Como aplicar o funil de vendas para o seu pequeno negócio?

Antes de abordar os assuntos desse artigo, vamos conceituar para o leitor o que significa o funil de vendas e qual a sua importância quando aplicados nos negócios de uma empresa.

 

O funil de vendas é representado por todo o processo de fechamento de um negócio, desde a captação do cliente até a sua conversão final, quando a venda é concluída.

 

Nesse processo o cliente é acompanhado desde o primeiro contato com os produtos ou serviços da empresa até o momento em que o negócio é fechado.

 

Este é um modelo estratégico, dividido em etapas, estruturando visualmente a jornada de compra. Dito isso, as etapas do funil de vendas, são:

  • Prospecção;
  • Qualificação;
  • Apresentação;
  • Negociação;
  • Fechamento

 

Como aplicar o funil de vendas para o seu pequeno negócio?

 

Na prospecção de clientes de sinalização de estacionamento para deficiente, esse é o primeiro contato feito entre eles com a empresa. Essa etapa é muito importante, pois pode definir a fixação do produto e a venda para o consumidor.

 

Para qualquer empresa, uma prospecção desalinhada não é interessante porque não gera negócios e não abre portas. Portanto, observe se o produto está de acordo com os interesses da companhia.

 

Estude o mercado e as empresas, e converse com os desenvolvedores de máquina desnatadeira para saber se o produto é ou não interessante para o público que vai ser prospectado.

 

Use a qualificação de leads para reforçar a aquisição de clientes, com isso os resultados de fechamento das vendas aumentam, gerando mais lucros para a empresa.

 

É essencial estar sempre informado sobre o contato com os leads, para que a venda siga todas as etapas. Isso evita a estagnação no processo e gera o fechamento do negócio de sistema de monitoramento por cameras para condomínios.

 

Na etapa da qualificação, o vendedor identifica se existe ou não a necessidade de adquirir um produto ou serviço por parte do cliente. A qualificação é realizada em uma conversa por telefone, em reuniões ou videoconferências.

 

Com a qualificação correta, o vendedor apresenta para o cliente as suas soluções, que devem estar alinhadas com o cenário mostrado pelo consumidor. Essas soluções devem ajudar no problema do cliente de vela de ignição e as vantagens do produto.

 

Ao ser enviada uma proposta de compra de produto ou serviço para o cliente, nessa etapa ele faz uma avaliação, comparando ao mesmo tempo com o concorrente. É nessa hora que o funil de vendas fica menor e a atenção tem que ser redobrada.

 

Neste momento o consumidor vai negociar os valores da proposta e vai querer tirar todas as dúvidas das soluções oferecidas pela empresa até chegar o momento da decisão. Não é prudente empurrar uma venda, mas ter uma posição de conselheiro.

 

Depois da afirmativa do cliente, o vendedor precisa firmar o compromisso, para que a empresa realize o serviço de limpeza de terreno com roçadeira. Sendo uma venda simples, ela é baseada no pagamento do produto ou serviço.

 

As vendas mais complexas exigem contrato assinado ou o consumidor precisa enviar um pedido de compra. A venda só é dada como ganha quando ela é de fato confirmada. Ocorrendo isso, a venda está efetuada.

 

Aplicando o funil de vendas em pequenos negócios

No caso de pequenos negócios de cinto segurança automotivo, o funil de vendas é fácil de ser aplicado, criando uma estratégia de marketing. Os processos mais utilizados são:

  • Alinhar a jornada de compra com o processo de vendas;
  • Treinar os colaboradores sobre as fases do funil;
  • Executar as ações de marketing em até 3 dias;
  • Aplicar melhorias, se necessário, até alcançar os objetivos.

 

Usar o funil de vendas traz diversos benefícios para a empresa, listamos alguns deles que mostram como essa estratégia de marketing tem grande potencial e porque deve ser aplicada nos negócios de cortina gaze, por exemplo.

 

Cada etapa do funil depende da anterior. Portanto, com o monitoramento dos resultados, a equipe consegue criar uma estimativa se as ações da área de marketing e de vendas podem atingir as metas estabelecidas, dentro do prazo estipulado.

 

Com o funil de vendas, por meio do mapeamento dos dados, não é difícil para os vendedores de serviço de guincho intermunicipal prospectar clientes, acompanhando o desenvolvimento de cada um deles dentro do funil.

 

Desse modo, o negócio acaba sendo mais produtivo e a obtenção de resultados melhora muito.

