Estratégias para fazer uma imobiliária crescer no digital!

A comunicação digital se tornou um divisor de águas para muitos negócios no atual cenário do mercado. De maneira particular, às imobiliárias não estão excluídas da lista dos empreendimentos que podem conquistar grande sucesso com as estratégias.

 

O que ocorre é que, assim como todos os outros negócios que estão surgindo, a automatização dos processos, o uso das mídias sociais, o engajamento nos buscadores e a construção de laços com os consumidores estão presentes nas exigências de sucesso.

 

Da mesma forma como um projeto de ventilação exaustão e climatização se faz por etapas, através do passo a passo consciente, sempre explorando ao máximo as chances que a tecnologia fornece, o mercado imobiliário também deve se ater a isso ao se digitalizar.

 

Por esta razão, e para que esteja ao alcance de qualquer empreendedor de pequeno, médio ou grande porte que deseje investir em marketing digital para esta área, serão dadas algumas orientações importantes neste texto.

 

Estratégias para fazer uma imobiliária crescer no digital!

 

Dicas de como crescer no digital, destacando-se dos concorrentes e turbinando ao máximo as vendas da empresa serão fornecidas.

 

Isso tudo com o intuito de deixar claro como, apesar das particularidades de cada nicho, investir na internet não muda muito entre vender piso durafloor new way carvalho reno e fazer comércio com imóveis, uma vez que os processos são quase sempre os mesmos.

 

Por fim, serão apontados alguns dos muitos tópicos em favor da importância de se fazer uma aposta no marketing digital dentro do mercado dos imóveis, seja vendendo pequenos apartamentos ou grandes casas de praia com portão de alumínio com vidro na garagem.

 

Crescendo no mercado digital

Para começar a pensar a respeito deste tipo de investimento, o empreendedor precisa, antes de tudo, ter a consciência de que o mercado imobiliário já é bastante digital hoje em dia.

 

Dessa forma, se faz fundamental que as imobiliárias possuam as ferramentas mais básicas e indispensáveis deste meio, entre as quais o site profissional dispara na frente, precisando, é claro, dispor de uma boa usabilidade para possibilitar a conversão.

 

Assim, para que o sucesso das vendas realmente seja alcançado, é necessário que as estratégias primárias do marketing digital estejam bem estabelecidas e sejam postas em prática prontamente.

 

O e-mail marketing, as redes sociais, os anúncios de Google, bem como a boa e velha produção de conteúdo voltada à geração de valor e a aplicação de gatilhos mentais e atalhos para a compreensão dos clientes a respeito da oferta são essenciais.

 

Dentre diversos outros exemplos, essas são algumas das exigências básicas que podem trazer destaque a uma imobiliária. E, para que fique listado de forma esquemática e sintética, é possível afirmar objetivamente que um empreendedor imobiliário precisará:

  1. Adquirir um site profissional;
  2. Estreitar o relacionamento com o cliente;
  3. Dispor do auxílio de especialistas de marketing;
  4. Investir nas redes sociais;
  5. Apostar nos anúncios pagos;
  6. Fazer uso de SEO;
  7. Produzir conteúdo de valor.

 

Essas ferramentas são o princípio de tudo. O site deverá ser a porta de entrada pela qual os clientes passarão. Portanto, é necessário que o nível seja posto lá em cima.

 

Nem mesmo o anúncio dos serviços de um guindaste para obras são feitos a esmo, sem dispor de recursos esteticamente harmônicos para as páginas e anúncios eficazes para que o público chegue ao conhecimento da oferta.

 

Por isso, a plataforma usada pela imobiliária precisa dispor de boa usabilidade e oferecer uma excelente acessibilidade, com imagens de qualidade, respostas rápidas, entre alguns outros critérios.

 

É preciso lembrar-se da importância de fazer uma verdadeira valorização da própria marca para que o cliente veja a imobiliária como referência no ramo.

 

Para tanto, deve-se investir na personalização do site por meio do domínio próprio e da sua logomarca. Junto a isso, táticas de produção de conteúdo são fundamentais.

 

Os clientes necessitam de muito mais do que simplesmente adquirir ou alugar um imóvel, mas eles buscam por uma solução, por uma transformação. Pode não parecer, mas existe um abismo de diferença entre os dois.

 

Não se pode afirmar de forma efetiva que todas as lojas que querem vender um motor para portão de correr com corrente, por exemplo, podem ter sucesso nas suas vendas com uma comunicação que oferece apenas o objeto concreto ao cliente.

 

Ao contrário, são poucas as lojas, comércios e marcas que conseguem sobreviver no disputado mercado atual sem aprender a lição de que, junto a entrega do produto ou serviço em questão, é preciso sanar a carência do consumidor.

 

Entretanto, para proporcionar o que o público precisa, o corretor de imóveis precisa, antes de pensar em qualquer abordagem de comunicação ou técnica publicitária, conhecê-lo a fundo. Nesse quesito, o sistema CRM faz toda a diferença.

 

Customer Relationship Manager ou, como é traduzido em português, gestão de relacionamento com o cliente, consiste em um software que põe em prática um grupo de estratégias para otimizar o relacionamento com o consumidor.

