Como realizar campanhas para atingir um público mais sênior pelas redes sociais?

As empresas que possuem um público sênior precisam saber se comunicar com esse tipo de usuário por meio de diferentes canais, como no caso das redes sociais.

 

Essas plataformas, na verdade, reúnem pessoas de todas as idades, inclusive, podemos encontrar usuários que estão abaixo da idade permitida. Mas, no caso das pessoas da terceira idade, elas estão cada vez mais participativas nas redes sociais.

 

Isso é benéfico para as companhias, uma vez que a geração dos millennials recebe muita atenção das companhias, mas o público mais velho está crescendo constantemente.

 

Tais pessoas são cada vez mais importantes para o mercado, independentemente do setor, pois são consumidores financeiramente mais estabilizados e que possuem poder de aquisição maior.

 

Como realizar campanhas para atingir um público mais sênior pelas redes sociais?

 

No Brasil, o público sênior corresponde a 11% da renda gerada, e a previsão é de que nos próximos anos essa parcela da população seja ainda maior, por conta do envelhecimento dos cidadãos.

 

Geralmente, seu foco está no mercado de bebidas e alimentos, mas com o passar do tempo, vão consumir outros tipos de produtos e serviços. Alguns dos setores que já são muito procurados são o turismo e a tecnologia.

 

Neste artigo, vamos mostrar como seu negócio pode conquistar um público sênior pelas redes sociais e quais são as vantagens dessas estratégias. Acompanhe!

 

Sobre a importância das redes sociais

As redes sociais mudaram a forma que os indivíduos se comunicam. Antes delas existirem, as pessoas se comunicavam por telefone, e-mail, SMS ou pessoalmente.

 

Com a chegada dessas plataformas, se uma pessoa precisa de caixa de papelão personalizada para presente, pode rapidamente falar com uma empresa que venda ou fabrique essas caixas por meio das redes sociais.

 

Esses sites superaram as barreiras geográficas e trouxeram novas possibilidades de comunicação para os usuários em geral. Ou seja, não importa se você é uma empresa ou pessoa, vai poder usufruir dessa facilidade.

 

No caso das organizações, elas conseguem atrair tráfego de qualidade para o site por meio das publicações. Por exemplo, você pode gerar um anúncio nessas plataformas que, ao serem clicados, direcionam os usuários para o seu domínio.

 

Quando uma empresa compartilha em seu perfil conteúdos relevantes para o público, começa a construir sua autoridade no mercado.

 

O Facebook, por exemplo, é uma rede social frequentada por pessoas de, geralmente, 35 a 50 anos, por isso, as organizações que desejam conquistar esse público mais velho precisam investir em materiais informativos e promocionais.

 

Essas plataformas ajudam a melhorar o atendimento ao cliente porque as pessoas podem entrar em contato com a marca por meio de ferramentas das próprias redes sociais.

 

Um exemplo disso é o Messenger que, inclusive, é compatível com recursos tecnológicos, como os chatbots.

 

Logo, assim como você capricha na fachada de loja para atrair o seu público-alvo, pode investir nas redes sociais para chamar a atenção de consumidores seniores. Vamos mostrar como fazer isso no próximo tópico.

 

Dicas para impactar o público sênior

As pessoas acima de 60 anos são classificadas como público sênior, e elas vêm recebendo bastante atenção das marcas.

 

Isso tem acontecido porque a estimativa de vida é mais longa e tem levado as pessoas a comprarem por mais tempo. Também são consumidores com maior poder aquisitivo, melhor do que os millennials, que são os indivíduos nascidos no início dos anos 1980.

 

É importante começar a investir em estratégias para atrair essas pessoas pelas redes sociais, tendo em vista que a estimativa é de que, em 20 anos, cerca de 40% dos brasileiros já tenham atingido a terceira idade.

 

Essas pessoas são responsáveis pelo controle financeiro e pela aquisição de produtos e serviços. Isso significa que, independentemente do que o indivíduo pretenda comprar, ele é inteiramente responsável por essa decisão.

 

Alguns estabelecimentos precisam investir nessas plataformas e em outros recursos, como faixa de gondola, para atrair esses consumidores. Dentre os estabelecimentos que mais lucram com ele, estão:

  • Feiras;
  • Farmácias;
  • Supermercados;
  • Hortifrutis;
  • Empresas de convênio médico.

 

Se o seu negócio também tem como foco o consumidor sênior, nas redes sociais precisa investir em estratégias apropriadas para ele, tais como:

 

1 – Criar campanhas claras

Como falamos anteriormente, o número de pessoas idosas presentes nas redes sociais tem aumentado, mas ainda assim, elas ainda têm um pouco de dificuldade.

