Browse By

7 Dicas Para Melhorar a Comunicação Visual do Seu Site

A comunicação visual é um dos principais atrativos na internet. Afinal de contas, quando entramos em um site, mais do que a usabilidade e a facilidade de carregamento, também reparamos em outras questões.

 

De modo geral, elas envolvem o layout, disposição de elementos, entre outros recursos imagéticos.

 

Vale mencionar que os sites são considerados os cartões de visitas das marcas. Na maioria das vezes, a página web é o primeiro lugar onde o cliente busca informações a respeito do seu negócio, produto ou serviço.

 

Por esse motivo, é preciso trabalhar uma imagem positiva, já que na internet a primeira impressão pode ser a que fica.

 

7 Dicas Para Melhorar a Comunicação Visual do Seu Site

Foto de Pixabay no Pexels

 

Isso vale não apenas para os sites, mas outras estratégias de divulgação online também precisam tomar cuidado com a comunicação visual.

 

Um banner informativo, por exemplo, deve seguir o padrão de cores da empresa, mas também trazer elementos que despertem a curiosidade do público.

 

De acordo com Donald Norman, conhecido por cunhar o termo User Experience (UX), ou experiência do usuário, é necessário ter em mente que a comunicação visual também faz parte dessa vivência do público.

 

Por isso, é necessário garantir que ele tenha uma percepção positiva da marca, com base na experiência que teve ao navegar em seu site.

 

No artigo de hoje, confira algumas dicas para melhorar a comunicação visual do seu site e impactar o seu público. Acompanhe a leitura!

 

1 – Desenvolva o Branding

O branding é uma estratégia de gerenciamento da marca, envolvendo um planejamento a longo prazo para criação de elementos da identidade visual e, dessa forma, potencializar a percepção da sua marca na mente dos clientes.

 

Ou seja, o conceito vai além da criação de logos e padrões de cores, tipografias e imagens, mas sim envolve todo os processos de impacto do público, para assegurar que todos os stakeholders compreendam o posicionamento da empresa.

 

Por exemplo, em uma estratégia de branding, o seu negócio pode decidir que além das embalagens convencionais dos produtos, também irá disponibilizar rótulos em inglês, pois a intenção da marca é mostrar a sua presença internacional.

 

O desenvolvimento do branding é o primeiro passo para a construção da identidade visual do seu site e de outros canais de comunicação da empresa.

 

Afinal, ele irá determinar os padrões, cores e demais elementos que devem ser usados para transmitir um valor à audiência.

 

2 – Entenda os Canais de Comunicação

Para uma comunicação visual efetiva, é preciso compreender os tipos de canais e mídias usados pela empresa.

 

Até porque cada plataforma possui a sua especificação e, desse modo, é necessário adaptar as estratégias para os diferentes ambientes.

 

Por exemplo, o site institucional da empresa precisa de certos elementos para garantir a organização, categorização de produtos e serviços, espaços de contato e informações principais.

 

Por outro lado, um blog deve ser organizado de acordo com a quantidade de artigos ou materiais compartilhados.

 

Isso vale não só para os ambientes digitais, mas no próprio desenvolvimento de flyers odontologia, por exemplo, é preciso considerar as especificações.

 

Isso porque há certos aspectos técnicos que influenciam na cor de impressão (CMYK e RGB) que devem ser vistos como parte da comunicação visual.

 

3 – Seja Simples e Objetivo

A comunicação visual deve proporcionar fácil entendimento aos usuários. Isto é, eles devem ler a mensagem de forma simples e objetiva, muitas vezes dispensando elementos textuais para ajudar na compreensão.

 

É como ver uma placa de sinalização horizontal preta, por exemplo, e já entender o significado da imagem ou ilustração exibida.

 

No caso dos sites, é preciso seguir essa mesma lógica de raciocínio, oferecendo elementos de fácil assimilação e mais diretos. Dessa forma, é possível transmitir uma mensagem simples, mas eficaz à audiência.

 

4 – Cuidado com Cores em Excesso

As cores são fundamentais para qualquer comunicação visual. Nas páginas web, elas são responsáveis por atrair o olhar dos leitores a um determinado ponto da tela e, dessa forma, contribuir com o processo de conversão.

 

Contudo, vale ressaltar que as cores devem ser usadas com parcimônia e equilíbrio, respeitando o branding e sem exageros, já que o excesso de tonalidades pode prejudicar o entendimento do público e até despertar sensações agoniantes.

 

Importante ressaltar que as cores têm determinados significados e, por conta disso, é necessário aliar esses sentidos com o objetivos da sua marca. Veja abaixo:

  • Vermelho: paixão, força, poder, violência;
  • Rosa: amor, inocência, romantismo, charme;
  • Amarelo: sabedoria, verão, claridade, felicidade;
  • Laranja: calor, entusiasmo, vibração, flamejante;
  • Verde: natureza, fertilidade, saúde, boa sorte;
  • Azul: espiritualidade, paz, harmonia, água;
  • Roxo: cerimônia, mistério, sabedoria, sensibilidade;
  • Marrom: terra, ar livre, confiança, conforto, estabilidade.

