Browse By

4 Dicas Para Escolher por Boas Palavras-chave no Conteúdo

As palavras-chave são termos compostos por uma ou mais palavras, relacionados a um conteúdo e que também são usados pelos usuários na hora de fazer uma pesquisa.

 

Esses termos são muito importantes para as estratégias em marketing digital, porque eles guiam as ações, ajudam a otimizar um site e atraem visitantes vindos de pesquisas orgânicas no Google.

 

As palavras-chave também podem ser usadas em campanhas pagas, portanto, independentemente de qual seja a estratégia de marketing digital que você vai usar, aplicar o termo correto é fundamental.

 

Quando falamos sobre elas, logo nos vem à mente o Google, pois foi ele quem disseminou a expressão, que logo se tornou parte das buscas pela internet.

 

 

Só que hoje em dia, ela serve para muito mais coisas, principalmente, para o marketing digital. Então, se você quer produzir bons conteúdos e ter bons retornos com seus investimentos em marketing, precisa conhecer um pouco mais sobre esse assunto.

 

Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar o que é palavra-chave, sua importância para as estratégias em conteúdo, dar dicas para escolhê-las do jeito certo e mostrar quais são seus benefícios na criação de conteúdo relevante.

 

O que é Palavra-Chave?

As palavras-chaves são termos pesquisados pelos usuários para encontrar conteúdo referente a determinado assunto. Você mesmo, quando quer saber alguma coisa, usa algumas palavras para pesquisar.

 

É possível usar uma frase completa, mas é muito mais prático e certeiro usar alguma expressão que remeta ao assunto que você está procurando.

 

Por exemplo, um palestrante que precise adquirir equipamentos novos pode pesquisar sobre “microfone sem fio profissional” para saber sobre qualquer coisa sobre esse produto, como preço, marcas, características dentre outras.

 

Os links que ele encontrou como resposta foram de sites que incluíram aquele termo ao longo de seus conteúdos.

 

Elas são importantes na composição desses materiais para otimizá-los, na intenção de fazer com que o Google entenda o contexto do que foi produzido, para que assim possa ranqueá-lo nos resultados de pesquisa.

 

É preciso pensar na semântica do termo, uma vez que é dessa forma que o buscador vai entender exatamente sobre o que o seu conteúdo está falando. Isso porque existem pautas que são muito abrangentes.

 

Portanto, quanto mais específica for a palavra-chave usada, melhor para o ranqueamento do material que você produziu. E daí entramos nos tipos de termos que você pode empregar.

 

De maneira geral, existem dois tipos, que são as palavras-chave de cauda curta e as de cauda longa. As expressões de causa curta ou head tail são aquelas compostas por uma ou duas palavras, como “estúdio ensaio”.

 

Os termos de cauda longa ou long tail, são compostos por mais de duas palavras, como no caso de “estúdio para ensaio“.

 

Essas expressões (cauda longa) são mais indicadas para a produção de conteúdo porque são mais específicas, e permitem que o usuário encontre exatamente aquilo que está procurando.

 

Agora, se a intenção do estúdio é ser ainda mais específico, pode optar por “estúdio para ensaio em SP”.

 

Apesar de o volume de busca ser menor para os termos long tail, a concorrência é menor, ou seja, menos empresas vão usá-los.

 

Independentemente do tipo de palavra-chave que você prefira, é importante conhecer algumas estratégias para usá-la. E vamos falar um pouco mais sobre isso a seguir.

 

Como Escolher as Palavras-Chave Adequadas

Existem algumas ações que podem ajudar uma empresa de aluguel de som para festa a escolher os melhores termos para suas estratégias de marketing digital.

 

São elas:

 

1. Entender a Persona

Coloque-se no lugar de sua persona. Se você fosse pesquisar algo que sua empresa oferece, que palavras usaria?

 

Por exemplo, se você vende cosméticos de vários tipos e quer escrever um artigo completo sobre maquiagem para pessoas alérgicas, de que maneira pesquisaria sobre esse assunto?

 

A melhor palavra-chave, neste caso, seria “maquiagem hipoalergênica” ou “maquiagem antialérgica”. É pensando dessa forma que você descobre de que maneira o usuário vai chegar ao seu conteúdo.

 

2. Interpretar as Palavras-chave

É necessário enxergar os atributos dos termos escolhidos, pelo ângulo de quatro dimensões, que são:

  • Posição atual para o termo;
  • Volume de busca;
  • Intenção de compra;
  • Dificuldade de ranqueamento.

 

A posição atual do termo diz respeito à posição dele na página de resultados. Para descobrir as que ocupam as primeiras posições, é necessário usar uma ferramenta adequada.

 

O volume de buscas corresponde à quantidade de pessoas que usam a expressão, portanto, quanto mais usada, mais chances de ser encontrado.

