Redes sociais: impulsionam e geram bons resultados nos negócios?

Com a chegada da internet os coletivos migraram para o ambiente digital e para as plataformas intituladas de redes sociais.

 

Os coletivos vem desde os primórdios da humanidade havia a junção de pessoas ou grupos que possuíam os mesmos interesses, e por esse motivo decidiam se conectar verbalmente e intelectualmente.

 

Na atualidade, com essas plataformas é possível se comunicar, além de trocar informações e vivências em ambientes de debate.

 

Diante da facilidade de exposição ideológica, a sociedade conquistou o poder de ter sua voz ouvida por milhares de pessoas, em qualquer parte do mundo, por meio de publicações virtuais.

 

 

Hoje, é possível opinar e avaliar outros indivíduos, coletivos, figuras públicas, principalmente, as empresas. Os clientes substituíram o SAC (Setor de Atendimento ao Cliente), pelos perfis das redes sociais.

 

A partir desses canais, o público pode demonstrar a sua satisfação e insatisfação com os serviços prestados ou produtos vendidos por uma marca.

 

Por essa razão, um bom posicionamento no cenário digital é essencial para gerar bons resultados.

 

Para conquistar uma alta performance nos negócios, por meio dessas redes, deve-se tomar algumas precauções e investir em algumas medidas que geram bons efeitos aos negócios, como as mencionadas a seguir: 

  • Conhecer muito bem o público-alvo;
  • Saber qual a rede preferida dele;
  • Produzir conteúdos relevantes;
  • Investir em bons vídeos e fotos;
  • Patrocinar as postagens;
  • Manter uma frequência de posts;
  • Criar engajamento;
  • Responder comentários (positivos e negativos).

 

Com esses recursos, as altas taxas publicitárias e alto custo em materiais impressos, como banner, panfletos, outdoor e fachada comercial moderna dão espaço a propagandas feitas de forma gratuita ou por um preço inferior ao marketing tradicional.

 

As redes sociais oferecem a alternativa de postagens gratuitas, que tem um alcance orgânico, e as postagens patrocinadas, que são melhores segmentadas, por isso, alcançam um maior número de pessoas com interesses em comum.

 

Como as redes sociais ajudam um negócio?

O advento da internet trouxe muitas mudanças ao cenário empresarial. Além da facilidade nas comunicações, os investimentos que antes eram feitos com base no marketing tradicional migraram para o marketing digital.

 

Desde as ações com os clientes, até as propagandas e placa de sinalização personalizada que promoviam uma captação de leads para empresas, lojas ou qualquer tipo de empreendimento migraram para as redes sociais e blogs.

 

Com a era do marketing 4.0, um negócio pode construir o seu posicionamento utilizando os recursos presentes na internet e que atingem, principalmente, os dispositivos móveis.

 

Nos últimos anos, o mobile, por exemplo, tem tido um considerável crescimento.

 

De acordo com pesquisa realizada pela Comscore, em 2015, a China foi o primeiro país mobile first, ou seja, que procurou a versão mobile de uma loja para efetuar uma compra, ao invés da versão desktop (computador). 

 

Diante dessas informações, é possível ter uma noção da importância da presença de uma empresa no ambiente digital.

 

Uma empresa de arquitetura, por exemplo, não precisa mais somente do marketing boca a boca para expandir os negócios.

 

Com um perfil bem feito nas redes sociais, automaticamente, ela atrai o público e criará uma nova realidade, onde não será preciso se esforçar para encontrar clientes, eles a encontrarão e avaliarão uma possibilidade de aquisição de algum serviço.

 

O mesmo pode acontecer com outros tipos de negócio, como um salão de cabeleireiro, que já não precisa mais de indicações e nem do investimento em propagandas físicas, como banner personalizado com foto dos trabalhos, para captação de novos clientes.

 

Para uma expansão dos negócios, basta que o salão tenha perfis nas redes sociais com conteúdos atrativos, que mostrem os procedimentos já realizados, os cuidados tomados em cada atendimento, além da experiência do público já fidelizado.

 

A primeira impressão é que fica, por isso, é essencial que as páginas online sejam capazes de despertar o interesse e a atenção de novas pessoas que buscam a prestação de algum dos serviços oferecidos.

 

Conteúdo de qualidade, interação, engajamento e informações relevantes são fatores que geralmente fazem com que os internautas permaneçam em uma página que estão visitando pela primeira vez, e consequentemente voltem mais vezes.

 

Como utilizar as redes sociais a favor de um negócio?

Uma das chaves para o sucesso de um negócio tem sido a criação de bons perfis nas redes sociais.

