muitas vezes, pode ser encontrado de forma gratuita.

 

Por isso, se um criador de cursos quer vender e monetizar o seu trabalho, é preciso ir além e oferecer algo de valor que as outras pessoas identifiquem e demandem, além de não ser possível de ser encontrado nos meios gratuitos.

 

A partir do momento que o conhecimento é disponibilizado por meio de ferramentas digitais, o professor e o gestor do curso tem uma série de adaptações para serem feitas e assim oferecer o melhor conteúdo.

 

Para isso, um curso de CNH especial para moto pode ter um excelente conteúdo e uma boa dinâmica de aula, considerando que uma plataforma pesada e lenta pode prejudicar toda a experiência do usuário e aluno.

 

A precificação dos cursos online também é um ponto que deve ser estudado. As estratégias podem ser aulas simples de fácil acesso para vender para muitas pessoas ou consultorias mais refinadas para um público menor e mais caro.

 

Como disponibilizar conhecimento pela Internet

Assim como a maioria dos projetos e empreendimentos nascidos dentro dos meios digitais, pode até parecer uma receita fácil e simples de ser aplicada, mas os cursos online dependem de uma série de estratégias e ações para serem bem distribuídos.

 

Um dos primeiros passos é que é preciso desenvolver um modelo desse curso, não só como conteúdo, mas como uma empresa em si que cria um curso sobre tirar CNH D, por exemplo.

 

Para definir algumas questões fundamentais, é preciso entender e definir as características básicas desse projeto, pois quanto melhor elas estiverem descritas, mais facilmente elas serão apresentadas aos consumidores, aumentando o número de vendas. Algumas são:

  • Qual a proposta de valor que seu curso oferece;
  • Quem é o público interessado nesse curso;
  • Em quais formatos esse curso vai se basear;
  • Quais ou qual plataforma será hospedada esse curso.

 

É a partir desse ponto que o gestor do curso, seja ele um dos funcionários de uma empresa ou o próprio professor empreendedor, tem a base fundamental para prosseguir com o resto do desenvolvimento da ideia, em especial na área do marketing.

 

Um curso de piano de cauda inteira demanda uma atenção e uma estratégia diferente de um curso sobre alimentação cetogênica para ser vendido, por isso, cada detalhe do conteúdo interfere na definição do público ideal e nas melhores práticas de divulgação.

 

Como o ambiente digital e as plataformas tendem a ser muito dinâmicas, todas as decisões estão sujeitas a teste, ou seja, é possível investir em redes sociais oferecendo pílulas curtas do seu conteúdo para assim atrair mais alunos.

 

No fim, quando o produto já está pronto para ser transmitido aos alunos e os canais de aquisição de clientes prontos para gerar resultados, é preciso acertar na precificação.

 

Esse valor depende do trabalho agregado ao curso, da qualificação e do notório saber do profissional.

 

Dicas para quem quer vender cursos

Desenvolver o conteúdo e publicar são os passos mais fáceis no processo de produção de um curso disponível online. O maior desafio desse nicho em grande expansão está na captação de clientes e na definição de uma estrutura de marketing eficiente.

 

Um curso de reciclagem operador de empilhadeira já estabelecido via aulas presenciais pode investir em aulas online, assim como um professor pode desenvolver qualquer tipo de conteúdo na Internet e garantir uma renda a partir desse trabalho.

 

Tendo uma plataforma escolhida e um conteúdo definido, é mais que necessário pensar em estratégias para alcançar mais alunos. Esse processo é intensificado em períodos de lançamento, mas pode ser desenvolvido durante toda a existência do curso.

 

Muitos cursos nasceram de transmissões ao vivo e tendem a se focar na mesma plataforma em que surgiram. Contudo, quanto mais canais de venda, maior é a abrangência do curso dentro do mercado, e também a credibilidade de um produto bem divulgado.

 

Junto com as redes sociais, um bom site com amostras do conteúdo e descrições pode ser muito eficiente para quebrar objeções antes da compra. Criar um site, investir da forma correta em tráfego pago e SEO é fundamental para garantir o resultado dessa estratégia.

 

Por mais que um curso possa ser bem oferecido, desenvolvido e publicado, grandes plataformas aumentam a visibilidade para cursos específicos como o de conserto monitor LCD, inclusive com a possibilidade de contar com marketing de afiliados.

 

Considerações finais

Existem algumas demandas de mercado que nunca serão atendidas completamente e sempre poderão ser atendidas e inovadas, e uma dessas demandas é a educação.

 

Com a Internet, surgiram novas formas de vender e comprar conhecimento, uma delas é o modelo de cursos online.

 

Assistir aulas de diferentes temas em um formato sob demanda de fácil compreensão é uma mudança tão grande no mercado que o segmento de cursos está em franca expansão e, consequentemente, fica cada vez maior.

 

Esse tamanho de mercado faz com que muitos professores avancem para o meio digital, criando um ecossistema extremamente competitivo. Um reflexo disso é que o marketing se tornou a ferramenta fundamental para sobrevivência nesse mercado.

 

Uma das vantagens desse nicho no mercado de infoprodutos é a capacidade de produzir um conteúdo de boa qualidade com baixos níveis de investimentos e obter um resultado tanto de conteúdo, quanto de renda para o professor.

 

Os cenários para cursos online são promissores, desde empresas que ensinam pessoas a cozinharem no dia a dia, operarem determinados softwares e aplicativos, profissões, marketing, vendas e até dicas para conseguir um laudo de transferência Detran.

 

As estratégias de marketing são muito utilizadas dentro do cotidiano dos criadores de cursos online, e conceitos como o funil de vendas e a jornada do cliente já são aplicados e adaptados para se adequar a realidade dos alunos.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

treze − dez =