 

É importante compreender um pouco mais da psicologia das cores para usá-las de modo correto. Além disso, vale deixar alguns espaços “em branco”, para ter alguns respiros durante a leitura.

 

Por exemplo, até mesmo em rótulos adesivos personalizados é necessário deixar algumas áreas neutras, sem excesso de cores, principalmente quando há textos.

 

5 – Use Conteúdos Multimídia

O conteúdo visual pode ajudar a aumentar a taxa de conversão do seu site, ainda mais quando aplicado em conjunto com recursos multimídia, como vídeos, gifs, infográficos, imagens em carrossel, entre outros.

 

Isso ajuda a chamar atenção dos usuários, além de proporcionar uma experiência de navegação mais agradável.

 

No entanto, vale verificar o tamanho desses arquivos para que a sua página web não fique muito “pesada” e comprometa a velocidade de carregamento, principalmente nos dispositivos móveis (tablets, celulares e smartphones).

 

6 – Respeite o Padrão do Site em Outras Mídias

Muitas empresas acreditam que os meios tradicionais de divulgação, como um banner para vitrine, não precisa ter nenhuma familiaridade com o site.

 

No entanto, é fundamental respeitar o padrão de cores e a identidade visual da marca em qualquer mídia.

 

Mesmo para quem opera somente na internet, mas investe em publicidades convencionais (flyers, anúncios em outdoors, propaganda televisiva, entre outros), a comunicação visual deve ser padronizada em todas as plataformas.

 

Isso ajuda a construir a identidade da marca e, dessa forma, os clientes passam a associar certos elementos com a sua empresa mais facilmente.

 

Por exemplo, se o seu negócio segue um mesmo padrão de cores, ao ver uma impressão digital a3 com as mesmas tonalidades, mesmo que de longe, as pessoas já vão lembrar da sua marca.

 

7 – Transmita um Valor Com os Elementos Visuais

Ao investir em uma comunicação visual para a sua empresa, vale a pena focar em uma estratégia de valor, isto é, que busque oferecer algo “a mais” ao público, muito mais do que a identidade da marca.

 

Por exemplo, uma empresa que se preocupa com a sustentabilidade pode priorizar os padrões verdes de cores em sua comunicação, mas também trabalhar com outros recursos imagéticos que transmitam essa ideia, com folhas, flores, animais, etc.

 

Até mesmo na simples confecção de um talão de rifa personalizado, o empreendimento pode optar pelo papel reciclado – algo simples, mas que já diz muito sobre os valores que se deseja transmitir.

 

Ou seja, a estratégia de comunicação visual deve ser pensada estrategicamente e, dessa forma, voltamos ao branding.

 

Na criação da identidade de marca, esses aspectos devem constar em detalhes, pois os investimentos em marketing, publicidade e comunicação serão orientados de acordo com essas especificações.

 

Outro ponto importante e que também diz respeito ao valor que se deseja expressar ao público é a relação da comunicação visual com a linguagem. As imagens também falam e, assim como os textos, elas devem seguir a lógica da audiência.

 

Quer dizer que a linguagem visual também deve ser orientada conforme as características do público-alvo, para promover a fácil assimilação dos conteúdos.

 

Para isso, vale a pena fazer uma pesquisa para coletar os principais dados a respeito da audiência, como faixa etária, localidade, nível socioeconômico, gênero, estado civil, preferências, hobbies e comportamentos.

 

Esses dados ajudam na construção das demais estratégias de marketing, tornando as campanhas mais assertivas e direcionadas.

Leia também o nosso post 5 Dicas Que Vão te Auxiliar Na Criação da Persona Para o Seu Negócio

Conclusão

A comunicação visual de um site é um dos principais elementos do User Experience, ou Experiência do Usuário, um conjunto de técnicas que garantem a melhor vivência do público quando trafegam na sua página, garantindo a melhor conversão.

 

Claro que a comunicação visual por si só não é a garantia de impacto do público, já que ela precisa estar associadas com outras estratégias, incluindo a navegabilidade e usabilidade do site (em notebooks e dispositivos móveis).

 

No entanto, uma identidade visual padronizada e bem elaborada é capaz de cativar a audiência e promover o reconhecimento da marca no mercado.

 

Dessa forma, cria-se um ideário imagético na mente dos consumidores, o que ajuda a aumentar a conversão dos usuários e até mesmo influenciar positivamente as vendas.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

One thought on “7 Dicas Para Melhorar a Comunicação Visual do Seu Site”

  1. Pingback: Como Prospectar Novos Clientes Via Instagram e Facebook - Blog da Agência7 Soluções WEB
  2. Trackback: Como Prospectar Novos Clientes Via Instagram e Facebook - Blog da Agência7 Soluções WEB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 1 =