 

Para que seja possível conquistar bons resultados, é primordial estar atento a alguns detalhes que farão a diferença na tarefa de atrair clientes.

 

Com o crescente aumento do e-commerce, a necessidade manter uma boa aparência digital tornou-se ainda mais importante para uma marca, visto que não há um ambiente físico para as vendas. Pensando nisso, é recomendável atentar-se às seguintes dicas.

 

1.   Conhecer bem o público-alvo

O primeiro passo antes de traçar estratégias de marketing digital para as redes, é conhecer o público-alvo a fundo.

 

Somente por meio desse conhecimento será possível estabelecer um padrão de comunicação eficiente e assertivo.

 

A partir disso, o responsável pelos perfis poderá estabelecer técnicas de design, produção de conteúdo, formas de interação, engajamento, facilidades e atendimento aos clientes.

 

Além disso, a segmentação específica possibilitará a criação de estratégias de vendas que certamente trarão resultados financeiros ao negócio.

 

2.   Investir na identidade visual

Esse é um tópico essencial para qualquer tipo de negócio, principalmente, para lojas virtuais, como as de vestuário, por exemplo, que precisam investir em detalhes que serão entregues aos clientes, como etiqueta tag personalizada junto à roupa.

 

Além de assumir o compromisso de manter a identidade visual de sua marca nas entregas das roupas ao público, é necessário um alinhamento dos perfis de todas as redes sociais.

 

O logotipo, a tipografia e as cores devem ser mantidas em todas as postagens dos feeds e em toda a identidade visual das entregas, como a embalagem personalizada para roupas, de forma a produzir um visual mais harmônico e atrativo aos clientes.

 

3.   Criar conteúdos relevantes

Uma boa aparência dos perfis é importante, mas a qualidade de suas publicações é indispensável para atrair o público.

 

Com a utilização de informações relevantes em formatos diferenciados, como texto, foto e vídeo, o engajamento será muito maior.

 

Ao visitar uma página pela primeira vez, o cliente espera que aquele seja um canal de conhecimento a respeito da empresa, de seus serviços prestados ou serviços oferecidos.

 

Portanto, é primordial que todos os conteúdos comuniquem, de alguma forma, os valores, visão e missão da organização.

 

A partir disso, o cliente, automaticamente, criará uma relação de proximidade com a responsável pelo perfil visitado.

 

4.   Manter uma frequência nas publicações

Com uma boa aparência e postagens interessantes, consequentemente, o público será maior e exigirá maior frequência de informações. Por isso, é recomendável que seja criado um calendário de publicações.

 

A partir dessa organização de datas, será possível gerar um maior engajamento e conquistar uma maior expansão no ambiente digital. Uma das regras das redes sociais é: quanto maior a frequência, maior a audiência.

 

5.   Incorporar o e-commerce às redes sociais

Suponhamos que uma loja de produtos corporativos, como caderno executivo personalizado, mochilas e até uniformes tenha um e-commerce para promover suas vendas.

 

O canal tem tido bons resultados, mas ainda existe um desejo de expansão dos negócios e aumento das vendas. Para essa situação, utilizar as redes sociais geraria muitos resultados positivos no processo de conversão de leads.

 

A integração do e-commerce com outras páginas aumenta as chances de lucratividade, pois nem todo cliente entra em um site para realizar uma compra, mas sim nas redes sociais.

 

6.   Interagir com os clientes

Como mencionado anteriormente, as redes sociais são canais de interação humana, portanto, a comunicação entre uma empresa e cliente deve ser prioridade no dia a dia de uso das suas páginas.

 

A partir desse contato diário, será possível medir o nível de satisfação ou insatisfação dos clientes. Por exemplo, se na compra de uma pasta catálogo personalizada houver uma experiência positiva, automaticamente, ela será expressada em suas redes.

 

Considerações finais

Resumindo, em uma realidade onde a maior parte das pessoas passa mais da metade de um dia com os celulares nas mãos, é essencial que empresas e negócios as acompanhem durante todo esse período.

 

Por meio das redes sociais, é possível que uma marca seja lembrada constantemente pelos clientes com postagens e uma presença marcante e diária em seu feed de notícias.

 

A partir disso, surgirão resultados positivos para a expansão da página, um maior alcance, maior captação de leads, maior conversão, e consequentemente um retorno financeiro satisfatório.

 

Um negócio pode, sim, ter bons resultados com o uso das redes sociais, pois, quanto maior a presença, maior a audiência e quanto maior a audiência, maior o sucesso conquistado.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

doze + 2 =