Como destacar o seu e-commerce no segmento de moda?

Hoje em dia, um empresário ou empresária não podem ignorar como a esfera digital vem revolucionando o mundo dos negócios. Um dos maiores símbolos disso está no e-commerce, que cresce cada vez mais no Brasil.

 

Já nem se trata de mera opinião, pois há pesquisas recentes que o comprovam. O maior exemplo talvez seja o do levantamento realizado pela Ebit|Nielsen, que indica uma curva de crescimento de mais de 70% no último período.

 

De fato, se abrimos um motor de busca na internet e tentamos cotar algo como decoração de quarto de bebê masculino, logo encontramos uma gama bastante diversificada de lojas virtuais oferecendo esse serviço perto de onde estivermos.

 

Tudo isso mostra como o comércio eletrônico tem se aquecido entre nós brasileiros, revelando uma verdadeira tendência do nosso povo, que aprendeu a confiar na internet para fazer negócios e hoje está entre os que mais fazem isso diariamente.

 

Como destacar o seu e-commerce no segmento de moda?

 

Do mesmo modo não podemos falar de e-commerce de modo genérico, já que cada segmento pode oferecer uma realidade bem diferente de qualquer outro nicho de mercado. No caso do setor de moda, no entanto, o crescimento também tem sido a regra.

 

Lembrando que essa fatia do mercado pode englobar desde vestuários, como uma camisa polo lisa, até calçados, joias e demais acessórios. Segundo dados da própria EBR (E-commerce Brasil), a área cresceu mais de 40% de 2020 para cá.

 

Portanto, falar de moda na internet é falar de um segmento que cresce mais do que muitos outros no país, e de um modelo de negócio ou de marketing que também revela ser um dos mais promissores das últimas décadas.

 

Por isso decidimos escrever este artigo, trazendo aqui dicas práticas sobre como destacar seu comércio eletrônico nesse nicho. Mas também vamos além, explicando conceitos indispensáveis e aconselhando sobre estudo de tendências.

 

Assim você já pode dominar as boas práticas da área e junto aprender o modo mais seguro e sustentável de se destacar no mercado, tanto frente ao seu cliente quanto em relação à concorrência, que não para de crescer a cada dia que passa.

 

O ponto mais bacana é que como esse setor é muito grande, as dicas ainda podem servir para segmentos transversais, como fábricas ou lojas de uniforme personalizado, que lidam com um modelo B2B (Business-to-Business).

 

Sendo assim, se você quer entender de uma vez por todas como destacar seu e-commerce no segmento de moda, canalizando as melhores oportunidades e fazendo seus clientes se fidelizarem com sua marca, basta seguir adiante na leitura.

 

Por que o e-commerce?

Ainda é muito comum ver algumas pessoas confundindo o conceito de e-commerce, sem saber onde entram nele o marketplace, a loja virtual e as demais opções.

 

Na prática, o e-commerce nada mais é do que o “comércio eletrônico” em geral, seja ele feito dentro de uma plataforma própria, como no caso da loja virtual ou de uma landing page, ou de terceiros, como nos marketplaces e nas redes sociais.

 

Por exemplo, se a empresa vende capa violão acolchoada e implementa um sistema com formas de pagamento e de envio próprios, montando sua infraestrutura do zero, ela está criando algo bem próximo da loja virtual, seja qual for o formato.

 

Por outro lado, se ela apenas faz seu anúncio patrocinado em uma plataforma de produtos e serviços que já existe, desfrutando daquela infraestrutura, ela se aproxima do marketplace.

 

Nesse sentido, devemos falar em e-commerce pois se trata de um universo bastante diversificado, que permite que qualquer marca se posicione sem ferir em nada seus princípios e seu modelo de negócio preferido.

 

Inclusive, como estamos falando do segmento de moda especificamente, vale lembrar que um dos principais modos de se diferenciar nesse universo é escolhendo um nicho, como ficará claro adiante.

 

A vantagem da segmentação

Existe uma unanimidade sobre o fato de que o mundo online é diferente do mundo offline quando o assunto é segmentação e nicho de mercado.

 

Na prática, tornar um negócio específico demais pode ser um desafio muito grande para estabelecimentos físicos, haja vista que o público vai se tornando cada vez menor e mais seleto, então sem um diferencial a marca acaba atrofiando.

 

Daí que muitas recorram à pulverização de seus produtos e serviços, como modo de conseguir abrir novas frentes e canalizar cada vez mais oportunidades.

 

Assim, além de trabalhar com impressão colorida preço para agências de marketing, uma gráfica também pode acabar atendendo negócios menores e até clientes finais.

 

Já no caso do universo digital, você pode facilmente encontrar empresas que se fecham em um nicho bem específico, atendendo apenas B2B ou B2C, e daí em diante.

 

No caso das marcas do segmento de modas, vale a mesma regra. Além de já ser um setor mais nichado, é possível ficar apenas em um setor, tais como:

  • Moda masculina;
  • Moda feminina;
  • Opções plus size;
  • Moda para crianças;
  • Modas para idosos.