 

A partir do primeiro momento em que o possível cliente faz o primeiro contato com o site de uma imobiliária, o CRM entra em cena para coletar as informações.

 

A critério de exemplo, cada vez que o cliente estipular os filtros, como tipo de imóvel ou número de quartos, o CRM faz a armazenagem desses dados junto com qualquer cadastro que a pessoa realizar no site.

 

Mesmo em uma loja de materiais domésticos, o visitante que fizer a busca por um forro de drywall com sanca poderá dispor da ajuda do sistema para deixar tudo que ele quer salvo, para voltar depois.

 

Outro quesito importante é não finalizar o relacionamento com os clientes que já fizeram a aquisição de um imóvel ou alugaram uma casa.

 

Não são poucas as vezes que os empreendedores retiram parte do tempo para a construção e aplicação de práticas de marketing digital, até mesmo investindo na especialização por meio de cursos rápidos.

 

Entretanto, não existe nenhuma fórmula mágica secreta para fazer uma imobiliária crescer do zero.

 

Apostar na aventura de desbravar o marketing digital de forma individual e solitária pode ocasionar um grande desperdício de tempo para a empresa, algo precioso e que não se pode gastar à toa.

 

Em contrapartida, uma agência de marketing digital tem a capacidade de colocar a sua imobiliária no pódio.

 

Vendendo roupa, comida ou compactador de solo manual em uma loja de mecânica, o marketing digital, em virtude da velocidade com que avança, pode possibilitar que um negócio escale o seu faturamento muito rápido, independente do nicho.

 

Com entregas já validadas e muito investimento em informação, uma agência é capaz de construir não apenas as táticas já mencionadas neste artigo, mas outras com o foco exclusivamente direcionado para a marca de uma imobiliária.

 

Além disso, o território brasileiro segue avançando como o lugar onde mais se usa redes sociais na América Latina. Por isso, é preciso descobrir em quais redes sociais os clientes da empresa em questão estão mais conectados e fazer dela uma vitrine de vendas.

 

Por meio dos anúncios pagos, seja no Google Chrome ou nas redes sociais, é possível realizar uma segmentação concisa e assertiva e, através disso, conseguir encontrar apenas pessoas interessadas em adquirir uma casa ou mesmo alugar, por exemplo.

 

Depois que o site já estiver pronto para encantar, chamar a atenção, persuadir e finalizar vendas, é necessário que ele seja visto primeiro. Assim, é por meio do SEO ou Search Engine Optimization que será possível realizar esta tarefa.

 

Também conhecido por sua tradução em língua portuguesa, Otimização dos Mecanismos de Busca, a técnica consiste em um grupo de estratégias práticas que têm como fim aumentar a visibilidade de um site na internet.

 

Essas táticas possibilitam que a imobiliária se torne bem posicionada nos resultados das pesquisas do navegador do Chrome, a partir da associação a diferentes palavras-chaves, tanto em nível regional quanto nacional, no que diz respeito às atribuições.

 

Por fim, a produção de conteúdo também não pode ser negligenciada, pois é através dela que os visitantes irão se interessar em ficar.

 

Vencendo concorrentes e aumentando as vendas

Algumas dicas para vender mais e ultrapassar a marca dos concorrentes serão interessantes para quem está começando. Entre as principais orientações, sete estão aqui listadas para garantir o sucesso. São elas:

  1. Investir no relacionamento pós-venda;
  2. Investir em funil de vendas;
  3. Investir em marketing digital;
  4. Apostar na tecnologia;
  5. Aproveitar as críticas e objeções;
  6. Conhecer a concorrência;
  7. Conhecer o público alvo.

 

Ainda que uma loja vendendo materiais para reforma elétrica conseguisse vender o último suporte para tomada rj45 do estoque, sem o investimento na nutrição dos clientes não seria possível nunca se manter em posição de privilégio.

 

Dessa mesma forma, apostar no empreendedorismo digital de uma empresa de imóveis sem método para os relacionamentos é estar sujeito a ficar parado no tempo.

 

A importância do digital para as imobiliárias

Por fim, para que este artigo sobre marketing digital referente ao mercado imobiliário fique completo, é importante salientar algumas das vantagens da estratégia. São elas:

  • Ser mais visto;
  • Vender mais;
  • Trazer boa fama ao negócio;
  • Ser reconhecido no mercado;
  • Construir relacionamentos;
  • Se estabelecer em uma posição de destaque.

 

Vender na internet é extremamente rentável, barato e abre um horizonte imenso de possibilidades. Mas se ater aos critérios particulares para as imobiliárias podem definir a sobrevivência do negócio.

 

Considerações finais

Através da aposta no marketing digital, diversas empresas foram salvas da falência e muitas outras faturaram milhões, deixando os seus donos ricos em momentos onde muitos outros viveram em crise.

 

Assim, apostar na internet para alavancar as vendas de uma imobiliária não só é uma excelente oportunidade, mas é praticamente obrigatório atualmente.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

onze + 10 =