 

Análise a intenção de compra da palavra, ou seja, o quanto ela representa que os usuários estejam realmente interessados em adquirir os produtos que você vende.

 

Um exemplo de palavra-chave com boa intenção de compra seria “buffet de aniversário preço”. Por fim, analise a dificuldade de ranqueamento usando uma ferramenta, e quanto mais difícil for, mais rápidos serão os resultados obtidos.

 

3. Pesquisar a Concorrência

É totalmente aceitável usar a concorrência como parâmetro de comparação na hora de escolher as palavras-chave. Mas, isso não significa que os termos usados pelos seus concorrentes devem ser copiados.

 

Veja quais são as expressões aplicadas e qual o volume de busca delas. Dessa forma, fica mais fácil escolher o melhor caminho a seguir e se destacar em meio à concorrência, aperfeiçoando os termos.

 

Por exemplo, se uma escola de canto observou que seu principal concorrente usa muito a palavra “aula de canto” em seus conteúdos, ela pode adotar o termo “aula de canto iniciante“.

 

Com isso, ela estará sendo mais específica, vai impactar o público-alvo que deseja, e melhorar todas as suas estratégias, principalmente, a produção de conteúdo.

 

4. Considerar o Funil de Vendas

O funil de vendas representa todas as etapas pelas quais os consumidores vão passar antes de fechar negócio. Esse processo se dá por meio das conversões, então, um visitante é convertido em lead e posteriormente em cliente.

 

Cada conteúdo criado é direcionado a uma etapa do funil, que é dividido em três fases, sendo Topo, Meio e Fundo.

 

No topo estão aqueles que estão conhecendo suas soluções agora; no meio, os que se aprofundaram sobre elas; e no fundo aqueles leads que estão próximos da compra.

 

Se cada conteúdo é criado de acordo com a etapa do funil, para funcionarem, eles precisam contar com as palavras certas.

 

Portanto, uma escola particular infantil, por exemplo, pode usar a palavra “importância do ensino infantil” no topo do funil; “conteúdo do ensino infantil” no meio do funil; e “ensino infantil em SP preço” para o topo.

 

A escolha depende de cada empresa, mas as palavras-chave também devem ser pensadas de modo a atravessar os seus leads pelo funil de vendas.

 

Impactos Positivos das Palavras-chave

Uma das estratégias mais importantes em marketing digital é o SEO (Search Engine Optimization), uma ação que tem como foco otimizar as páginas de um site, para que elas apareçam entre as primeiras posições dos buscadores.

 

Uma das vertentes dessa estratégia é o uso das palavras-chave, pois elas são essenciais para a qualidade do material produzido.

 

Usando bons termos, o Google identifica rapidamente o contexto e categoriza o seu posicionamento.

 

Se uma imobiliária focada na locação de sala reunião pequena usa boas palavras-chave, então ela vai melhorar suas ações em SEO, e consequentemente, a qualidade de seus conteúdos.

 

Outro impacto positivo é o fato de que a empresa será encontrada mais facilmente, visto que ela emprega os termos que seu público-alvo utiliza nas pesquisas.

 

A principal função dessas expressões é fazer com que as pessoas localizem seus conteúdos, consuma-os e passe a conhecer a sua marca e o que ela tem a oferecer.

 

Se elas não forem escolhidas com sucesso, então fica difícil ser encontrado, o que vai impactar diretamente nos seus resultados. Termos bem escolhidos também ajudam a enriquecer o conteúdo do material produzido.

 

Se você quer escrever, por exemplo, sobre aula de bateria iniciante, pode encaixar essa palavra para explicar a importância dessa aula, para quem ela é indicada dentre outras informações importantes para o usuário.

 

Portanto, as palavras-chave também são essenciais para conduzir a produção do conteúdo e fazer com que o usuário entenda a autoridade do seu negócio ao consumir os materiais produzidos.

Leia também o nosso post Funil de Vendas: Como Desenvolver um Funil a Partir de Uma Página do Instagram?

Conclusão

Todas as estratégias usadas no marketing digital são inteligentes e pensadas de forma a fazer com que as marcas alcancem bons resultados, e uma delas é a palavra-chave.

 

Neste texto, você pôde entender um pouco mais sobre essas expressões e o quanto elas são importantes para seus conteúdos e outros investimentos em marketing pela internet.

 

Assim, fica mais fácil destacar suas soluções na web e levar até o seu público-alvo as informações que eles procuram.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

One thought on “4 Dicas Para Escolher por Boas Palavras-chave no Conteúdo”

  1. Pingback: Segmentação de Conteúdo: O Quão Importante é Para o Site ter os Conteúdos Segmentados? - Blog da Agência7 Soluções WEB
  2. Trackback: Segmentação de Conteúdo: O Quão Importante é Para o Site ter os Conteúdos Segmentados? - Blog da Agência7 Soluções WEB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 1 =