Hacking Sales: uma tática eficiente de vendas

Potencializar as vendas e os resultados da empresa é algo crucial para que o negócio mantenha um crescimento saudável e isso pode ser feito com boas estratégias de Hacking Sales.

 

Vender mais é um desejo comum de muitos empreendedores, independentemente do nicho de mercado.

 

Para que isso seja possível, a busca por boas soluções e aprimoramentos deve ser recorrente. Por isso novas metodologias e técnicas são testadas e desenvolvidas até que possam ser aplicadas ou melhorias sejam identificadas. Com esse movimento, ocorre o surgimento de estratégias escaláveis.

 

É neste cenário que surge o Hacking Sales, um método que pode gerar um excelente retorno para equipes de diferentes tamanhos.

 

Deste modo, conhecer o conceito, importância e como ele pode ajudar nas vendas de modo prático são formas da sua equipe ter muito sucesso.

 

Hacking Sales: uma tática eficiente de vendas

 

O que é Hacking Sales?

O Hacking Sales é um conjunto de técnicas que permitem escalar o poder das vendas de uma empresa. Para isso, metodologias diversas devem ser aplicadas em conjunto com soluções tecnológicas.

 

Neste sentido, a automação se tornou a palavra-chave dos processos, e boa parte das ferramentas que são utilizadas nas vendas atualmente possuem algum tipo de automação, seja em tarefas simples ou as mais complexas.

 

Isso acontece para auxiliar as equipes nos processos repetitivos e de coleta de informações.

 

Consequentemente, elas poderão passar mais tempo focadas no que realmente gera retorno para o negócio, se dedicando aos atendimentos e vendas estratégicas e com mais inteligência no processo, visto a nutrição e encaminhamento correto.

 

Ou seja, reduz-se a necessidade de profissionais despendendo atenção a atividades que não geram valor final ao negócio, mas que não podem simplesmente eliminadas ou abandonadas por impactarem nos resultados obtidos – mesmo que em menor grau.

 

Como funciona o Hacking Sales?

Quanto tempo a equipe da sua empresa de contabilidade em São Paulo precisa direcionar para tarefas de coleta de informações e análise de dados durante o dia para encontrar bons prospects e conseguir fechar bons negócios?

 

Ao pensar no tempo para fechar os negócios, pense no tempo gasto para realizar pesquisas, tentativas de marcas reuniões, abordagem de leads (potenciais clientes), entre outras tarefas.

 

Quando o tempo gasto com essas atividades é alto, isso pode estar impactando na produtividade e sucesso do empreendimento.

 

Assim, quando as tarefas consideradas complexas são maiores, a sua empresa pode se beneficiar com a implementação do Hacking Sales para ações mais inteligentes e direcionar a equipe para as atividades de vendas, de fato.

 

O foco é automatizar processos e implementar uma tecnologia de ponta para diminuir o tempo gasto com atividades que demandam muito tempo sem agregar tanto valor comercial.

 

Ao colocar em prática o Hacking Sales, a equipe de vendas de uma empresa de projeto arquitetônico 3d, ou qualquer que seja o seu segmento de atuação, pode conseguir:

 

  • Mapear um grande volume de informações e oportunidades;
  • Iniciar conversas em diferentes canais;
  • Qualificar prospects de modo automatizado;
  • Nutrir leads e fechar ótimos negócios em pouco tempo.

 

Estas e outras tarefas podem ser feitas em menor tempo, com poucos funcionários e, principalmente, economizando dinheiro.

 

Essa grande diferença nos resultados não é fruto somente do aumento de produtividade, mas também na maior precisão dos processos comerciais.

 

Para iniciar o processo de Hacking Sales no seu negócio, você e as equipes precisam definir quais ferramentas serão utilizadas nas atividades voltadas às vendas e quais atividades precisam ser otimizadas.

 

O processo de escolha das ferramentas é chamado de Sales Stack, este que é o fator-chave para o sucesso do método.

 

Como montar um Sales Stack de sucesso para a empresa?

O Sales Stack consiste nas ferramentas que a empresa utilizará nas vendas, conseguindo automatizar os processos e, assim, tendo os melhores resultados.

 

Com diversas possibilidades no mercado, os empreendedores podem ter dificuldades de montar um conjunto que se complemente bem e permita um trabalho de modo integrado.

 

Assim, há um jeito certo para realizar a atividade, e o primeiro passo essencial para ter bons resultados é conhecer bem a jornada do cliente.

 

Importância da jornada

Com base nas informações sobre a jornada, é possível criar um funil de vendas que norteia todas as ações de vendas e identifica os processos realizados pelos clientes.

 

Ou seja, com a jornada será possível identificar gargalos, etapas que podem ser automatizadas e quais ferramentas são mais adequadas para essas necessidades identificadas.

 

Ter um funil definido permite que a equipe de vendas tenha mais consciência sobre o tipo de ferramenta a ser utilizada durante todo o processo. Assim, é possível ter algo com operações como:

  • Prospecção;
  • Nutrição dos leads;
  • Pontuação de leads;
  • Demonstração de produtos;
  • Envio de proposta;
  • Assinatura de contrato;
  • Procedimentos de pós-venda.

 

Algumas ferramentas conseguem realizar boa parte destes procedimentos, desde a prospecção de leads, follow-up até o envio de propostas.

 

As empresas que utilizam Inside Sales, ou seja, um processo de vendas feito internamente, também podem utilizar ferramentas que ajudam na eficiência e produtividade de uma empresa de manutenção de ar condicionado, entre outros.

 

Para um pós-venda de qualidade, a empresa pode utilizar ferramentas que ajudam neste processo de manutenção do relacionamento, criando novas propostas de valor com base nas interações e compras anteriores.