 

Enfim, isso ocorre porque a internet permite fazer uma segmentação inteligente das ações e campanhas de marketing, tornando o e-commerce muito mais assertivo.

 

Por exemplo, ao anunciar em um motor de busca como o Google, você pode dominar a palavra-chave agasalho esportivo infantil, de modo que quando alguém procurar especificamente por ela, vai encontrar sua loja com destaque.

 

Isso também ajuda uma marca a se destacar no sentido de evitar o confronto direto com grandes redes, que investem orçamentos milionários em marketing e podem acabar engolindo as concorrentes menores que não tenham um nicho melhor definido.

 

Porém, a partir do momento que você se torna referência em um ponto específico, aí dificilmente alguém pulverizado demais vai conseguir superá-lo naquele ponto, seja uma loja do seu tamanho ou uma rede bem maior.

 

A diversidade dos veículos

Você pode não diversificar em termos de catálogo ou mix de produtos, o que é bem estratégico, contudo, seria um erro não diversificar nos veículos de mídia e de venda.

 

De fato, um erro muito comum das marcas de moda é entender e-commerce como loja virtual, caindo naquela confusão que citamos no começo.

 

Na verdade, é preciso ampliar e muito essas forças de atuação. Assim, ao tentar vender um lote especial de boné bordado personalizado, você pode anunciar na loja própria, mas também em outras frentes.

 

As principais seriam um marketplace, uma landing page, as redes sociais, os motores de busca e até mesmo e-mail marketing, disparando para seu banco de leads.

 

Tudo isso é comércio eletrônico, afinal, não importa de onde a venda venha. Desde que seja uma fonte digital, você estará se destacando em seu e-commerce.

 

Sua marca é mesmo forte?

Outro modo de se destacar no e-commerce, e na verdade em qualquer outra frente no mundo dos negócios, é fortalecendo sua marca.

 

Para isso existem dois pilares que são fundamentais, e que também costumam ser muito confundidos. O primeiro é a persona da marca, etapa que algumas empresas pulam e por isso se perdem depois.

 

Portanto, você precisa definir sua cultura corporativa, qual é a filosofia da empresa, os famosos pontos de Missão, Visão e Valores. Ela pode vender calças ou rolo plastico bolha, mas precisa ter esse ponto muito claro.

 

Depois, o outro pilar é o da persona de público, que implica compreender a fundo seu público-alvo e sua clientela.

 

Para isso, crie dois ou três perfis de pessoas ideais que você quer impactar, então suas ações no comércio eletrônico se tornarão muito mais assertivas.

 

Benchmarking e tendências

Por fim, como bônus podemos indicar o estudo de tendências como um modo de se destacar. Aliás, lá em cima falamos sobre atuar de modo nichado, com foco na segmentação, o que não indica ficar sempre na mesma.

 

Um modo diferenciado de fazer isso é por meio do benchmarking, que nada mais é do que um estudo de mercado com foco na ação da sua concorrência, o que ajuda a abrir os olhos e sair do erro terrível de se comparar apenas consigo mesmo, ou com ideias genéricas.

 

Na prática, o grande segredo é acompanhar as ações da concorrência na internet, pelo site próprio dela, nas redes e em tudo o mais, pois assim você aprende como se destacar.

 

Algo que pode ajudar nisso é a famosa matriz SWOT, que lida com esses quatro pilares, conforme a própria sigla indica:

  • Strengths (Forças);
  • Weaknesses (Fraquezas);
  • Opportunities (Oportunidades);
  • Threats (Ameaças).

 

O que deixa claro que também é preciso conhecer as próprias debilidades. Quando você faz isso estudando o mercado, aí sim seu e-commerce sai na frente dos concorrentes com toda certeza, pois terá conhecimento e know-how necessários para isso.

 

Conclusão

Tanto o segmento de modas como o e-commerce em geral estão entre as maiores tendências do país, apresentando altos índices de crescimento.

 

Mas não é fácil se destacar nesse universo, pois a concorrência também é cada vez maior. Assim, há várias outras estratégias que podem ser aplicadas, mas as que citamos aqui vão garantir uma tática estrutural de primeira linha.

 

Com isso, colocando em prática os conceitos e conselhos apresentados, fica mais fácil você destacar sua marca digitalmente e conseguir os resultados mais incríveis.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

1 comentário em “Como destacar o seu e-commerce no segmento de moda?”

  1. Ola, Me ajudou muito seu artigo, somente para complementar, tem um programa chamado: Software PCG, esse programa é um agregador de sites de classificados, ele tem mais de 340 sites de classificados grátis onde você pode anunciar, usando esse programa você pode divulgar automaticamente nesses sites, vale muito a pena usar ele deixa seu trabalho bem mais rápido além de te dar uma lista que sempre é atualizada com sites novos, com esse programa você consegue ter mais trafego orgânico e assim receber visitas dos buscadores como o Google e outros, eu sempre usei esse programa para fazer publicidade e faço vendas praticamente usando apenas ele. Fica ai a sugestão… Seu texto me ajudou muito. Bom dia para todos vocês

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − três =