 

Ao aplicar o funil de vendas, os feedbacks dos clientes são úteis para que o serviço ou produto se desenvolva e a empresa consiga oferecer um diferencial, conquistando a preferência no mercado.

 

Como uma empresa pode montar o funil de vendas?

Cada empresa tem a sua particularidade e ela caminha de acordo com a realidade interna, para que o objetivo de fechamento de vendas possa ser atingido.

 

Muitos gestores costumam cometer o erro de montar o funil de vendas sozinhos ou em parceria com o diretor da empresa, mas se esquecem de que os vendedores são os que mais conhecem essas etapas, pois lidam diretamente com os clientes.

 

Um conselho é que essas etapas sejam explicadas para eles, para que cada um possa montar o seu, com base nos negócios fechados anteriormente e promover uma reunião com todos.

 

Todos os caminhos de vendas são sempre um aprendizado, é importante reconhecer qual é o padrão do negócio e qual é a exceção.

 

É necessário, também, estabelecer quais foram os gatilhos que acionam as mudanças de uma etapa do funil para outra. Essa padronização de mudança é fundamental, para que o processo seja menos subjetivo.

 

As etapas do funil de vendas são importantes tanto quanto documentá-las em um documento que não precisa ser formal, mas que esteja disponível para o conhecimento de todos os vendedores.

 

Estando documentada todas as etapas do funil, cabe ao gestor acompanhar a execução do processo da melhor forma, analisando através do CRM.

 

CRM é um software capaz de coletar, armazenar e gerenciar dados sobre prospects, leads e clientes, otimizando as estratégias de marketing e de vendas, com o objetivo de criar novas oportunidades de negócios.

 

Para esclarecimento e uma compreensão melhor os prospects são potenciais clientes que se interessaram nas soluções oferecidas por uma empresa, que podem resolver seus problemas e discernir suas dúvidas.

 

O prospect de um cliente é uma pessoas com chances verdadeiras de se tornar um consumidor fiel do produto ou serviço com o qual a empresa trabalha.

 

As análises são muito mais profundas para a empresa que possui um CRM, pois é possível acompanhar o andamento dos negócios e as etapas do funil de vendas.

 

Muitos leitores podem confundir a jornada de compra com o funil de vendas. Vamos estabelecer as diferenças para que fique claro o modo como cada uma delas atua, com características bem específicas.

 

O que é a jornada de compra?

A jornada de compra é o processo pelo qual o cliente tem que passar até comprar o produto ou o serviço.

 

Sendo por meio dele que a empresa estrutura o funil de vendas, tornando o marketing aplicado em uma estratégia de sucesso.

 

Ela é dividida em quatro estágios, sendo eles aprendizado e descoberta, reconhecimento do problema, consideração da solução, e decisão de compra.

 

O que é o funil de vendas, afinal?

É uma técnica valiosa, cujo objetivo é mostrar a jornada do cliente, desde o primeiro contato até a sua conversão e as etapas estão ligadas aos estágios da jornada de compra.

 

Primeiro, é necessário atrair visitantes, depois transformá-los em leads e na sequência, identificar as oportunidades que eles terão quando comprarem o produto ou serviço.

 

O funil de vendas é dividido em três etapas que estão em perfeito alinhamento com a jornada de compra do cliente, são elas: topo de funil, meio de funil, e fundo de funil.

 

O topo de funil está ligado ao estágio de “Aprendizado e descoberta” e “Reconhecimento de problema”, identificado na Jornada de Compra.

 

O meio de funil encaixa com o estágio de “Consideração de problema”, na Jornada de Compra.

 

Por fim, o fundo de funil se liga à “Decisão de compra”, cumprido todos os estágios e etapas, a venda é concretizada, obviamente, os lucros crescem.

 

As empresas que trabalham com inbound marketing e marketing de conteúdo são bastante familiarizadas com esses dois conceitos.

 

O inbound marketing é utilizado pelas empresas para atrair, converter e encantar consumidores, por meio do conteúdo criado para o produto ou serviço, e publicado em diversos canais digitais.

 

Considerações finais

Sendo assim, o funil de vendas é fácil de ser aplicado em um pequeno negócio e todas as etapas devem ser completas para que o cliente decida com certeza pela aquisição do produto ou serviço que realmente procura e está necessitando.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

1 comentário em “Como aplicar o funil de vendas para o seu pequeno negócio?”

  1. Pingback: Marketing Flywheel: o que é e como aplicar na sua empresa - Agência7 Soluções WEB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

1 × três =