 

O segredo para o sucesso no momento de escolher as Sales Stack é compreender a jornada de compra, mapear o tipo de ferramenta e assim escolher as soluções mais adequadas para o negócio.

 

Cuidados importantes com Hacking Sales

Ao entender melhor o conceito, alguns empreendedores podem ficar empolgados a ponto de já querer colocar o Hacking Sales em prática.

 

No entanto, antes de se aventurar nesta metodologia é importante se atentar a alguns detalhes importantes como:

 

1.   Inicie com pouco volume

Trabalhar com um grande volume de leads é muito interessante quando se atua com automação dos processos de prospecção.

 

Afinal, a automação pode acelerar as entregas de mensagens. No entanto, para teste, é fundamental iniciar com um volume menor.

 

Além disso, por acelerar os processos de contato e envio de e-mails, corre-se o risco de encaminhar algo (ou para alguém) que ainda não está totalmente pronto, sem uma proposta clara de valor, o que poderá prejudicar o relacionamento e a conversão futura.

 

Deste modo, é importante começar com pouco, ou seja, testes para avaliar as respostas e quais processos realmente deverão ser automatizados, criando um protocolo de ações, como se fosse um protótipo.

 

Iniciar pequeno e pensar grande é uma maneira de ter ótimos resultados nas vendas de produtos e serviços como aluguel de material hospitalar.

 

2.   Otimize as conversões

Ao analisar o desempenho dos protótipos e campanhas, é importante dar atenção a todas as fases do processo e não focar apenas nos resultados.

 

É importante avaliar todas as etapas do processo de venda, definir metas e, caso as conversões não estejam conforme o desejado, não desista.

 

Uma maneira de tomar decisões a respeito das metas, é conversando com gestores de vendas para ter uma noção de quais as ações e resultados esperados.

 

Dar continuidade às conversões é outro ponto importante e, nesse ponto, os profissionais podem testar propostas de valor para o segmento, softwares, listas e outras cadências.

 

Hacks de venda que podem ser utilizados para aumentar o sucesso do seu negócio

Com as ideias claras sobre como utilizar o Hacking Sales na sua empresa, alguns empreendedores podem precisar de dicas para ter sucesso de vez com o método.

 

Isto posto, conhecer alguns Hacks que podem ajudar no processo de vendas é uma maneira da empresa conquistar excelentes resultados.

 

Uma informação importante sobre esses Hacks é que são como propulsores, ou seja, agregam força às vendas e podem promover excelentes resultados de modo contínuo e escalável. Sendo assim, os empreendedores podem adotar medidas como:

 

1.   Segmentar as listas de e-mail com base em ações específicas

Quanto mais segmentada são as estratégias, considerando os estágios de cada lead na jornada de compra, melhor. Porém, existe outra forma de segmentação que vale muito a pena utilizar, tendo como base as ações específicas.

 

Isso pode acontecer quando se utiliza as ações certas para os leads, gerando gatilhos que proporcionam respostas automáticas no fluxo de nutrição.

 

Se o lead visitar uma página específica, mais focada no fundo de funil, você pode enviar e-mails automáticos, oferecendo reuniões com consultores que podem informar sobre a empresa administradora de condomínio.

 

Essa iniciativa pode ajudar a converter os leads assim que eles estiverem prontos, pois estarão mais qualificados.

 

2.   Criar alertas para abordagens no momento certo

Alguns sistemas permitem criar alertas para saber quando os leads tomam ações específicas e que sinalizam alto potencial de conversão.

 

Com isso, a empresa pode ser avisada sobre os momentos que as pessoas recebem e abrem os e-mails, por exemplo.

 

Tal medida aumenta as chances da negociação avançar e os alertas ajudam muito a falar com os leads na hora mais adequada para a venda.

 

3.   Utilizar as redes sociais como ferramenta de captação

As redes sociais são ótimos canais de relacionamento, mas é possível utilizá-las de modo a conseguir boas oportunidades de vendas de serviços do caetité hotel também.

 

Esses canais podem ser uma excelente ferramenta de captação de leads. Com o compartilhamento de conteúdo, por exemplo, é possível criar boas oportunidades de negócio.

 

4.   Melhorar as experiências dos usuários em todos os canais digitais

Os canais digitais utilizados pela empresa devem levar em conta a experiência do usuário.

 

Para esses casos, é importante ter clareza das informações sobre a sua empresa e um conteúdo de qualidade, pois esses fatores são determinantes.

 

Com páginas responsivas, de bom carregamento e fácil navegação, por exemplo, os profissionais podem fazer um ótimo trabalho com as redes sociais, sites e blogs.

 

Este cuidado com os canais digitais é tão importante quanto uma avaliação de conformidade.

 

5.   Desenvolver ofertas gratuitas de alto valor para gerar mais leads

Uma boa estratégia de conteúdo proporciona resultados mais consistentes. Isso envolve a criação de materiais relevantes. Contudo, é preciso levar em consideração que alguns projetos e campanhas podem ser mais atraentes para agregar ganhos positivos.

 

Ou seja, é preciso investir em ofertas de alto valor, que são aquelas em que é quase “impossível” da persona (representação do cliente) recusar.

 

Guias interativos, por exemplo, são ferramentas interessantes e que podem ajudar a sua empresa de cuidador de idosos a se diferenciar dos concorrentes e ter um tráfego mais qualificado.

 

Portanto, investir no método Hacking Sales é uma maneira de melhorar as vendas do seu negócio, utilizando a tecnologia a seu favor para qualificar o desempenho da equipe de vendas, tornando-a mais produtiva.

 

Texto originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, canal em que você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

17 + dezenove =