 

Em vista disso, é essencial que suas campanhas sejam claras, objetivas e diretas, por meio de anúncios com fácil legibilidade e intuitivos, por meio de informações curtas.

 

As pessoas idosas procuram independência, assim sendo, se elas conseguirem fazer o que precisam de maneira rápida e simples nas redes sociais, as chances de conversão serão maiores.

 

2 – Falar com a sua persona

Assim como os demais públicos, os idosos possuem interesses em comum, que para eles são importantes por conta da idade.

 

Toda estratégia de marketing, como um folder promocional de um produto, deve ser adaptada para o público sênior. Eles estão interessados em assuntos como saúde, família e bem-estar e ainda mantêm alguns hobbies e preferências.

 

Por exemplo, uma pessoa que gosta de jardinagem a vida toda vai manter essa atividade na velhice. Mas agora ela tem mais tempo para se dedicar, por isso, vai procurar empresas que ofereçam soluções para o seu hobby.

 

Para atrair a atenção desse público, é necessário manter o foco na representatividade e uma imagem é capaz de fazer isso, ainda que o foco do negócio não seja somente pessoas mais velhas.

 

Na impressão cartões de visita ou nas redes sociais, inclua uma imagem que represente essas pessoas para que elas se sintam parte da empresa. No entanto, você só vai conseguir fazer isso se criar uma persona compatível com esse público.

 

3 – Conquistar a confiança desse público

O consumidor sênior é mais fiel a uma marca, portanto, é mais cauteloso na hora de comprar com outras empresas. Em vista disso, você precisa mostrar por que o seu negócio é mais vantajoso e como pode resolver o problema dessa pessoa.

 

Invista em conteúdos que contem a história da sua marca, que mostrem seus valores e sua missão. Estratégias que ajudam nesse sentido são o storytelling e depoimentos de outros consumidores.

 

4 – Focar na usabilidade

Se você investir em um banner personalizado, vai fazer com que os consumidores mais velhos se identifiquem melhor com a sua marca. Essa estratégia é uma forma de facilitar o reconhecimento e a identificação.

 

No caso das redes sociais, os idosos estão cada vez mais inseridos no ambiente digital, mas se eles precisam procurar algum recurso na internet, ainda assim podem ter alguma dificuldade.

 

É por conta disso que as companhias precisam optar por soluções intuitivas, como no caso dos banners simples e customizados.

 

Toda a transição deve ter como base a troca de informações simples e objetiva, criando um caminho para que esse tipo de consumidor possa ser mais independente, pois são pessoas que almejam isso.

 

O marketing para a terceira idade

Fazer marketing para a terceira idade na internet traz muitos benefícios para os negócios, pois é cada vez maior o número de idosos que compram computador novo e dispositivos móveis para acessar a internet.

 

A previsão é de que em 2050 existam cerca de 2 bilhões de pessoas idosas no mundo, ou seja, elas vão representar 1/5 da população mundial.

 

A expectativa de vida tem aumentado consideravelmente e, com menos pessoas tendo filhos, a tendência é uma população mais velha no futuro.

 

Além de representarem uma boa fatia demográfica, essas pessoas têm um poder de compra superior. Por exemplo, nos Estados Unidos, 70% da receita pertence às pessoas acima dos 50 anos.

 

Pelo fato de ter uma renda maior, elas se tornam o público desejado pelo marketing. Os consumidores da terceira idade também estão aderindo às redes sociais. Inclusive, 83% já pesquisou um produto na internet antes de fazer uma compra de fato.

 

Ao se reunir com sua equipe de marketing em uma sala privativa coworking para elaborar as estratégias nas redes sociais para o público sênior, é importante ter em mente que você vai unir duas coisas muito poderosas.

 

De um lado, temos os consumidores idosos com maior poder de compra e, do outro, a internet, que é o meio de comunicação mais empoderado.

 

Por meio dela, os idosos descobrem produtos e serviços e seus próprios problemas e necessidades. Por conta de sua renda estável e de sua busca por autonomia, as chances de conversão são maiores.

 

Conclusão

Foi-se o tempo em que as redes sociais eram de uso exclusivo dos mais jovens. Essas plataformas já estão há quase duas décadas presentes em nosso dia a dia.

 

Isso significa que as pessoas que começaram a utilizá-las há 20 anos, estão 20 anos mais velhas agora, além de que estas plataformas estão conquistando a atenção do público da terceira idade.

 

Se eles, com seus clientes, estão presentes nas redes sociais, torna-se importante que o seu negócio também esteja lá e direcione ações para o consumidor sênior.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 − 2 =